Estranho experimento faz participantes ‘trocarem de corpo’

Publicado em 2.12.2008

trocando de corpo

Cientistas conseguiram manipular as sensações humanas fazendo os voluntários pensarem que trocaram de corpo com outra pessoa ou com um “corpo humanóide”.

A bizarra conquista é similar à troca de corpos já exaustivamente explorada em tramas de TV e cinema nas últimas décadas.

Os neurocientistas da vida real, da Universidade Karolinska Institutet, na Suécia, conseguiram fazer que os voluntários pensassem que os corpos de outras pessoas e de manequins fossem os seus.

trocando de corpoNo experimento duas câmeras — cada uma representando um olho, que agiram como uma câmera estereoscópica — foram presas à cabeça de um manequim de lojas. Elas estavam conectadas à duas pequenas telas que ficavam na frente dos olhos do voluntário para que ele enxergasse o que o boneco ‘via’. Quando as câmeras do boneco estavam olhando para baixo olhando o próprio corpo plástico os voluntários sentiam que aquele era o seu próprio corpo.

trocando de corpoA ilusão começava quando o cientista tocava simultanealmente na barriga do boneco e do voluntário com duas varetas. O voluntário via a vareta tocar a barriga do manequim, na perspectiva do manequim enquanto sentia o toque da outra vareta (imagem ao topo). Como resultado o voluntário sentia uma poderosa sensação de que o corpo do manequim era seu próprio corpo.

trocando de corpoEm outro experimento as câmera eram presas à cabeça de outra pessoa. Quando ambos olhavam para baixo, enquanto se cumprimentavam com um aperto de mão, o voluntário sentia que o corpo da pessoa com as câmera como o seu.

A impressão sensorial da própria mão era vista pelo voluntário como vindo da outra pessoa. E a força da ilusão foi confirmada quando uma faca era segurada próxima ao braço da pessoa que estava com as câmeras na cabeça: os voluntários exibiam reações de estresse. Mas o mesmo não ocorria quando a faca era colocada próxima do braço do próprio voluntário.

trocando de corpoO objetivo do experimento era descobrir mais sobre a ‘personificação’, ou seja, a maneira que o cérebro constrói a imagem do próprio corpo e como passamos a sentir que estamos localizados em nosso próprio corpo.

O conhecimento de que a personificação pode ser manipulada para fazer as pessoas acreditarem que que tem um novo corpo tem um grande potencial prático na realidade virtual e na robótica. Também pode ser útil na pesquisa de distúrbios da imagem corporal como anorexia.

A pesquisa foi publicada na edição online de dezembro da revista científica PLoS ONE. [Live Science, fotos AP]

Autor: Eduardo Martins

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

4 Comentários

  1. animal, só que quando eu li o título do artigo no e-mail eu pensei que já era uma “troca de corpo”, como se vc pudesse controlar o corpo da outra pessoa… isso sim é evolução, e creio que não está num futuro tão distante….

    Thumb up 4

Envie um comentário

Leia o post anterior:
raio-x-grande
Bebê tem recuperação ‘miraculosa’ depois de ter chave alojada no cérebro

Incríveis imagens de...

Fechar