Vibradores não intimidam homens, e podem incrementar a relação do casal

As mulheres dos Estados Unidos, aparentemente, entraram na onda dos vibradores. Uma pesquisa, feita com 3.000 americanos, mostrou que as pessoas têm uma visão geral com relação a esse objeto sexual. O vibrador foi sempre tido como um instrumento que deixa os homens intimidados, mas o estudo revela justamente o contrário: eles podem levantar o astral da intimidade de um casal.

Uma pesquisa sobre o assunto foi coordenada por pesquisadores da Universidade de Indiana (EUA). Eles recrutaram 2.056 mulheres e 1.047 homens, com idades entre 18 e 60 anos, para participar de testes baseados em uma pesquisa de opinião sobre produtos de sex-shop, feita em 2008.

A pesquisa foi conduzida a partir de um questionário composto de premissas positivas e negativas, a respeito dos vibradores. As positivas incluíam frases como “o vibrador faz a mulher chegar mais facilmente ao orgasmo”, ou “é uma parte importante na saúde sexual da mulher”. Entre as sentenças negativas, estavam ideias como “o vibrador faz a mulher ficar dependente desse instrumento”, ou “o uso do aparelho intimida o parceiro sexual da mulher”.

Para cada premissa, os participantes deveriam concordar ou discordar. O índice de concordância, entre as premissas positivas, foi de aproximadamente 50%, enquanto apenas 10% do número total de premissas negativas foram consideradas verdadeiras. Mulheres que haviam usado vibrador no mês anterior à pesquisa relataram maiores índices de lubrificação genital, excitação e orgasmos, e menos dor no ato sexual, em comparação com as que não o usaram.

A maior surpresa da pesquisa é justamente o fato de que o vibrador parece ter sido feito para uma vida de casal. As mulheres pesquisadas que o usavam sozinhas, como meio de masturbação, revelaram sentir menos satisfação sexual em relação àquelas que o usavam com o conhecimento, a concordância, e na presença do parceiro. Ou da parceira.

Mulheres homossexuais também apresentaram alto índice de aprovação ao vibrador. Estudos médicos recentes vão ainda mais longe, afirmando que o vibrador pode ajudar a diminuir dores e irritações na vagina. Ou seja, colabora não apenas na satisfação, mas na saúde sexual da mulher.

Um dos principais tabus em relação ao uso de vibradores por parte de mulheres é a aparente intimidação que o homem sofre, ao ser “trocado” por um brinquedo sexual. Segundo a pesquisa, se trata de um engano: 70% dos homens afirmaram não se sentir incomodados com a adoção do instrumento por parte de suas parceiras. O vibrador, conforme explicam os pesquisadores, é capaz de levar segurança e tranquilidade à vida íntima de um casal. [LiveScience]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Curta no Facebook:

8 respostas para “Vibradores não intimidam homens, e podem incrementar a relação do casal”

  1. O vibrador q os homens mais gostam ,de ver e ouvir a mulher usando ,é um tanque cheio de roupas sujas e ela no lesco lesco a esfregar cada peça c\ as proprias mãos, economiza energia elética , agua, e ela ainda fica mais magrinha c\ a cintura bem fininha de tanto labutar p\ deixar toda a roupa limpinha e cheirosa.

  2. Minha vizinha taninha tem um brinquedo tao grande que o marido dela que leva do armario pra cama para ela usar. ele tem 2 metros de altura e se chama “tonhão britadeira”.

  3. Ja imaginou a namorada ou esposa traindo com um vibrador,o cara vai estar em segundo plano. e se ela escolher um bem avantajado, cê besta é doideira mesmo. só tem uma vantagem é um chifre secreto para todos.rsrsrs

    • “Maria segue as outras” é uma adaptação evolutiva a vida em sociedade. Fazendo o que outras pessoas fazem traz inconscientemente a sensação de segurança e aceitação ao bando.

      🙂

Deixe uma resposta