Remédio de substância natural poderia reduzir danos do derrame até 12 horas depois

Publicado em 26.07.2011

Derrame é uma causa de morte comum em todo o mundo. Ele acontece quando o fluxo sanguíneo para o cérebro cai de repente, devido a um coágulo ou sangramento.

Agora, uma pesquisa afirma que uma substância natural, que retarda o sistema imunológico, poderia ser usada para reduzir o inchaço após um derrame, o que reduziria também o dano inicial causado ao cérebro pela privação de oxigênio.

O estudo feito em ratos mostrou que uma proteína conhecida como alfa-B-cristalina, naturalmente produzida em resposta ao estresse, pode funcionar como uma esponja para absorver moléculas inflamatórias no cérebro e reduzir os maiores danos.

Quando a substância foi administrada até 12 horas após o derrame, o tamanho da lesão cerebral foi menor. A única droga aprovada o tratamento de acidentes vasculares cerebrais atualmente é conhecida como ativador do plasminogênio tecidual (AP-t) e deve ser administrada dentro de quatro horas e meia após o derrame para ser eficaz.

Os resultados são apoiados por outras evidências, como ratos que foram geneticamente modificados para não produzir alfa-B-cristalina, que sofreram mais danos cerebrais por derrame do que ratos normais.

As descobertas podem levar a um novo tratamento em potencial, ajudando milhares de sobreviventes de derrame a reduzir a quantidade de inflamação ao redor do cérebro. Porém, ainda é muito cedo para uma nova droga; muito mais pesquisas precisam ser realizadas e testadas em humanos primeiro.[Telegraph]

Autor: Natasha Romanzoti

tem 24 anos, é jornalista, apaixonada por esportes, livros de suspense, séries de todos os tipos e doces de todos os gostos.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

2 Comentários

Envie um comentário

Leia o post anterior:
riqueza
Subir de nível social diminui o risco de hipertensão

Dinheiro pode não tr...

Fechar