Peixe é realmente comida para o cérebro

Publicado em 24.05.2009

prato peixe

Comer peixe – há muito considerado “comida para o cérebro” – pode realmente fazer bem para a massa cinzenta, bem como é uma saudável dose de raio de sol, sugerem novas pesquisas. Cientistas da Universidade de Manchester, no Reino Unido, em colaboração com colegas de outros centros europeus, mostraram que os níveis de vintamina D estão associados com a melhora nas funções cognitiivas em homens de meia idade. A vitamina D é primeiramente sintetizada com a exposição da pele ao sol, mas também é encontrada em certos alimentos, como óleo de peixe.

O estudo, publicado na revista científica Journal of Neurology, Neurosurgery and Psychiatry, comparou a performance cognitiva de mais de três mil homens com idade entre 40 e 79 anos. Os pesquisadores descobriram que homens com níveis mais altos de vitamina D tiveram uma melhor performance em simples testes neurofisiológicos que focam na atenção individual e na velocidade do processo de informações.

O ponto forte do estudo da Universidade de Manchester é que foi baseado em uma grande amostra de população e levou em conta o potencial de fatores de interferência, como depressão, a estação do ano e os níveis de atividade física. [Science Daily]

Autor: Eduardo Martins

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

Envie um comentário

Leia o post anterior:
Duas canecas de chá por dia pode previnir ataque do coração em 70%

Beber duas xícaras d...

Fechar