Ser feio é uma desvantagem – mas que deveria ser protegida por leis?

Publicado em 31.08.2011

As desvantagens óbvias de ser feio todo mundo conhece, mas muitas pesquisas científicas apontaram outras como ser propenso a ganhar menos, atrair parceiros menos ricos, entre outras coisas.

Agora, um professor de economia da Universidade do Texas, EUA, argumenta que ser feio tem tantas desvantagens que eles deveriam ser protegidos como classe, assim como minorias raciais ou pessoas com deficiência.

Daniel S. Hamermesh fez esta afirmação logo que lançou seu livro, “Beauty Pays” (tradução livre, “A Beleza Paga”). Hamermesh estuda as “desvantagens da fealdade” por 20 anos, e diz ter provado que pessoas feias são discriminadas.

“A maioria de nós, independentemente de nossas atitudes professas, prefere comprar de vendedores com melhor aparência, ouvir advogados mais bonitos, votar em políticos mais esbeltos, aprender com professores lindos. Não é uma questão de se recusar a contratar o feio: em nossos papéis como trabalhadores, clientes e potenciais amantes, somos todos responsáveis por esses efeitos”, explica Hamermesh.

O economista sugere que deveríamos ajudar as pessoas de aparência simples, alargando as leis que protegem minoras e, possivelmente, criando programas de ação afirmativa para os feios.

Isso soa meio impossível, afinal exigiria que nós classificássemos legalmente alguém como “pouco atraente” (para não dizer horroroso), mas Hamermesh argumenta que as pessoas podem de fato ser comprovadamente feias.

Supostamente, embora possamos discordar sobre quem é a pessoa mais linda do mundo, todos podemos facilmente chegar a um acordo sobre qual classe de atratividade alguém está.

Parece que ninguém ia gostar de ser rotulado como “feio”, mas, pelo menos no Brasil, todos admitiram prontamente que não tem nenhum álibi para sua aparência, uma vez que lhes fosse oferecida a oportunidade de qualquer ganho extra por causa dos efeitos de ser pouco atrativo.

Mas, apesar dos argumentos de Hamermesh, a beleza ainda é subjetiva. Não teria como chegar a um acordo razoável, embora, ocasionalmente, os cientistas anunciem que determinaram a fórmula científica para a atração facial (com Brad Pitt no topo da lista).

A verdade é que todos nós caímos em algum lugar no espectro menos-que-perfeitos (até mesmo Brad ameaça seu lugar no topo quando aparece com barbichas). Onde uma pessoa se encaixaria nessa escala depende da forma como se veste, seu penteado, sua personalidade, expressões, preferências pessoais, e muitos outros fatores.

Pessoalmente, acho que buscar a “igualdade” na sociedade significa tratar todos igualmente – negros, feios, lindos, albinos, carecas – e leis pra proteger uns ou outros é assumir a discriminação e tapar o sol com a peneira. De fato, acho que os feios devem sofrer preconceito, mas seria uma lei a solução? Qual a sua opinião?[Jezebel]

Autor: Natasha Romanzoti

tem 24 anos, é jornalista, apaixonada por esportes, livros de suspense, séries de todos os tipos e doces de todos os gostos.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

72 Comentários

  1. Acho que deveria ser feita uma seleção genética para erradicar a feiura,quanto maior o gral de beleza de uma pessoa seu gene devia ser combinado com de uma pessoa equivalentemente feia, assim ate todos serem normais e não existir mais feios no mundo, consequentemente também não haverá bonitos, todos seriam razoáveis kkk

    Thumb up 8
  2. Eu achei isso meio baboseira e ao mesmo tempo perigoso,se isso que esse cientista propoe fosse ser implantado na prática iria render muito problema e polêmicas, acho que poderia prejudicar e beneficiar muita gente, primeiro que eu acho que com tanta discriminação e preconceito que ja tem ainda vai colocar mais esse? isso a meu ver ia dar uma confusão tao grande que “nossa” ia gerar muitos problemas, quanto a esse negocio de preterir alguem em detrimento de beleza, é uma coisa que rende muita discussão, agora que isso acontece em determinadas situações tudo bem, eu nao vou negar, agora eu nao acho que , pelo menos pra mim, que alguem deva ser preterido em um emprego por causa de beleza, eu penso que se eu for fazer uma seleção de 2 candidatas pra um emprego e uma for bonita e a outra feia eu vou olhar pra capacidade e qualidades individuais de cada uma para aquela função independente de beleza, se a feia se sair melhor eu a contrataria, visto que eu percebi que ela e melhor para aquela função que a “bonitona” na minha empresa, agora isso pode ser relativo ao cargo/função, pois se for para uma função que exija beleza, como por exemplo modelo, ou atendente de uma loja de grife e tal, ai a beleza é importante, pois a industria da moda, da beleza, trabalha justamente com isso pra promover a beleza, entao faz sentido, agora em cargos que exijam conhecimento e capacidades técnicas, em areas como administrativas, logisticas, rh, marketing, dentro de uma empresa, porque uma pessoa tida como feia nao poderia trabalhar porque tem que dar lugar a um “belo” eu acho que se uma pessoa por um acaso perceber que foi discriminada de alguma forma por isso ela poderia ate processar a empresa ou quem lhe discriminou, imagina aonde vamos chegar com isso, imaginem quantos talentos e capacidades nos nao perderiamos so por causa de “beleza”, então vendo por esse lado a idéia do nosso amigo Daniel S. Hamermesh é boa, mas se isso for colocado em pratica explicitamente imaginem o constrangimento, voce classificar a pessoa em feia ia ser complicado, ate porque tem os graus de beleza também e em virtude disso tem a relatividade da beleza, por mais que se prove que tem a beleza universal, então é um assunto meio complexo,constrangedor e amplo.
    Em relação a essa discriminação que ele falou que acontece e que deve acontecer, ao mesmo tempo eu vejo pessoas tidas como feias serem extremamente bem sucedidas no que fazem e se adquirem elevado grau de formação, experiencia, qualificação ganham bem e ficam “bonitas” entao teria que se fazer uma pesquisa, um levantamento para ver aonde exatamente e com que intensidade essa discriminação esta prejudicando as pessoas, se é na hora de entrar na universidade? acho que não! se é so na hora da contratação? então qual é a proporção dessa discriminação que ele descreve? ate que ponto as qualidades pessoais, profissionais, técnicas, e de formação são levadas em conta? e qual o nivel de discrinação nas diferentes partes do mundo? como podemos saber o quanto as pessoas tidas como nao atraentes estao perdendo seu espaço no mundo?

    Thumb up 2
  3. Oba, to gostando da ideia já posso juntar o bolsa familia que ganho + a cota para negro + bolsa beleza, pronto vou ficar com o bolso lindo

    Thumb up 19
  4. Muito estranho esse quesito da beleza associdado a saúde.

    Eu sou alto, forte, meio sarado e provavelmente tenho saúde e resistência física superior a 95% da população mundial.

    Mas tenho um orelhão e nariz torto, haha, sou considerado feio ? não, ná verdade eu sou horrível, kkkkk.

    Engraçado que algumas garotas me acham bonito, muito estranho isso.

    Thumb up 7
  5. É certo que existe sim o feio e o bonito e que o feio é o excluído.

    Entretanto atualmente a idéia de feio e bonito está ligada ao padrão financeiro.

    Agora o modismo é “… fui em tal lugar e só tinha gente bonita” , ou “não vou lá porque só dá gente feia”.

    Um convite já segue, afirmando previamente, que no local só terá “gente bonita”.

    Quando na verdade querem dizer que em tal local só tinha gente rica (ou pobre om condições de parecer um rico, pela roupa, sapatos e acessórios que usa)

    Se no local o povo estiver usando aquelas roupas e sapatos simples e muito baratos, não vai importar o aspécto físico, naquele local estarão “gente feia”.

    É deprimente. Se ao menos o ser humano fosse honesto suficiente para dizer, não lá porque só tem gente pobre, ou vou lá porque só tem gente rica (ou gente que se faz passar por rica).

    O homem já está superando o preconeito de raças (cores de peles), mas não por algo honrado, é que agora prevalece o preconceito do padrão social.

    Um negro, um índio, um chinês, um japonês, etc, etc … estará no rol da “gente bonita”, desde que ele tenha grana (ou vestido com se tivesse).

    Quantas vezes vemos coberturas de eventos da alta sociedade, com experts como Amaury Junior dizendo … olha que festa só de “gente bonita”, entrevistando pessoas fisicamente feias pra caramba, mas lindos nas roupas que vestem, nos carros que andam. Ora, então óbvio que a festa só deu “gente bonita”.

    E a nossa juventude entrou de cabeça nessa onda do “gente feia” e “gente bonita”. A onda dos mauricinhos e patricinhas, pessoas fúteis, chegou e ganhou espaço e estes estão ditando regras preconceituosas e contagiantes.

    Então, se você quer ter seu espaço no mundo da “gente bonita”, tenha roupas de grife, ou pelo menos não tão baratas e simples, e perfumes bons. Esse é o passe de entrada de permanência no meio da sociedade hipócrita.

    Caso contrário, você será um excluído.

    … E não haverá lei que possa consertar a moral do ser humano.

    Thumb up 13
  6. Eu acho pessoas de cabelos e olhos escuros bonitas e pronto. Não adianta me forçarem, tentarem me hipnotizar ou fazer lavagem cerebral para me obrigar a achar atraentes homens de olhos e cabelos claros.

    Não tenho atração, não acho bonito, é comum.

    Para mim, a beleza rara, é a pessoa de cabelo escuro e olhos escuros, biotipo semíticos, asiáticos, assim.

    Quem tem mania de achar gente loira bonita e pessoas de olhos azuis bonitos são negros. Negros que são loucos e adoram loiros e gente de olhos claros embora afirmem ao contrário, no subconsciente são loucos.

    E pessoas brancas e descendentes de negros, também tem essa afetação. Bajulam loiros, querem ser loiros de olhos azuis, na hora de escolher avatares de video game colocam loiros de olhos azuis. É assim. Não dá para mudar a cabeça deles não.

    Como eu sou branca e faço parte de uma elite, aprecio pessoas de cabelos escuros e olhos escuros. Tipo nipônico. Eu acho bonito, passa a imagem de pureza, imaculados.

    Homens de olhos negros naturais passam a imagens de puros.

    Homens de olhos claros parecem gatos, felinos, bichos ruins e dominadores. Eu não tenho atração física por pessoas loiras de olhos claros.

    E no Brasil, que antigamente era o país dos morenos, agora só tem gente loira, as morenas estão ficando loiras, colocando lentes loiras para imitar as loiras naturais.

    Acho que é complexo. Daí, as loiras naturais se sentem até com uma certa razão em achar que a humanidade toda tem inveja delas. Pois realmente parece.

    Mas, francamente, acho sim as pessoas loiras bonitas, olhos claros também. Nada contra, nada pessoal. Mas, eu não consigo ter atração, não aprecio fisicamente e nem esteticamente. A pessoa tem que ter o papo muito bom para me fazer gostar, porque numa primeira instância não tenho atração, não.

    Não é nada contra os loiros. Simplesmente acho desinteressantes, comuns para mim. Não são raros. Eu aprecio as pessoas raras. Odeio pessoas produzidas em séries como clones, tudo falando igual, com mesmo jeito, sei lá.

    Thumb up 6
    • Eles forçam a barra no ocidente para afirmar que a pessoa bonita tem que ter cabelos claros, olhos claros e ser magras com corpos esculturais e definidos.

      É uma espécie de neo-arianismo, para não falar outro nome…

      Eu continuo achando desinteressantes. Essas pessoas assim são produzidas para agradar as massas de consumidores, não as elites.

      Thumb up 3
  7. E onde ficariam as pessoas tidas como medianas?… nem são bonitas nem feias… são aquelas que com uma produzida ficam bonitas… onde se enquadrariam? Nesse caso, tais pessoas muitas vezes são consideradas como bonitas por algumas pessoas e por outras não. Fica difícil.

    Thumb up 4
  8. A beleza não está no que nós vemos….mas sim no que nós sentimos,quando gostamos e apreciamos algo não vemos defeitos…!!!

    Thumb up 6
    • A beleza esta nos olhos de quem vê, que adianta a beleza se alma é pequena.

      Thumb up 4
    • Concordo.

      Thumb up 1
  9. Imagina só :
    -Olá, vim aqui buscar minha bolsa beleza
    -Desculpe, já acabaram
    -Mais na TV disseram que sempre tinha um montão delas aqui…

    Moral : Mesmo que criem essa lei, como todas as outras ela vai ser desrespeitada, mesmo com essas “bolsas de beleza”

    Thumb up 1
    • É o biotipo predileto de pessoas raras, vai por mim. A massa prefere sempre loiros com olhos azuis.

      Thumb up 1
  10. Eita, imagina no ônibus;
    - Moça, pode sentar.
    - Desculpe?
    - É que eu estava ocupando um banco especial para feios.

    …….Retorquir o quê diante de um argumento desses???

    Thumb up 5

Envie um comentário

Leia o post anterior:
dirigir
Trajeto para o trabalho é mais estressante para as mulheres

Ninguém gosta de ter...

Fechar