Pedaços de ovário congelados possibilitam que as mulheres tenham filhos mais tarde

Publicado em 31.10.2010

“Pedaços” finos de ovário, contendo milhares de óvulos, podem ser removidos cirurgicamente e congelados indefinidamente. A técnica poderia dar a alguém de 40 anos o nível de fertilidade de alguém com 20.

O procedimento foi desenvolvido como uma forma de preservar a fertilidade de mulheres que têm que se submeter a tratamentos de câncer. Mas, segundo os médicos, um número crescente de mulheres procuram o método apenas porque querem adiar a maternidade.

Além disso, a remoção de um enxerto de um milímetro não tem efeito na possibilidade de uma mulher conceber uma criança naturalmente, caso a pessoa decida assim.

Os médicos recomendam que as mulheres saudáveis considerem a operação o mais cedo que puderem, quando ainda têm óvulos de melhor qualidade. O procedimento pode substituir a fertilização in vitro, já que a principal causa da infertilidade em mulheres com mais de 30 anos é o declínio na qualidade do óvulo. Assim, elas poderiam “relaxar” e esperar até os 40 para ter um bebê, se desejassem.

Ainda assim, até hoje o número de enxertos de ovário utilizados pelas mulheres para engravidar é pequeno. No mundo todo, 23 bebês já nasceram como resultado de enxertos, em sete clínicas. O procedimento é um tanto quanto complicado, e demora um certo tempo para que um cirurgião competente o domine.

Instituições estão pedindo “registros mundiais” das operações de enxerto, para poder dar aos pacientes dados realistas se elas vão funcionar ou não. Alguns especialistas aconselham cuidado, e dizem que o melhor momento de ter filhos é quando uma mulher ainda é jovem. [Telegraph]

Autor: Natasha Romanzoti

tem 24 anos, é jornalista, apaixonada por esportes, livros de suspense, séries de todos os tipos e doces de todos os gostos.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

2 Comentários

  1. Já dizia o pregador…Não se coloca remendo novo em vestido velho ,pois a força do tecido novo irá rasgar mais ainda o vestido velho…E não se coloca remendo velho em vestido novo ,pois o rasgo ficará fragil vindo a rasgar-se muito antes que o vestido seja usado…moral da história,mulher velha ovário velho, mulher nova ovário novo!Pra se gerar um ser é perciso muito mais q óvulos, não fosse assim ,colocaria-se esses óvulos numa máquina tipo chocadeira e no devido tempo teria-se um ser,uma criança?ou um montro, vc teria coragem de ter um filho por esse metodo? Eu ñ ,prefiro adotar uma q já vem prontinha p/ser amada e q mesmo assim é uma incógnita!

    Thumb up 3
  2. Um filho q vc gera é mais um no mundo. Um filho q vc adota é menos um no mundo…
    Temos q mudar nossa mentalidade. Qts crianças não estão sofrendo no mundo pq são filhos q não foram planejados e são abandonados? No entanto preferimos gerar um filho do que adotar uma criança e dar a ela todas as condições para uma vida saudável e feliz…

    Thumb up 8

Envie um comentário

Leia o post anterior:
homemalto
Homens mais altos são mais propensos a desenvolver câncer de testículo

Homens cerca de 5 ce...

Fechar