Será que você é um “troll” na internet?

Sabe aquele cara chato, que no meio de uma discussão na internet joga um assunto polêmico e depois sai fora só pra ver o circo pegar fogo? Ou então aquele que passa o tempo todo provocando e insultando os outros para fazê-los perder a paciência e causar um bafafá? Bom, internautas como esse têm um apelido; são os chamados trolls.

Duas blogueiras de um site de humor britânico desenvolveram uma técnica interessante para identificar se você é um desses tipos. A chave para analisar como você se comporta na internet está na página de comentários em relação às matérias que você lê. Observe a si mesmo.

Quando se termina de ler (completa ou incompletamente) um texto em um blog, é normal, saudável e democrático rolar a página até lá embaixo e ir á sessão de comentários. Depois de ler o que já foi postado, pense: “o que eu vou opinar agora contribui para o diálogo ou é apenas um ruído incômodo na discussão”? Tomando essa simples providência, você pode evitar se tornar um troll, e fatalmente ser hostilizado pelos demais participantes da discussão. Faça um pequeno teste para ver como você se comporta diante de determinadas situações:

Situação – Você encontra no comentário de alguém, sobre determinada matéria, uma informação factual errada. O que você faz?

a) Respira fundo, abre um comentário com seu nome verdadeiro e escreve: “Olá, fulano, na linha tal você disse que isso, isso e aquilo, mas não é bem assim”, e explica o correto.
b) Pega essa informação errada, copia o link ou dá um Print Screen. Então, insere uma piadinha de sua autoria sobre o erro do fulano e publica no seu próprio blog. Depois, volta à discussão postando essa sua obra de arte na esperança que os demais achem engraçado.
c) Corrige o erro de fulano sem notar que, antes de você, 15 pessoas já fizeram isso.
d) Revolta-se com o pobre fulano, o chama de burro, manda calar a boca e posta ainda outras palavras de baixo calão, impublicáveis neste espaço.

Se você respondeu A: Sinta-se orgulhoso, pois você é o imã que mantém os internautas sensatos em torno de uma discussão. Sem pessoas como você, todos perderiam a fé nos comentários e em suas respectivas matérias, porque as discussões seriam um amontoado de insultos e frases sem sentido. A internet ficaria vazia em pouco tempo. Já experimentou criar seu próprio blog? É uma ferramenta ótima se você usa plataformas como Posterous ou Tumblr, que são fáceis de manusear e favorecem a discussão democrática. Ou quem sabe o Flavors.me, um dos meios mais fáceis de iniciar um site. Você deve ter muita coisa interessante a dizer!

Se você respondeu B: Você é um malandro promotor de si mesmo. Aproveitando-se dos erros dos outros, consegue criar algumas piadas geniais (outras nem tanto), em um espaço onde geralmente nenhum desses comentários engraçadinhos é bem-vindo. Já que o humor é a sua praia, sugerimos que você use um desses sites destinados às brincadeiras. Eles estão sempre aceitando colaborações!

Se você respondeu C: Você age como um eco, poderia para de fazer isso e começar a contribuir para a discussão. O Twitter é um bom exercício: ache uma informação construtiva em outro site e simplesmente retwitte isso.

Se você respondeu D: Aí não tem jeito, você é mesmo um Troll. Por sorte, criaram um espaço onde você se sentirá muito confortável: o Formspring. Lá não se faz nada além de perguntas pessoais, você pode gastar o dia fazendo questões engraçadinhas para que os outros respondam, e vice-versa. É uma boa se você quiser ser aceito por outros internautas sem abrir mão, digamos, de suas características.

Lembramos que o teste foi “confeccionado” pelas humoristas britânicas e não pela equipe do HypeScience. [CNN]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Curta no Facebook:

20 respostas para “Será que você é um “troll” na internet?”

  1. acho que todos nos temos seus momentos de trolleza na web,mais algumas pessoas tem uma mente futil,o que por vez leva-las a atacar a tudo e todos constantemente,bom essa e so minha opinia,sem mais

  2. Nem todo mundo que xinga , com palavrões por exemplo, é um troll. No meu ponto de vista os trolls só querem dar a sua opnião, e muitas vezes o português se um troll é melhor do que o de muita gente ! Não concordo com essas “respostas” porque a maioria dos trolls , não usam palavrões (quem usa palavrão é uma pessoa escrota, e não um troll.) u_ú

  3. E outra, há vários tipos de troll, o grosseirão q só xinga outros participantes de foruns e discussões na internet, o religioso q faz perseguições religiosas na internet, esse faz isso principalmente em matérias sobre descobertas cientificas. E é claro, sobre a teoria da evolução, sempre sem ter bons argumentos, com lógica(um tipo seria não contradizer o q diz e respeitar a cronologia histórica dos acontecimentos), sensatez e q expressam fatos, ou seja, pessoas sem conhecimento de causa, mas q mesmo assim adoram levantar bandeiras para descarregar seus streeses diarios.

  4. Pessoal, prestem um pouco mais de atenção no que a matéria diz, se não entende lendo rápido, não custa nada ler com calma e pensar no que está lendo… Ou seja, a matéria diz q o troll fala sobre algo “somente para causar polêmica”, ele se limita a isso! E não é possivel q alguém razoavelmente inteligente não saiba a diferença entre alguém q causa polêmica, mas tentando avaliar algo q está sendo postado e com um contexto lógico ou não, mas condizente com fatos e outra pessoa(o troll) q faz isso apenas para sair do tédio e ser o engraçadinho, ou na tentativa de deixar determinada matéria confusa!! O q é errado é se limitar, somente causar a polêmica, levar para o lado pessoa e agredir verbalmente outras pessoas gratuitamente!

  5. Tá…ate parece que perderia meu tempo para ler isso!
    Ate parece que só existem essas 4 diferenças para ver se o idiota em questão é um troll ou não!

    rsrsr

    Não sou troll, mas as vezes entro com o nick diferente só para dar uma “aquecida” na conversa. Não chega a ser uma coisa vilã, mas contribui para manter a discussão, mesmo que caia o nível.

  6. Eu sou um Troll assumido. Se eu não fosse, nem usaria internet. O reflexo da vilania dos Trolls fazem as pessoas boazinhas se sentirem bem consigo mesmas.

    E é bom saber q por aqui existem muitos colegas Trolls.

  7. Nao é isso, é que pelo que entendi o Troll é totalmente futil e causa polemicas em vão… eu causo polemica, mas com assuntos uteis, pelo menos ppra mim

    veja na materia do cara que ssobreviveu ao vacuo.

    ou seja, nao gosto de parecer troll pra nao parecer futil, agora se isso é ser fresco, entao sou fresco

  8. kkkkkkkkkkkkkk……… tem perfil pra tudo no mundo…. kkkkkkk…. bom, eu, como a maioria dos internaltas, sou factível de ser um troll… de vez enquando, é claro…

    Aki mesmo no hypescience o q eu mais vejo é usuário desse tipo…

  9. Alguem quer ser meu amigo ? tá vendo ? agente até resiste mas não tem jeito , por causa destes caras é que a gente acaba virando Troll. Vai caçar amiguinho no pescoço dá égua. arruma um bode pra correr atras de você. Espero que seja de sacanagem só pra provocar. ai foi dez.

  10. Tem muitos trolls que opinam nesse site, alguns que só sabem criticar o redator, corrigir o texto de forma grosseira…etc

    espero nao causar polemica, pois nao gosto de parecer troll, hehhee

Deixe uma resposta