Zelador de zoológico lambe bumbum de macaco para salvar o animal

Publicado em 8.05.2012

Não sei você, mas quantos de nós lamberíamos o bumbum de um macaco para salvá-lo? Um zelador do Zoológico de Wuhan, na China, não pensou duas vezes antes de fazer isso.

Zhang Bangshen, 50, percebeu que um macaquinho da espécie Trachypithecus francoisi, conhecido como macaco folha, de apenas três meses, estava sofrendo de indigestão.

O infortúnio começou quando turistas jogaram amendoins para o pequeno, ainda sem dentes. Por isso, por ter engolido um amendoim inteiro, sem mastigar, o macaco começou a passar mal.

Para fazer o macaco defecar, Bangsheng lavou o bumbum do animal com água quente e começou a lamber seu reto. A operação de salvamento durou cerca de uma hora, até que o macaco liberasse o amendoim e o zelador descansasse sua língua.

A espécie, cujo nome científico é uma homenagem ao cônsul francês Auguste François (1857-1935) da província chinesa de Lungchow, é ameaçada de extinção e é endógena do sudoeste da China ao noroeste do Vietnã. Seu número total é desconhecido, mas cientistas acreditam que existam apenas 500 no Vietnã e cerca de 1.200 na China. Segundo a agência de notícias HLJ News, o macaco é o primeiro de sua espécie – em 10 anos – a nascer em um zoológico.

O zelador explica que o macaco ainda é muito pequeno para receber qualquer remédio que o ajude a defecar. Por isso, ele sabia que, se não o ajudasse, o espécime raro poderia morrer.

Mas alguns veículos estão questionando a veracidade da história. Por que Bangsheng usou sua boca em vez de utilizar o método tradicional de aplicar um pano quente? Esses mesmos veículos ainda não conseguiram uma resposta para a questão.

Você meteria sua língua lá? [Jezebel/MSN/HuffingtonPost/IUCN/Foto]

Autor: Luan Galani

é jornalista. Entusiasta da Teoria-M, é um rato de biblioteca apaixonado pelo que a ciência pode nos proporcionar. Nas horas vagas, é um amante inveterado de música erudita, que pede perdão aos russos por ainda considerar Mozart a grande lenda.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

13 Comentários

  1. Vai essa era uma forma de preferência sexual insólita: quando surgiu oportunidade, o cara não titubeou, ficou uma hora satisfazendo o desejo lúbrico…

    Thumb up 16
  2. Coisa ridícula!
    O que estão fazendo para aparecer!
    Inclusive os jornalistas.
    A perca da decência …
    Dos que agem e dos que divulgam.

    Poderiam ser usados outros meios mais decentes e eficientes como milhares de pessoas fazem todos os dias ao solucionar problemas.

    Thumb up 5
    • Ah,
      Pela cara do macaco,
      pela cara do dito tratador,
      pela expressão da mão do tratador,
      Se percebe:
      TUDO É MENTIRA!!!!!!

      Thumb up 2
  3. Dá para ver claramente que a foto postada na matéria é uma montagem.

    Mas fico pensando… Não daria para usar a ponta do dedo para fazer a massagem necessária para estimular o macaco até ele expelir o amendoim ?

    Realmente a história está muito mal contada e parece mais uma mentira de internet…

    Thumb up 12
    • Eu não acredito que se trate de montagem. Acredito em interpretação forçada. Ninguém vê a língua do cara no traseiro do macaco. Ele provavelmente brincava com o macaquinho com o rosto próximo dele, o “macaco deu as costas” (leia-se bunda), tiraram a foto e espalharam esse hoax aí. Ou quem sabe alguém apostou que ele não tinha coragem de dar um beijinho lá, ou qualquer coisa assim.

      Thumb up 5
  4. eu queria fazer algum comentario, mas estou sem palavaras diante disto. Minha reação foi tipo assim: O_______O.

    Thumb up 16
    • O cara tava lambendo o traseiro do macaco e quem tava presente tinha uma câmera em mãos. Por que diabos só têm essa foto aí, onde nem se vê o que se afirma, que o cara tava lambendo!?

      Thumb up 2

Envie um comentário

Leia o post anterior:
camilla-chicken-balloon-space
Galinha de borracha sobrevive a viagem por tempestade solar

Camilla, a galinha, ...

Fechar