Casamento gay ameaça o futuro da humanidade, segundo o Papa

Publicado em 11.01.2012

Papa Bento XVI disse, na última segunda-feira, que o casamento gay é uma das várias ameaças à família tradicional e coloca em xeque “o próprio futuro da humanidade”.

O papa fez o seu mais forte comentário contra o casamento gay tocando também em algumas questões econômicas e sociais que o mundo enfrenta hoje.

Mesmo com as evidências apontando para o lado oposto ele disse a diplomatas de quase 180 países que a educação de crianças deve acontecer em “ambientes adequados”, “e o lugar de destaque cabe à família, baseada no matrimônio de um homem com uma mulher”.

- Derrubando cinco mitos a respeito dos homossexuais

“Essa não é uma simples convenção social, mas sim a célula fundamental de toda sociedade. Consequentemente, políticas que afetam a família ameaçam a dignidade humana e o próprio futuro da humanidade”, disse ele.

O Vaticano e católicos em todo o mundo protestaram contra a legalização do casamento gay na Europa e outros países pelo globo. Um dos principais opositores ao casamento gay nos Estados Unidos é o arcebispo de Nova York Timothy Dolan, que o Papa vai elevar ao cargo de cardeal no próximo mês.

Dolan lutou contra o casamento gay antes dele se tornar legal no estado de Nova York, em junho passado. Em setembro, ele enviou uma carta ao presidente Barack Obama criticando a decisão de seu governo de não apoiar uma proibição federal do casamento gay.

Nessa carta Dolan, que ocupa o poderoso cargo de presidente da Conferência Episcopal dos EUA, disse que tal política poderia “precipitar um conflito nacional de enormes proporções entre igreja e estado”.

A Igreja Católica Romana, que tem cerca de 1,3 bilhão de membros em todo o mundo, ensina que tendências homossexuais não são pecado, mas os atos homossexuais são, e que as crianças devem crescer em uma família tradicional com uma mãe e um pai.

“A unidade familiar é fundamental para o processo educacional e para o desenvolvimento tanto dos indivíduos quanto dos estados, portanto há uma necessidade de políticas que promovam a família e ajudem na coesão social e no diálogo”, Bento XVI disse aos diplomatas.

O casamento gay já é legal em vários países europeus, como Espanha e Holanda.

Algumas igrejas que têm permitido o casamento entre homossexuais, sacerdotes, religiosos e bispos gays têm perdido membros para o catolicismo, e o Vaticano tomou medidas para facilitar a conversão dessas pessoas.

Em 2009, Bento decretou que anglicanos que abandonaram o catolicismo – muitos porque sentem que a religião se tornou muito liberal – poderiam encontrar o catolicismo de portas abertas em uma hierarquia paralela que lhes permitam manter algumas das suas tradições. [Reuters]

Autor: Stephanie D’Ornelas

É estudante de jornalismo, adora um café e um bom livro. Curte ciência, arte, culturas e escrever, mesmo que sejam poesias para guardar na gaveta.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

349 Comentários

  1. Agora, irei demonstrar o tamanho da (desculpe o termo) babaquice dita pela Igreja Católica com uma das minhas listinhas:

    - Ok, o casamento gay está ameaçando a continuação da espécie; mas por outro lado, a explosão demográfica também traz enormes prejuízos! Comida disponível e espaço também acabam! Aonde tanta gente vai viver? Não é o papa que vai resolver essas questões.

    - Já existia casamento gay em eras antigas, e era visto como uma coisa natural… E a humanidade acabou por acaso?!

    - Existem os gays, assim como existem os HÉTEROS; e dentro deste grupo há a grande quantidade de gente que quer e terá filhos. Legalizar o casamento gay não fará com que a RAÇA HUMANA TODA se torne homossexual!

    - Proibir um gay de se casar com alguém do mesmo sexo não garante que ele vá virar hétero e ter filhos… Falam muito sobre “os gays serem promíscuos”: mas se eles não podem casar, é claro que não vão ter uma união formalizada como homem e mulher! O preconceito pode muito bem destruir qualquer relação, por isso é tudo feito às escondidas entre eles.

    - Falou também que as crianças com pais homossexuais sofrerão preconceito… Claro que sim! A própria Igreja incentiva! Quer o que? Chega a ser cinismo do papa falar isso e não fazer nada pra que a situação mude!

    - No passado, muitos grupos foram marginalizados pela Igreja Católica; entre eles estão: os cientistas (na época eram ‘bruxos’, ‘feiticeiros’ e ‘alquimistas’), as mulheres (principalmente solteiras), pessoas com doenças neurológicas, as pessoas que tinham outra religião, negros (vistos como ‘sem alma’); muitas! E hoje são os gays! mas quando a humanidade começar a pensar por cima dos dogmas religiosos, vai ver que é pura falta de sentido discriminar a homossexualidade. Hoje você não morre com tuberculose ou gripe porque existem remédios e tratamentos, mas na Idade Média até isso seria ilegal.

    Gostaria de ter nascido em uma época que a sociedade não fosse tão alienada, fala sério…

    Thumb up 9
  2. A Igreja Católica Romana, que tem cerca de 1,3 bilhão de membros em todo o mundo, ensina que tendências homossexuais não são pecado, mas os atos homossexuais são, e que as crianças devem crescer em uma família tradicional com uma mãe e um pai.
    De preferência que essas crianças não passem nem perto de um seminário, convento ou igreja católica para não serem seviciados, bulinados, estuprados ou aliciados por padres pedófilos que como uma praga estão em todos os lugares

    Thumb up 15
  3. Tem que avisar para o papa, que existem inúmeros outros problemas que podem ameaçar o futuro da humanidade. E uma delas é disputa de poder, como vimos e continuamos vendo no Vaticano. As religiões se comem vivas, fazem guerra em nome da paz, lutam para estar na esfera global e ter um poder total, não sobre entendimentos das coisas misticas, mas para monopolizar a informação, uma coisa que muitas igrejas fazem é dizer para os seus fiéis que não leia tal coisa, pois irá se sujar. Para quem vive isso, é bom ter cuidado para que se entenda os motivos de determinadas ações.

    Thumb up 8
  4. Será que o papa já se perguntou sobre se a explosão populacional também ameaça o futuro da humanidade?

    Thumb up 13

Envie um comentário

Leia o post anterior:
mulher
Perder um ente querido pode matar você?

A dor emocional de p...

Fechar