Vida sintética: de resolver os problemas da Terra a colonizar Marte

Publicado em 22.08.2011

Segundo o geneticista Craig Venter, formas de vida fabricadas pelo homem, usando CO2, estão em obras.

Venter e sua equipe, que fizeram manchetes no ano passado por criar o primeiro organismo sintético do mundo, estão tentando criar células que podem usar o dióxido de carbono atmosférico para fazer comida, combustível, plásticos e outros produtos.

Esta capacidade, obviamente, teria implicações enormes aqui na Terra. Mas não só nesse mundo: a habilidade também poderia ajudar a tornar Marte, cuja fina atmosfera é principalmente feita de dióxido de carbono, um lugar mais habitável. “Esses tipos de processos nos permitem fazer quase qualquer coisa necessária lá, desde que o ambiente seja de CO2″, disse Venter.

A equipe criou o primeiro organismo sintético do mundo. Os biólogos construíram o genoma da bactéria Mycoplasma mycoides de muitas unidades pré-montadas de DNA. Em seguida, eles transplantaram o genoma na célula de uma espécie semelhante que havia sido esvaziada do seu próprio genoma.

A bactéria “hospedeira” logo começou a funcionar e reproduzir-se como uma ocorrência natural de M. mycoides faria.

A façanha foi mais do que apenas um belo truque. Os cientistas mostraram que organismos “projetados” podem fazer todos os tipos de tarefas úteis – e que isso não está tão longe de ser realidade.

“A criação de formas de vida novas poderia ajudar a resolver alguns dos problemas fundamentais do mundo, como fornecimento suficiente de energia, alimentos, água potável e medicamentos”, argumenta Venter.

Venter afirmou que sua prioridade é exatamente essa: utilizar a vida sintética para ajudar a resolver esses grandes problemas na Terra. Nosso planeta, afinal, deve adicionar sua sétima bilionésima pessoa em apenas alguns meses, e o crescimento da população não vai parar por aí.

Para alcançar esse objetivo, a empresa de Venter, Synthetic Genomics, está tentando desenvolver algas sintéticas que produzem biocombustíveis de forma barata e eficiente.

Porém, Venter diz que os benefícios da vida sintética não tem que ser restritos ao nosso planeta. Enquanto organismos artificialmente feitos poderiam ajudar a conter a maré de mudanças climáticas aqui na Terra, em Marte eles poderiam fornecer os blocos de construção de vida, utilizando matérias-primas da própria atmosfera do Planeta Vermelho. Seria interessante, não? Ou assustador? Segundo a equipe de Venter, tudo é possível.[LiveScience]

Autor: Natasha Romanzoti

tem 24 anos, é jornalista, apaixonada por esportes, livros de suspense, séries de todos os tipos e doces de todos os gostos.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

29 Comentários

  1. Ambos estão certos em seus pontos de vista.Eis o sonho e a razão! Lembro apenas que nasci em 1964 e o mundo mudou tanto em tão pouco tempo!!! Assistia o desenho dos Jetsons e agora vejo aquelas coisas futurísticas em minha frente. Se não houve-se tanta ganancia muitas doenças já teriam cura e até tem,porém comercialmente não é vantajoso.A energia nuclear é sim fantástica e deve ser aperfeiçoada. Não podemos retornar as cavernas e dançar a dança da chuva.É impossível! O Homem é um ser em evolução e a ciência é o nosso sobrenome (homo sapiens).Queremos saber o por que logo que aprendemos a falar! Isto é ciência. Espero que nessa grande evolução o homem pense mais no homem e não apenas nos lucros.

    Thumb up 8
    • tudo coreto ! so que que o fato de que a parte da energia que não sai da minha cabessa!
      porque eles vão presissar destes maravilhosos animais para formar energia?

      pois não estou falando de ernegia nuclear mais existem diverssas maneiras de se faser energuia ! a mais fasil e o do motor magnetico!!

      Thumb up 0
    • poi é se vc que nasceu em 64 viu tanta coisa diferente, eu com 8 a mais, o que ví foi muito mais. ex. nós faziamos nossos brinquedos com pedaços de páu, viravam metralhadoras da 2a guerra mundial, pedaços de madeira com tampinhas de garrafas, viravam carrinhos e ai vai. forte apache e soldadinhos de plastico, viravam verdadeiras batalhas.
      se vc ver a série jornada nas estrelas de 68, onde o cap.kirc, pegava um obbjeto quadradinho, tamanho 2×2 e colocava em um console e ali, pasme, estavam guardadas horas de filmagens e gravações feitas na nave, olhe os pen drives e cartóes de memória. quando eles sacavam objetos e que ao abrir, se comunicavam entre si, era uma loucura, olhe hoje o celular, inclusive via satélite.
      só falta o scaner do dr mackoy, e a enterprise. mas ainda vamos chegar lá. onde o homen nunca esteve

      Thumb up 3
    • Você está confirmando uma máxima esoterica:
      ‘Tudo que o homem pode pensar, pode realizar’

      Thumb up 3
  2. O sistema solar é complexo, e está alem da inteligência humana. Nenhuma forma de vida criada pelo homem sobreviveria em Marte ou em qualquer outro lugar da galáxia,
    porque DEUS não permitiria. O homem não tem poder sobre as
    coisas criadas pelo NOSSO PODEROSO DEUS.

    Thumb up 5
    • kkkkkkkkkkk ridiculo ! e o que Zeus acha disso ?

      Thumb up 9
    • Nossa! É mesmo?

      Thumb up 6
    • Nossa, é mesmo? x+1

      Thumb up 6
    • kkkkkkkk!!!! Aquele cara ali viajou na maionese legal, o seu “PODEROSO DEUS” não vai ter influencia nenhuma sobre a ciência!! AH, E PENSE MAIS SOBRE SEU “DEUS” ANTES DE ENTRAR EM UM SITE DE CIÊNCIA!!!

      Thumb up 7
    • Meu ¨PODERO DEUS¨ é também o criador da ciência. ELE criou o primeiro átomo e também vai criar o ultimo. A ciência é uma coisa maravilhosa, tem ser explorada com conciência. Vc sabia
      que muitos cientistas são cristãos?

      Thumb up 5
    • São pensamentos assim como os seus que fazem a humanidade, enquanto especie estagnar no tempo. Não misture ciencia com religião! Uma coisa é uma coisa e outra é totalmente diferente!
      PS: Só pra fechar já que vc tocou assunto religião em um site de descobertas CIENTIFICAS, SE DEUS não quisesse que o ser humano properasse de forma a até mesmo ir e habitar outros mundos, então pq ele nos deu essa capacidade??? Seria uma incoerencia não? O que vc e muita gente não entende é que Deus não é um ser como nó o criamos, ele é uma força consciente e está em tudo, inclusive dentro de nós!Ele quer pra gente o que nós queremos pra nós!Portanto, o fato de ir pra um mundo ou criar uma vida artificialmente não fere os principios da criação pelo simples fato de que vc foi capaz de criar, ou seja, o Deus dentro de vc a criou!
      Gente confusa, mania de misturar ciencia e religião! Fala sério! :/

      Thumb up 6
  3. Que tal resolver os problemas daqui???? por acaso são poucos, posso citar: Fome, Guerras, Corrupção, Poluição… Quer mais?

    Thumb up 15
  4. Muito interessante se formos pensar q estamos mesmo fadados ao caos, a falta de alimentos, de água e por conseqüência o fim da civilização e da humanidade. Nossa Terrinha não vai comportar a quantidade de pessoas q terá no futuro, isso é fato.

    Thumb up 6
  5. quando inventaram a sacolinha plástica,disseram a mesma coisa,’a solução dos problemas!Olha o resultado.-Tem que calcular o risco a longo prazo pra não ser mais um poluente.

    Thumb up 10
  6. se vc for parar para pensar isso não é uma boa idéia já que pode causar implicações no ciclo do carbono aliás se for usada na terra claro agora eu irei explicar o porque, todo mundo sabe que na natureza existe a presa e o predador como a terra é um ambiente rico em co2 essa forma de vida pode se expalhar igual uma praga podendo afetar os vegetais.

    Thumb up 3
    • Sim poderia… se fosse projetada para isso, mas felizmente existem formas de controlar os organismos sintético para evitar esse tipo de calamidade, como programa-los para se autodestruir ao entrar em contato com um ambiente ao qual não foram projetados.

      Thumb up 11
    • putz cara parece que voce leu meu pensamento

      Thumb up 6
    • O que eu li foi a mesma revista/matéria/reportagem que você leu, rsrs

      Thumb up 4
    • com certeza porem esses organismos são projetados para sobreviver em condições controladas para que não escapem da areá de atuação planejada caso contrario poderiam realmente prejudicar as formas de vida existentes causando um grave desequilíbrio ecológico

      Thumb up 0
  7. O processo de transformar um planeta em habitável já foi estudado por algumas áreas da ciência e é conhecido como terraformação.

    É uma área de estudo bastante interessante e que se fosse colocada em prática em Marte, por exemplo, demoraria milhares de anos de trabalho da humanidade mas que no final nos daria um novo planeta Terra.

    Claro que antes de pensar nisso temos que pensar em como conservar o planeta que já temos, pq demorar tanto pra criar outro e chegar lá pra destruir não iria dar em nada.

    Thumb up 13
    • sinto muito mas com esses novos organismos seria possível em no máximo algumas dezenas pois sem predadores e com um ambiente para o qual foram projetados se reproduziriam em velocidade vertiginosa apenas bastaria enviar uma sonda com alguns indivíduos e em alguns anos poderiam enviar pessoas e em dentro de no máximo 100 anos o processo estaria perfeitamente instaurado

      Thumb up 5
    • Você tem de levar em consideração que levaria milhares de anos com a tecnologia atual e se a mesma se mantivesse inalterada. Mas sabemos que a tecnologia cresce em progressão geometrica.

      Então quem sabe daqui a 20 anos já não teriamos condições de reduzir esses milhares de anos para algumas dezenas como o camarada acima disse, ou até menos.

      Thumb up 6
    • O Eu está certo. Não interessa se vai levar um ano ou cem anos. Não conseguimos conservar nosso planeta e queremos habitar Marte pra quê? E depois de Marte?
      Além disso, nossa tecnologia não cresce em progressão geométrica e nem dominamos a que temos. Fukushima é um exemplo. Não conseguimos se quer a cura das doenças que mais afligem a humanidade. Não sabemos o que fazer com o lixo atômico. Estamos em guerra por pequenas porções de terra ou recursos minerais. Na realidade, não estamos habilitados tecnologicamente nem moralmente para tais pretensões.

      Thumb up 10
    • Generalizações meu caro Bovidino… generalizações… você classifica toda a humanidade como um corpo único e apenas enxerga o elo fraco, a parte negativa.

      Ao meu ver, se um país, empresa, órgão, ou qualquer que seja a entidade tem possibilidades e tecnologia para fazer uma empreitada dessas, realmente não acho que ele seja moralmente culpado pelos pecados do resto da humanidade, isso seria generalização demais pro meu gosto.

      Uma pessoa poderia pensar que apesar de exceções acontecerem e acidentes como Fukushima serem lamentáveis, ainda sim é incrível que a humanidade tenha o poder de manipular em escalas atômicas, de conseguir extrair magnificas quantidades de energia separando o núcleos dos átomos e em breve quem sabe, extrair energia ao fundi-los.

      Tudo é uma questão de ponto de vista. Alguns se atém apenas ao lado negativo, outros apenas ao positivo. Mas uma coisa é certa, não é criticando ou elogiando que vamos em frente, e sim agindo e tentando, errando mas aprendendo, caindo e se levantando e nunca, jamais desistindo de tentar!

      Thumb up 5
    • Andy,
      Não estou sendo pessimista nem otimista. A degradação da raça humana é visível e infelizmente constatada globalmente em todos os setores, com raríssimas excessões.
      Só não vê quem não quer.
      Você é que parece viver num mundo utópico, onde o céu é sempre azul e todas as pessoas são honestas e altruístas.
      Tomara que os seus sonhos se realizem e os seus ideais se concretizem.

      Thumb up 5
    • falou bonito.. apoiado

      Thumb up 2
    • “…Vamos para marte para destruí-lo como fazemos com a Terra…”
      GENTE PELO AMOR, ACORDA PRA VIDA!! Marte JÁ ESTÁ DESTRUIDO, pior que aquilo só joga uma bomba antimateria e transforma ele em nada!Agora a sociedade humana que porventura num futuro se instalar lá vai ser TOTALMENTE DIFERENTE das que existem aqui!ai vc pergunta: “Quem te disse isso?” e eu te respondo: “Os fatos!”. Pra começo de conversa marte está a mais de 50 milhoes de KM de distancia. Segundo as pessoas que vão pra lá não vai ser qualquer zé ruela da vida não! Só vai gente gabaritada: “cientistas e astronautas em geral” è gente culta, com calibre: portanto só esse fato ja tira da futura sociedade o aspecto negativo chamado ignorância, misticismo, superstição, ou seja lá como quiserem chamar!Terceiro os valores de uma sociedade são baseados no “tudo” a sua volta: recursos e suas disputas, clima, capacitação financeira, história de sua gente, etc.. tudo junto contribui para a formação ética e pensamento coletivo: MARTE NAO TEM NADA DISSO: Marte é um planeta inospito, sem grandes recursos além dos basicos provenientes de um planeta (como ouro, prata e alguns outros metais); por fim, a sociedade que se instalar lá, desde cedo vai saber que se não cooperar vai morrer pq o planeta n vai dar brecha, esses aspectos vai forçar os seres que lá vivem a se adaptarem a trabalhar em equipe, e, ao contrario daqui, que se eu matar alguem eu fujo de carro, de avião, de bicicleta, de teco-teco ou seja lá o que for, lá não vai ter essa por muito tempo: não há pra onde fugir!Errou, vai ter que pagar!Vc tá ilhado a unica escolha é cooperar querendo ou não!E como eu disse que uma sociedade se comporta de acordo com os valores adiquiridos por si só ou por seus antepassados, entããããão o mais provavel que os futuros marcianos nasçam e cresçam com a ideologia do cooperativismo, não pq querem e sim pq é preciso! com o passar dos seculos(sim, séculos, pq terraformar um planeta todo vai levar isso!) isso vai se enraizando de tal forma que passa a ser regra e não um dever.Um novo tipo de economia deve ser feita pois a economia daqui é baseada nos recursos que o planeta nos dá e lá nao tem isso.
      É um efeito dominó galera, uma coisa vai puxando outra, mesmo que quisessemos que os aspectos sociais de lá sejam identicos aos nossos, não tem como!O fato é que a sociedade fundada lá vai ser, querendo ou não, radicalmente diferente da daqui, devido as proprias condições impostas pelo planeta, e, em um futuro um pouco distante, quando o planeta se tornar totalmente habitável ja vai ser tarde para tentar mudar o que ja esta dando certo, eles (sim, digo eles, pq por mais que sejam nossa espécie, eles terão uma vida totalmente independente da nossa e provavelmente outras convecções e ideologias, seriam como aliens mesmo!) continuaram suas vidas com o beneficio do ar respiravel e sem petroleo (ebaaaaaa!!!).
      É isso, são os fatos, pow! só analisar os aspectos ideologicos/sociais da sociedade humana, todos eles foram construidos em cima da abundância que nos foi oferecida por nosso planeta, então: “…Pra que eu vou doar se eu posso tirar à baciada?…”entendem? lá em marte vai ser o oposto, la vais er a escasses: “…Se eu não prouver, eu morro!…” é fato e ponto!

      Thumb up 3
    • Concordo plenamente contigo!! Tenho uma filosofia interna baseada no: “CONSERVE O QUE TEM E CRIE MAIS!!!” ^^

      Thumb up 1
  8. Quando li “sétima bilionésima pessoa”, imaginei a terra vista do alto, com 7 bilhoes de formigas se movimentando, perfurando, contruindo, derrubando, consumindo, consumindo, consumindo… confesso que fiquei impressionado com esta visão… hehehe

    Thumb up 10

Envie um comentário

Leia o post anterior:
American-Alligator-F6
Gordura de jacaré pode se tornar a energia que manterá seu carro

A indústria da carne...

Fechar