Você gosta de filmes de terror ou odeia? Isso tem a ver com sua genética

Publicado em 2.11.2010

Há muito tempo os psicólogos querem entender por que os humanos, que evoluíram para buscar a felicidade e o conforto, gostam tanto de filmes de terror. Apesar de existirem aquelas pessoas que não conseguem sequer ler uma sinopse sem sentir medo, muita gente adora assistir cenas de tortura, decapitação, estripação e daí para pior.

A sequência de filmes “Jogos Mortais” é uma prova desse gosto pelo horror. A série sobre o serial killer que mata suas vítimas com armadilhas complicadas já arrecadou bilhões de reais em todo o mundo. Porque as pessoas gostam disso? Elas não sentem medo?

Segundo uma pesquisa recente, muito pelo contrário. Os adoradores de terror parecem ficar tão apavorados quanto as outras pessoas quando assistem os filmes. A diferença é que eles gostam mais.

Os psicólogos tinham duas teorias do por que algumas pessoas são atraídas por estímulos assustadores. Uma delas é que essas pessoas simplesmente não têm medo, nem se incomodam com histórias e imagens desagradáveis. A outra é que elas têm medo, mas antecipam o momento em que tudo vai acabar, e essa sensação de alívio é emocionante o suficiente para que eles se disponham a curtir as partes assustadoras.

Mas essas ideias parecem limitantes. Segundo os pesquisadores, no mundo real, as pessoas podem experimentar ao mesmo tempo felicidade e tristeza, euforia e ansiedade. A maioria das pessoas gosta de um pouco de emoção, mesmo que seja negativa. Caso contrário, as coisas seriam bem chatas.

Os pesquisadores quiseram testar o que acontece quando você aumenta esse nível de excitação com estímulos negativos. Pessoas que amam filmes de terror e pessoas que amam filmes românticos tiveram que assistir a filmes de terror, enquanto os pesquisadores avaliavam suas emoções.

Ambos os grupos apresentaram níveis similares de medo enquanto assistiam aos filmes. Mas apenas os que gostavam de filmes de terror ficaram felizes durante os filmes. Para este grupo, as cenas mais assustadoras foram também as mais agradáveis. O aumento do medo coincide com o pico de prazer.

Então, porque algumas pessoas gostam de estar com medo mais do que outras? A resposta pode estar em um aspecto da personalidade conhecida como busca de sensações. Pessoas que buscam sensações respondem mais a experiências intensas. Essas experiências podem assumir a forma de aventuras como bungee jumping, ou podem ser atividades mais mundanas.

As pessoas que buscam sensações desfrutam da curiosidade mórbida dos filmes de horror. Comparado a pessoas com baixa procura de sensação, elas têm um maior nível de excitação. Na psicologia, a excitação é um sentimento geral de alerta ou de consciência.

Os homens são mais propensos a ter elevada busca de sensação. Isso é provavelmente devido à influência da testosterona, o hormônio masculino. A produção de testosterona diminui com a idade, o que pode explicar porque os adolescentes são um grande mercado para os filmes de terror.

Os hormônios não são a única influência biológica na busca de sensações. Os pesquisadores suspeitam que os adoradores de filmes de terror sejam mais sensíveis ao neurotransmissor dopamina. Eles também podem ser menos sensíveis à serotonina, que contribui para a sensação de bem-estar.

Outros traços de personalidade estão associados com filmes de terror. Um estudo descobriu que as pessoas que gostam desses filmes tendem a ser do sexo masculino, e possuem menor empatia e maior agressividade. Outro estudo descobriu que meninas no ensino médio têm maior probabilidade de se identificar com as vítimas de filmes de terror que são alunos do sexo masculino. Todos estes traços de personalidade são pelo menos parcialmente genéticos, especialmente a busca de sensações, que é fortemente hereditária. Múltiplos genes estão envolvidos, e respondem por cerca de 10% das pessoas com alta busca de sensações.

Os pesquisadores também suspeitam que os amantes de terror são melhores em lembrar-se de que a morte ea destruição são ficção. Para testar essa ideia, eles pediram a pessoas que odeiam filmes deterror para assisti-los depois de terem visto as biografias dos atores. Durante as piores cenas, os pesquisadores relembraram os telespectadores de que era apenas um filme.

O truque funcionou. Com o desprendimento, eles conseguiram curtir um pouco mais o filme. Segundo os pesquisadores, essa é uma dica para as pessoas se livrarem do medo quando assistirem cenas de terror. Para ajudar, você pode assistir o “making-off” do filme, ou lembrar de que não é verdade, que ninguém está se machucando. [LiveScience]

Autor: Natasha Romanzoti

tem 24 anos, é jornalista, apaixonada por esportes, livros de suspense, séries de todos os tipos e doces de todos os gostos.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

29 Comentários

  1. Quanto mais real melhor! Interessante a matéria.
    O legal é que eu costumo a gostar mais ainda, quando é baseado em alguma historia real. Apesar que em alguns casos, eles fazem isso pra aumentar a adrenalina. rs Mas de fato funciona. :P

    Thumb up 0
  2. Um filme de terror bem feito e inteligente,eu gosto,assim como ficção científica.Na verdade,o lado negro de muitos filmes de terror,lembra o lado ruim do ser humano.Muita gente não gosta deste gênero de filmes por achar assustador e etc..porém não devemos esquecer que da sanidade para locura a fronteira é a mínima possível.

    Thumb up 7
  3. eu adoro filmes de terror, meus preferidos são a hora do pesadelo, o massacre da serra eletrica, sexta feira 13 e os filmes da franquia premonição quando eu assisto filmes de terror eu não sinto muito medo eu gosto.

    Thumb up 2
    • Eu amo filmes de terror, mas esses filmes são muito óbvios e não metem medo nenhum, experimente ver Ju-on – a maldição ou the ring, vi em pequena e ainda hoje tenho traumas, no entanto adoro xD

      Thumb up 0
  4. adoro filmes de terror, mais os que são pesados em suspense!
    gosto desde criança, sempre racionalizei como um treinamento, quanto com mais coisas assustadoras vc se familiarizar, menos impresionado vc fica caso veja de verdade, mais friamente vc pode analisar as situações e racionalizar. p mim funciona

    Thumb up 7
  5. eu sou viciada em filme de terror. vejo todos até os porcarias, muitas vezes desisto pq é ruim demais. mas eu amo amo amo amo e sou mulher!!!! interessante conhecer um pouco do perfil do genero, sou aventureira, to sempre tentando provar situaçoes novas, sou das que sai sozinha. eu participaria de um estudo deste como cobaia kkkk, com prazer!

    Thumb up 5
    • mas jogos mortais eu parei no 4, depois ficou chato, eu ja sei o enredo todo e o final. matam todo mundo, fazem sofrer, parou de ter mortes criativas, e no final alguém sempre pega o papel do palhaço. é tipo um virus que passa p/ alguem mais louco ainda ou fraco demais. nao vejo mais graça neste filme.

      Thumb up 5
  6. HUAHuAHAUHAUHAUHA…imagem do Drag me to Hell…rachei…e eu amo filmes terror…especialmente o antigo…e cara as pessoas precisam entender que é só um filme…criado para divertir…um filme n precisa necessariamente passar uma msg positiva e cor de rosa para isso…além dos filmes tbm adoro jogos de terror…fazem vc se sentir em uma situação inusitada e perigosa e testam suas reações quanto a isso…

    Thumb up 4
  7. Bom, com perdemos tempo fazendo coisas inúteis e fúteis não?realmente alguem inteligente e culta não assiste umas cois horrorosas como jogos mortais e etc….pra quê ficar vendo tanta violencia, nosso mundo é tão cruel, ou seja as pessoas estão créis, vendo uma coisas dessas sem fundamento, vc está dando sopa para o azar, eu mesmo não deixo uma maldição dessas na minha casa, eu antigamente via muitos filmes menos violentos que esses e já ficava quase desmaiandoo de medo,depois quando amadureci mais, tomei a decisão de não mais me torturar com esses lixos.Mas conheço pessoas que amam esses filmes, pra elas isso é como tomaer uma água de coco, mamão com mel, mas a vida espiritual, um lixo.Bom amigos, cada um com sua cruz, cada um no seu quadrado.

    Thumb up 6

Envie um comentário

Leia o post anterior:
horariodeverao
Estender o horário de verão pode fazer muito bem à saúde

O horário de verão e...

Fechar