10 razões para não visitar a Austrália

A Austrália é um país incrível, com belas paisagens e qualidade de vida, mas infelizmente também é a casa dos piores animais que já evoluíram na Terra. Confira alguns dos mais mortíferos habitantes deste canto da Oceania:

10. Peixe-pedra


O peixe-pedra é considerado o peixe mais mortal do mundo. Seu nome vem de sua capacidade de camuflar-se no meio de um recife de coral (ou, neste caso, a bela Grande Barreira de Corais). O peixe-pedra pode vir em uma variedade de cores dependendo de seu habitat.

Ele come principalmente outros peixes pequenos, mas pode te matar se entrar em contato com você. Sua barbatana dorsal tem espinhos afiados o suficiente para perfurar a pele. Estes espinhos, por sua vez, contêm veneno e podem causar uma dor intensa, que dura várias horas. O que se segue é muito pior, no entanto: choque, hipertensão, paralisia e, finalmente, morte.

9. Aranha-das-costas-vermelhas


As aranhas-das-costas-vermelhas podem ser encontradas por toda a Austrália. Seu nome vem da listra vermelha brilhante que cobre o abdômen da fêmea. Tal listra serve como um aviso -de que sua picada pode causar uma série de sintomas, incluindo rigidez muscular e espasmos, vômitos, respiração difícil, coração acelerado, hipertensão, fraqueza e sudorese.

O veneno também pode causar morte, a menos que seja rapidamente tratado com soro. O fato de que essas aranhas são vistas em qualquer parte do país significa que é bom verificar tudo que seja meio vermelho e passar por você.

8. Taipan-do-interior


Nativa da Austrália, a taipan-do-interior é uma serpente marrom que se mistura com o ambiente desértico em que vive. Essas cobras podem chegar a mais de 2,5 metros. O veneno dentro de suas presas de 12 milímetros pode matar quase 100 homens com uma única gota.

Com uma mordida, elas podem diminuir o ritmo cardíaco de uma pessoa gradualmente e aumentar a possibilidade de um acidente vascular cerebral.

A única boa notícia (e é puxado chamar isso de boa notícia) é que estas cobras são principalmente encontradas em áreas menos povoadas.

7. Tubarão-branco


Tubarões-brancos podem crescer até mais de 6 metros de comprimento e pesar até 1.800 quilos, o que é grande o suficiente para matar várias pessoas.

Houve quase 700 ataques não provocados envolvendo estes predadores na Austrália. Cerca de 200 desses ataques foram fatais. Isso porque seus dentes são basicamente um conjunto de mais de 100 facas personalizadas que podem rasgá-lo em dois mais rápido do que você pode gritar por socorro.

6. Cobra-negra-de-barriga-vermelha


A cor vermelha parece ser um tema recorrente no que diz respeito a animais mortais na Austrália. Essa cobra, que vive na costa oriental, pode ter até 2 metros de comprimento.

Com seu exterior negro, a serpente se camufla bem à noite quando caça. Sua dieta é normalmente composta de rãs. No entanto, sua barriga vermelha brilha como as luzes de néon de uma discoteca.

O veneno de sua mordida pode fazer com que células da pele morram. Também pode causar insuficiência renal e morte, se não for tratada rapidamente.

5. Polvo-de-anéis-azuis


Este polvo chamativo não parece particularmente perigoso, mas, quando se sente ameaçado, se ilumina como um fogo de artifício, com seus anéis azuis brilhantes.

Se esse sinal de alerta não for suficiente e você levar uma de suas mordidas venenosas, então vai sofrer fraqueza muscular, insuficiência respiratória e, provavelmente, morte. Não há antídoto conhecido.

4. Aranha-teia-de-funil


A aranha-teia-de-funil é o pior aracnídeo do mundo. Existem várias espécies, sendo que umas são mais mortais que outras. Com 1 a 5 centímetros de comprimento e uma variedade de cores do preto ao marrom, a mordida desta aranha ataca o sistema nervoso de uma pessoa, causando espuma ao redor da boca e espasmos musculares aleatórios.

Se não tratada, sua picada pode causar morte dentro de duas horas.

3. Crocodilo-de-água-salgada

Com mais de 100.000 crocodilos-de-água-salgada se escondendo em rios na Austrália, é melhor tomar cuidado se quiser entrar na água. Esses animais podem alcançar cerca de 7 metros de comprimento e pesar até 1.000 kg.

Com 68 dentes enormes, os crocodilos podem prender uma pessoa em suas mandíbulas e realizam uma manobra de rotação para afundar a presa enquanto rasga sua pele.

Um terço dos ataques de crocodilo resultaram em morte no país desde que a espécie se tornou protegida, em 1971.

2. Irukandji


A água-viva conhecida como irukandji (nome dado em homenagem aos povos indígenas da sua região na Austrália) libera um veneno que causa a terrível síndrome de Irukandji. A condição causa ansiedade, náuseas, vômitos, dor em todos os membros e problemas respiratórios. Também interrompe os impulsos elétricos enviados através de seu coração.

Tudo isso ocorre dentro de 20 a 40 minutos após a picada, por isso não há muito tempo para reagir. O que é mais inacreditável é que este veneno, 100 vezes mais mortal do que o de uma cobra, sai de um animal do tamanho de uma unha humana.

1. Vespa-do-mar


Essa água-viva presente em todas as águas costeiras da Austrália possui ferrões com poder de perfurar a pele de uma presa. Sua picada pode instantaneamente levar a sintomas como hipotensão, dor, necrose, colapso cardiovascular e, finalmente, parada cardíaca.

Essa espécie, ainda pior que sua amiga do item 2, pode chegar ao tamanho de uma bola de basquete, o que significa que pode liberar ainda mais veneno para o sistema nervoso de sua vítima. Quase não há tempo de tratar os sintomas depois que alguém é picado – a morte pode ocorrer em minutos. [Listverse]

Por: Natasha RomanzotiEm: 8.05.2017 | Em Principal, Super listas  | Tags: ,  
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (17 votos, média: 4,71 de 5)
Curta no Facebook:

2 respostas para “10 razões para não visitar a Austrália”

Deixe uma resposta