Pliossauro de Dorset: o mais temido predador marinho que a Terra já viu

E você com medo de tubarões: cientistas descobriram recentemente o crânio pertencente a um dos maiores “monstros marinhos” que já existiram. O animal, chamado de pliossauro, foi descrito como o predador mais temido que a Terra já viu.

O fóssil foi encontrado em Dorset, na Inglaterra. 18 meses foram necessários para remover o crânio de seu invólucro rochoso, revelando o monstro em um detalhe notável. Os cientistas suspeitam que a criatura pode ser uma nova espécie, ou mesmo gênero.

O fóssil de 155 milhões de anos foi descoberto pelo colecionador Kevan Sheehan entre 2003 e 2008; os ossos foram gradualmente desenterrados dos penhascos perto de Weymouth.

Agora, 95% do seu crânio já estão restaurados. O animal está bem preservado. À primeira vista, se assemelhava mais a pedaços rochosos enormes do que um monstro marinho, mas um processo de longa preparação revelou os detalhes do fóssil.

Parecendo um pouco com um crocodilo gigante, é fácil conferir o poder dessa “máquina de morder”: pliossauros, que viveram durante os Períodos Jurássico e Cretáceo, eram os maiores predadores dos oceanos.

Sua cavidade ocular, empoleirada no topo de sua cabeça, revela como ele fixaria seu olhar em qualquer presa que passasse; as aberturas imensamente poderosas que seriam os músculos da mandíbula permitiam que ele capturasse qualquer coisa que cruzasse seu caminho, e os enormes buracos até o seu focinho, que continham seus dentes gigantes e afiados, ajudariam a terminar qualquer refeição.

Seu corpo volumoso, que se moveria na água usando quatro membros como “pás”, nunca foi encontrado, e pode mesmo até nunca ter sido fossilizado. Mas novas estimativas dos cientistas, com base no crânio de 2,4 metros de comprimento, sugerem que o predador teria medido entre 15 e 18 metros, da cabeça a cauda.

Atualmente, os especialistas não sabem falar direito o dono do título de maior monstro do mundo do mar, porque é raro encontrar um fóssil completo.

O pliossauro de Dorset é grande, mas talvez não o maior. Peças de espécimes potencialmente maiores foram encontradas em Oxfordshire, Inglaterra, e o crânio de uma espécie de pliossauro chamado kronossauro, da Austrália, pode ser de até 3 metros.

Descobertas recentes em Svalbard, Noruega, apropriadamente chamadas de “Monstro” e “Predador X”, assim como o “monstro de Aramberri” encontrado no México, também são candidatos.

No entanto, os cientistas dizem que ter um crânio quase completo – está faltando apenas a ponta do focinho e um pequeno pedaço de sua mandíbula – dá-lhes uma oportunidade rara de obter um vislumbre da vida deste animal antigo.

Tomografias computadorizadas, que sondam o fóssil usando raios-X, já estão sendo estudadas para avaliar se a criatura é nova para a ciência. O animal parece diferente dos já descritos: é muito mais maciço, mais robusto. Porém, muito estudo terá que ser realizado antes de qualquer conclusão.

O crânio mais completo do predador marinho mais poderoso que já viveu na Terra está em exibição no Jurassic Coast, (em português, Costa Jurássica), patrimônio mundial que fica na Inglaterra.[BBC]




Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars


Curta no Facebook:

13 respostas para “Pliossauro de Dorset: o mais temido predador marinho que a Terra já viu”

  1. “E você com medo de tubarões.” Ridiculo essa expressão pois os tubarões ainda são predominantes! e eram maiores que esse tal predador! Se esse predador tivesse o importuno de encontrar o maior predador marinho (que era um tubarão), só sobraria os pedaços dele! É bom ter informações antes de fazer uma matéria do tipo.

    Megaladon tamanho entre 20-25 metros peso: 50 toneladas

    fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Carcharodon_megalodon

  2. adorei a materia,moro em bournemouth,que fica no condando de dorset e o jurassic coast e realmente deslumbrante,caminhando pelas praias rochosas pode se encontrar muitos fosseis,tenho um amigo aqui que facinado por pre-historia e sempre vou junto com ele para este lugar e viajar no tempo catatando pequenos fosseis pela praia.
    parabens pela materia.

    • É pessoal muitas coisas ainda não temos como esplicar mais desconfio que existe muitas outras especies de monstros marinhos ou terrestres, que ciéntistas não ainda nós revelam como a ári 51 no mexico procurem vam se fasinar dos secredos que nos escondem até hoje porque será ??????

  3. Como os cientistas vão saber as características dos dinossauros, apenas achando um fóssil. Eles trabalham com idéias hipotéticas. Na reportagem eles mesmos dizem: “Seu corpo volumoso, que se moveria na água usando quatro membros como “pás”, nunca foi encontrado, e pode mesmo até nunca ter sido fossilizado”; Então eles deduzem que o animal tinha um peso x, uma altura y, uma força w … eles trabalham com deduções.

    • Roberto, é só você reparar o tamanho do crânio deste animal. É praticamente impossível que o Pliossauro tenha uma cabeça enorme, porém um corpo pequeno. Ou um corpo extremamente maior do que o crânio.
      Claro, que não é 100% de chance ele ter essas características, mas chega muito perto, graças ao seu fóssil 95% completo.

    • Não é bem assim não, cara.

      Claro que, enquanto eles não acharem o resto do corpo, será tudo teoria. Mas não são chutes não, são teorias com muitas bases científicas, de pessoas com muita experiência e que, por conta disso, tem grandes chances de estarem corretas.

Deixe uma resposta