12 encantadoras fotos de animais com seus filhotes

Por , em 13.04.2014

Filhotes de animais são geralmente cativantes, assim como os bebês humanos. O corpo pequeno com cabecinha grande, o jeito atrapalhado, os olhos esbugalhados… Só não são mais fofos sozinhos do que com suas mães. Confira: [OBP]

Filhote de guepardo com sua mãe, no Quênia. Guepardos fêmeas dão à luz cerca de três filhotes por vez. Nas primeiras semanas, ela troca os filhotes de toca o tempo todo, escondendo-os enquanto sai a caça. Foto por: Marco Urso

Filhote de guepardo com sua mãe, no Quênia. Guepardos fêmeas dão à luz cerca de três filhotes por vez. Nas primeiras semanas, ela troca os filhotes de toca o tempo todo, escondendo-os enquanto sai a caça. Foto por: Marco Urso

Talha-mar (Rynchops niger) e seu pintinho. Na eclosão, as duas mandíbulas de um talha-mar são iguais em comprimento, mas, dentro de quatro semanas, a mandíbula inferior fica quase um centímetro mais longa do que a superior. Foto por: Michael Libbe

Talha-mar (Rynchops niger) e seu pintinho. Na eclosão, as duas mandíbulas de um talha-mar são iguais em comprimento, mas, dentro de quatro semanas, a mandíbula inferior fica quase um centímetro mais longa do que a superior. Foto por: Michael Libbe

Leoa carrega seu filhote. Os filhotes de leão são criados juntos, às vezes comunitariamente. Foto por: Karsten Lehmkuhl

Leoa carrega seu filhote. Os filhotes de leão são criados juntos, às vezes comunitariamente. Foto por: Karsten Lehmkuhl

Boi-almiscarado e seu bebê. O vínculo do filhote com a mãe enfraquece depois de dois anos. Foto por: Randy Kokesch

Boi-almiscarado e seu bebê. O vínculo do filhote com a mãe enfraquece depois de dois anos. Foto por: Randy Kokesch

Bebê urso polar brinca com sua mãe. Geralmente, ela amamenta o filhote por dois anos e meio. Durante esse tempo, o protege e o ensina a caçar. Foto por: Nik Zinoviev

Bebê urso polar brinca com sua mãe. Geralmente, ela amamenta o filhote por dois anos e meio. Durante esse tempo, o protege e o ensina a caçar. Foto por: Nik Zinoviev

Carneiros brincam com a ovelha mãe. Há mais de 1 bilhão de ovelhas no mundo, a maioria na China. Foto por: Roeselien Raimond

Carneiros brincam com a ovelha mãe. Há mais de 1 bilhão de ovelhas no mundo, a maioria na China. Foto por: Roeselien Raimond

Bebê rinoceronte dá um beijo à sua mãe. Rinocerontes fêmeas gestam seus filhotes por cerca de 15 a 16 meses, e dão à luz a um animal a cada dois ou três anos. Foto por: Phil Noble

Bebê rinoceronte dá um beijo à sua mãe. Rinocerontes fêmeas gestam seus filhotes por cerca de 15 a 16 meses, e dão à luz a um animal a cada dois ou três anos. Foto por: Phil Noble

Filhote de pinguim com poucas horas de vida. Pinguins muitas vezes se amontoam para se aquecer nas temperaturas frias da Antártida. Foto por: Ondrej Zaruba

Filhote de pinguim com poucas horas de vida. Pinguins muitas vezes se amontoam para se aquecer nas temperaturas frias da Antártida. Foto por: Ondrej Zaruba

Antílope bebê brinca com um pedaço de pau. O filhote é um alvo fácil para predadores, e a mãe o mantém em um local secreto até que se torne mais forte. Foto por: Oliver Berg

Antílope bebê brinca com um pedaço de pau. O filhote é um alvo fácil para predadores, e a mãe o mantém em um local secreto até que se torne mais forte. Foto por: Oliver Berg

Hipopótamo bebê com a mãe. Hipopótamos recém-nascidos são relativamente pequenos, pesando de 25 a 55 quilos, e são protegidos por suas mães não só de crocodilos e leões, mas de hipopótamos machos adultos também. Foto por: autor desconhecido

Hipopótamo bebê com a mãe. Hipopótamos recém-nascidos são relativamente pequenos, pesando de 25 a 55 quilos, e são protegidos por suas mães não só de crocodilos e leões, mas de hipopótamos machos adultos também. Foto por: autor desconhecido

Morsa e seu bebê. Morsas são extremamente “mãezonas”, constantemente abraçando e acariciando seus filhotes. Elas costumam manter seus bebês em blocos de gelo para evitar que se machuquem no meio das multidões de morsas em terra. Foto por: Mauro Mozzarelli

Morsa e seu bebê. Morsas são extremamente “mãezonas”, constantemente abraçando e acariciando seus filhotes. Elas costumam manter seus bebês em blocos de gelo para evitar que se machuquem no meio das multidões de morsas em terra. Foto por: Mauro Mozzarelli

Mãe gorila abraça seu bebê. Esses animais vivem em pequenos grupos de 6 a 7 indivíduos, incluindo um macho adulto, algumas fêmeas e seus filhotes. Foto por: Fredrik Von Erichsen

Mãe gorila abraça seu bebê. Esses animais vivem em pequenos grupos de 6 a 7 indivíduos, incluindo um macho adulto, algumas fêmeas e seus filhotes. Foto por: Fredrik Von Erichsen

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 4,00 de 5)

4 comentários

Deixe seu comentário!