Por que nós temos 10 dedos?

Publicado em 19.05.2010

Um pesquisador desenvolveu uma teoria interessante sobre a quantidade de membros que devemos ter. A ideia mistura enunciados de teorias da evolução, tanto de Lamarck (que diz que os membros se modificam ao longo do tempo para se adaptar ao ambiente) quanto de Darwin (que enuncia a seleção natural, onde aqueles já bem adaptados procriam, e os não adaptados desaparecem). Em determinado ponto da pesquisa, ele se perguntou: porque nós temos 10 dedos?

Ele partiu do princípio que o sistema decimal talvez não fosse mais adequado para a nossa espécie, que oito dedos (quatro em cada mão) já seriam suficientes para o homo sapiens, como em Os Simpsons. A ideia era demonstrar matematicamente o motivo pelo qual nós temos 10 dedos. Ele usou uma fórmula baseada em uma constante que ele criou em um estudo anterior, no qual enunciou a “Lei dos membros”.

O cálculo, basicamente, é o seguinte. Os dedos devem ter um comprimento mínimo. Esse “comprimento exigido” é igual ao diâmetro da palma. Ele usou o cálculo geométrico que converte diâmetro em circunferência (isso porque ele considerou como seria se a mão, sem o braço, daria uma volta de 360 graus), para saber que distância teria uma circunferência em torno da mão. Esse cálculo se utiliza do número π (Pi, aproximadamente 3,14), e o resultado é que caberiam 9,42 dedos nessa circunferência. Mas como essa circunferência é “aberta” em apenas um dos lados (no outro, temos o pulso, ligado ao resto braço), deve-se considerar apenas meia circunferência. Aí, cabem 4,71 dedos, ou seja, quase cinco por mão. [Scientific Blogging]

Autor: Rafael Alves

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

26 Comentários

Envie um comentário

Leia o post anterior:
cirur
Já imaginou fazer uma cirurgia perigosa acordado?

Foi o que aconteceu ...

Fechar