Exoplaneta: o que é? Clique aqui e descubra!

Publicado em 20.07.2010

exoplaneta o que é

Você já deve ter lido aqui no HypeScience matérias sobre exoplanetas. Mas, mesmo assim, ainda não sabe exatamente o que faz um planeta diferente de um planeta simples? Nós temos a resposta! Chegou a hora de você tirar todas as suas dúvidas! 🙂

O que é um exoplaneta?

O próprio nome “exoplaneta” é uma abreviação para planeta extrasolar, ou seja, um planeta localizado fora do nosso sistema Solar, que orbita outra estrela e não o Sol. Eles podem ser enormes gigantes gasosos com 60 vezes a massa de Júpiter que engolem estrelas em sua órbita frenética ou então rochosas “Super Terras” muito mais massivas do que o nosso humilde planeta.

Astrônomos teorizavam que os planetas sempre orbitam uma estrela, mas foi só em 1990 que os cientistas detectaram exoplanetas. Hoje, conhecemos 464 exoplanetas – a distância deles para a Terra varia entre 20 anos luz e 1000 anos luz.

Para nós encontrar outros planetas fora do sistema solar é importante para descobrir se algum deles tem condição de abrigar vida e, também, para entender a formação do universo. Até agora não descobrimos nenhum que abrigue vida, mas estima-se que existam bilhões de exoplanetas fora da nossa galáxia.

Mas detectar exoplanetas não é fácil. Como eles não emitem luz, como estrelas, apenas refletem a luz que recebem de outros astros, ficando meio “escuros” perto do cenário espacial. O método mais usado para descobri-los e observando o movimento de estrelas que funcionam como o nosso Sol para eles.

A maior parte dos exoplanetas descobertos até hoje é parecida com Júpiter – enormes e com atmosferas quentes e gasosas, mas com órbitas curtas ao redor de suas estrelas (o ano deles dura o equivalente a dias para nós).

A Nasa, atualmente, possui um programa chamado Terrestrial Planet Finder, que pretende encontrar exoplanetas parecidos com a Terra. [Life’s Little Mysteries]

Luciana Galastri

é jornalista. Viciada em livros, lê desde publicações sobre física a romances de menininha do estilo "Crepúsculo". Toca piano desde os oito anos de idade e seu estilo de música preferido é o metal.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

7 Comentários

  1. eles vao usar os aparelos feitos no guerra nas estrelas guerra dos clones (star wars a guerra dos clones) e ver fragmentos nos planetas se twm agua ou vida ou se tiveram.

  2. Os exoplanetas existem,mas a ciencia ainda está longe de explorar,o gtrande universo que nós habitamos. Precisamos de mais tecnologia para explorar,tudo que existem em volta da terra.

  3. Exoplanetas podem haver vida se eles conseguirem aprimorar seus aparelhos pra ver melhor esses planetas, mais a chance de vida não deve ser muito grande quanto o de uma galáxia!

  4. Daqui a milhares de ano, eles terão que mudar a denominaçãp dada agora a tais planetas, por que eles descobritam, também muitas outros astros que agoras não temos tecnologia suficiente para sequer presentir, quanto mais ver ou sentir. A denominação de exoplaneta é meio arrogante e faz a gente sentir que é o unico no espaço, ou o unico sistema solar, pura balela. Eles ainda não viram a ultima fila do Universo, ou o Nada Absoluto, que há de vir depois.

  5. Thiago disse;
    Thiago / 20.07.2010

    Quando eles melhorarem a tecnologia e conseguirem enxergar os planetas pequenos, concerteza vão ver milhares.
    =====================================================
    O que quer dizer,o óbvio ululante,Thiago,sempre coerente em seus comentários,sabe usar o bom senso e razão.

    Aqui está uma boa duvida(como sempre)em teorias lançadas
    quando nosso cérebro não alcança um conhecimento satisfatório(copiado da reportagem)===
    ——————————————————–
    Astrônomos teorizavam que os planetas sempre orbitam uma estrela
    ———————————————————
    Tambem esta na reportagem;===

    Para nós encontrar outros planetas fora do sistema solar é importante para descobrir se algum deles tem condição de abrigar vida e, também, para entender a formação do universo. Até agora não descobrimos nenhum que abrigue vida, mas estima-se que existam bilhões de exoplanetas fora da nossa galáxia.
    ===========================================================

    u Universo de Einstein. Cosm.
    1. Modelo de Universo estático com constante cosmológica positiva, cujo raio de curvatura é constante e independente do tempo.
    Parece ser uma resposta brilhante para este assunto.

    Ou seja;Tempo e espaço são medidas puramente materiais.

    Então,nada de novo abaixo do sol.

  6. Quando eles melhorarem a tecnologia e conseguirem enxergar os planetas pequenos, concerteza vão ver milhares

Envie um comentário