A verdadeira razão da agressividade masculina

Publicado em 19.04.2012

Quem sai à noite (principalmente) sabe que a maior parte das brigas são entre homens. Apesar de vez ou outra as mulheres partirem para a ignorância, arrancando cabelos e distribuindo tapas, os homens ainda são os mais responsáveis por tais situações desagradáveis.

Agora os valentões podem até dar uma justificativa (mas não uma razão): a seleção sexual. O pesquisador John Archer, da Sociedade de Psicologia Britânica, aponta para uma série de evidências que explicam a agressividade masculina com a competição histórica entre eles.

O pesquisador analisou estudos que mostram a época de maior violência como sendo a juventude, os “20 e poucos anos”. Ele também comenta que há muito menos homicídios entre as mulheres, além da freqüência maior de comportamentos arriscados na presença de outros homens. Outra diferença entre os sexos é a severidade no uso da violência.

De acordo com Archer, uma série de modificações masculinas, durante a adolescência, ajudam nesse comportamento. Aquela voz meio fina, meio grossa, do seu irmão mais novo; o bigode ralinho que começa a nascer… São sinais dos hormônios aumentando, e isso gera mais tendência à agressividade. Também, as diferenças de peso, altura e força, em relação às mulheres, mostram uma evidência de adaptação masculina para combate.

Archer também comenta que dois princípios fundamentais influenciam na agressividade e na violência: desigualdade de riquezas e alto índice sexual entre os jovens.

“A pesquisa evidencia que as questões sociais, como a riqueza e a competição entre os homens, podem contribuir para a violência que vemos hoje”, finaliza o pesquisador. [ScienceDaily, foto de Polina Sergeeva]

Autor: Bernardo Staut

é estudante de jornalismo e interessado por povos, culturas e artes.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

18 Comentários

  1. Esse site gosta do conhecimento ? Esse site é imparcial ? Mesmo ?
    Bem, se os administradores ou moderadores tiverem alguma dignidade pessoal e profissional, eu os convido para verem essas duas pequenas matérias cujos link eu repasso agora para vocês. Quem sabe seja um passo inicial para se apurar no Brasil, a violência que as MULHERES cometem contra os homens e só não é conhecida por que homens tem medo de serem ridicularizados pela sociedade por “apanhar de mulher”. Querem ver ? Vamos lá:

    1- Mulheres Agridem seus Parceiros Impunemente:

    http://www.ditopelomaldito.com/2011/04/mulheres-agridem-seus-parceiros.html

    2-Estudo da universidade Federal de São Paulo, comprovando que nos relacionamentos, mulheres agridem mais que homens. Isso mesmo, tá chocadinho (a) ? então toma:

    http://www.abril.com.br/noticia/comportamento/no_345105.shtml

    3- Mulheres que Batem e Homens que Calam de O Estado de São Paulo:

    http://www.violenciamulher.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=120:mulheres-que-batem-e-homens-que-calam-o-estado-de-spaulo-050605&catid=19:reportagens-artigos-e-outros-textos&Itemid=6

    Thumb up 16
  2. A violencia tem desculpas, o ser humano é mal por natureza, mas c\ a educação, a convivencia ele aprende a dividir, tolerar e perdoar, existem os q ñ são vilentos de fato q ñ partem p\ briga ,mas,no quieto de seus escritórios fazem tragédias c\ uma caneta, assinando leis q detonam os mais humildes,levam a falencia empresas e roubam milhões numa só haqueada nos contribuintes.E posam de bom moço diante do povo q o elegeu lhe dando um gordo salario p\ nus roubar, nus destruir e criar leis q os protegem de punições, quem é mais violento?O homem ignorante do povo q bebe umas pinga e bate no vizinho ou o político safado q é pago p\ nus destruir?

    Thumb up 10
    • Sábias palavras. Difícil encontrar mulheres reflexivas como você, heim?!

      Thumb up 0
  3. como disse Stephen Hawking: – nosso código genético ainda carrega instintos agressivos;que foram importantes para nossa sobrevivência no passado.

    Thumb up 20
  4. como disse Stephen Hawking: nosso código genético ainda carrega instintos agressivos;que são foram importantes para nossa sobrevivência no passado.

    Thumb up 11
    • E o são hoje em dia, na hora de lutar pela própria vida. quem você acha que saia pra lutar contra animais ferozes e levar comida pra casa ? a mulher ? Ela iria matar um leão a unhadas ou com a caixa de maquiagens ?

      Thumb up 2
    • É óbvio que não! A violência é o argumento que impõe argumentos. Basta pensar que em Direito Internacional, por exemplo, a vitória em uma guerra gera direitos, impõe obrigações e modifica todos os status dos envolvidos.

      Thumb up 6
    • a violencia existe para aqueles que não desenvolveram seus cerebros, e continuam no mundo das cavernas, onde para sobreviver, tem que superar o outro.

      Thumb up 13
    • “A violência é o argumento dos que não tem razão!!”,ou daqueles homens que tem um pênis minusculo. Geralmente homens com pênis minusculo são mais agressivos e mais forte pois tentam compensar a deficiência.

      Thumb up 2
    • Como você sabe?
      :)

      Thumb up 12
    • É o que parece. E outra coisa eu calço 42 =D rsrs

      Thumb up 0
  5. Ignorancia também! Falo de cultura real, aquela que vem através de exemplo dado pelos pais… Conheço gente com muita testosterona e que foi estravasar no esporte, tocando um instrumento ou nas cênicas… O triste é ver as meninas burrinhas dando pala pra esses lixos da nossa sociedade… Aí depois ficam velhas e mudam a preferência… Quanto mais nova mais burra!

    Thumb up 37
    • Deveria existir mais mulheres como você na sociedade. Faz falta.

      Thumb up 1

Envie um comentário

Leia o post anterior:
como diagnosticar se internet
Como diagnosticar a própria doença via internet

Diagnosticar-se pela...

Fechar