Por que mulheres gordinhas não conseguem emagrecer facilmente?

Publicado em 24.03.2010

Um novo estudo sugere que exercícios fazem com que as mulheres percam peso, mas só se elas já estão com o peso normal – ou seja, exercícios moderados não funcionariam para as mais gordinhas.
Elas até conseguem perder alguns quilos, mas depois eles voltam.

Esses novos resultados podem ajudar as gordinhas a fazerem programas de malhação que funcionem melhor. Além disso, eles podem ajudar a modificar as recomendações da maior parte de especialistas – que consideram 150 minutos de exercício moderado por semana uma quantidade adequada de atividades físicas. Outras instituições afirmam que a quantidade ideal seria 420 minutos semanais.

O estudo envolveu mais de 34 mil mulheres americanas e analisou a mudança no peso delas durante um período de 13 anos. Elas deveriam fazer 120 minutos de exercício, 420 minutos ou mais. A média de aumento de peso entre as voluntárias foi de seis quilos – e o grupo que fazia mais exercícios teve o menor índice de aumento de massa.

Mas esse dado só foi comprovado para mulheres que já estavam em seu peso normal. Entre as gordinhas não houve nenhuma relação entre a quantidade de exercício que elas faziam e o peso que ganharam ou perderam.

Apenas 13% das participantes do estudo ganharam menos do que cinco quilos durante os treze anos de pesquisa. Na média, elas faziam cerca de uma hora de exercício diário – então essa é a quantidade certa de exercício para quem quer manter o peso.

Segundo os pesquisadores a diferença entre pessoas mais magras e mais gordinhas, que fizeram a mesma quantidade de exercício, mas mesmo assim ganharam uma quantidade diferente de peso é o quanto elas são ativas quando não estão se exercitando. Ou seja, mesmo quando não estão na academia, pessoas com menos quilos são mais ativas – vão ao supermercado a pé, caminham mais e, assim, fazem exercícios sem perceber.

Fonte: LiveScience

Autor: Luciana Galastri

é jornalista. Viciada em livros, lê desde publicações sobre física a romances de menininha do estilo "Crepúsculo". Toca piano desde os oito anos de idade e seu estilo de música preferido é o metal.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

8 Comentários

  1. Eu ando triste pq depois que eu tive a minha filha eu emagreci 10 kilo mais depois eu engordei o dobro doq eu tinha eu já fiz academia já fiz dieta já tentei passar fome mais mesmo assim não consigo emagrecer o meu medico não quer passa remido não sei mais oq fazer todo dia eu choro pois eu não me aguento ver com esse pesso todo por favor preciso de uma ajuda ….

    obrigado ….

    Thumb up 8
  2. gostaria de parabenizar ,as pessoas envolvidas diretas e indiretamentes com este problema que muito tem feito mal a sociedade ,eu er uma o pessoa que passava por este problema mas fis a cirugia barica com ums dos melhores cirugioes ao meu ponto de vista e tambem muito humano toda a minha vida mudou para melhor estou hoje magra pesava 120quilos hoje tenho 70 depois de quatro anos de cirugia estou recuperada como tudo que tenho vontade so não exajero no que como ,como pouco de tudo voce não aquento comer mais nada em exagero porque o seu estomago fica pequeno se voçe comer muito passa mal ,toda a sua vida muda.tudo pssa a ser novo em sua vida .

    Thumb up 4
  3. sou gorda mas ando a pé, nao consigo perde peso nem quando estou doente ,me explique porque isso acontece.

    Thumb up 2
  4. Ser magro não significa ser mais ativo e nem ser gordo signifca ser mais sedentário. Eu sou um exemplo disso. Sou muito sedentária e preguiçosa pra fazer exercícios físicos e a minha mãe, q é uma pessoa super ativa, vai ao supermercado a pé, é gordinha e n consegue emagrecer.

    Thumb up 8
  5. Bom artigo!

    Também mostra que os sabichões intelectualóides academicistas estão cada vez mais distantes de chegarem a um acordo. Quanto mais “estudam”, mais confusos ficam.

    Sabemos que cada organismo tem suas peculiaridades, então cada um deve se estudar e respeitar seu próprio mecanismo metabólico. O problema é que ninguém é consistente (regular) na autodisciplina nutricional e desportiva.

    Comer sempre foi válvula de escape pra muita gente, assim como sexo o é para a maioria e álcóol e drogas para outros tantos. Tudo que dá prazer vicia, e logo vira escapismo.

    Parabéns pela temática que, certamente, é sempre relevante.

    Thumb up 2
  6. gostei do artigo sobre obesidade,as vezes me pergunto,a medicina com tanta evolução,não tem nada de novo para ajudar no sentido de perder peso.

    Thumb up 6
  7. Parabéns pelo artigo, a obesidade e estar fora do peso ideal é sempre um assunto polemico, quem não quer ter um peso ideal e com isso uma saude melhor? eu sou uma que sempre busco informações sobre o assunto. Gostaria de opinar em relação aos tipos de exercicios que devemos fazer para perda de peso, por favor façam uma matéria sobre o assunto…como nós gordinhas sofremos..rss… obrigada pela atenção.

    Thumb up 2

Envie um comentário

Leia o post anterior:
prato
Mito ou realidade? Seis pequenas refeições são melhores do que três banquetes?

Um número maior de r...

Fechar