Tatuagens causam câncer de pele?

Publicado em 6.05.2009

tatuagem

Cada vez mais pessoas fazem tatuagens – mesmo assim, alguns se perguntam se podem estar colocando sua saúde em risco (além do risco de se arrepender da tatuagem feita uns dez anos depois).

Muitas tintas contêm metal em suas composições. Os tons de azul, por exemplo, possuem cobalto e alumínio e o vermelho contém sulfito de mercúrio. Além disso, uma tatuagem pode realmente danificar a pele.

Então, as suspeitas de que a tatuagem pode provocar câncer de pele não são completamente infundadas. Estudos recentes mostraram alguns casos de cânceres encontrados no local das tatuagens.

O professor Ariel Ostrad, da Universidade de Nova York, acredita, porém, que a tatuagem não foi a causadora do câncer nestes casos. “Na verdade, é difícil acreditar que a tatuagem possa causar algum mal, já que a tinta fica confinada em células especializadas na absorção de elementos estranhos ao corpo, os macrófagos” declara.

“O que pode ter acontecido é que a tatuagem foi feita em cima de um câncer que já estava lá, mas não foi notado. Logo, com uma tatuagem cobrindo a região, o problema continuou sem ser visto e evoluiu” explica Ostrad.

Quando é indagado se há algum risco de uma tatuagem causar câncer de pele, o professor declara com toda a certeza que não. “Mas as pessoas devem ter consciência que podem estar ‘escondendo’ um problema com a tatuagem” conclui. [NY Times]

tatuagem

Autor: Cezar Ribas

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

1 comentário

Envie um comentário