6 formas com que o assédio sexual afeta a saúde das mulheres

Por , em 10.11.2011

Segundo estudos, 70% das mulheres e 45% dos homens experimentam alguma forma de assédio sexual no local de trabalho.

O cenário mais comum envolve um assediador criando um “ambiente de trabalho hostil” – em que uma pessoa se sente assediada, intimidada ou desconfortável, e não pode realizar o bem o seu trabalho.

Vítimas de assédio sexual podem experimentar relações tensas no ambiente de trabalho, e estão em maior risco para inúmeros problemas de saúde. Confira seis efeitos sobre a saúde causados pelo assédio sexual:

1 – Depressão

Vítimas de assédio sexual podem experimentar depressão a longo prazo. Em um estudo recente com 1.000 jovens, pesquisadores descobriram que as pessoas assediadas sexualmente na adolescência e no início dos 20 anos podem experimentar sintomas depressivos em seus 30 anos.

Muitas pessoas que sofrem assédio sexual têm sentimentos de insegurança. Para algumas pessoas, essa insegurança se
transforma em autoculpa, e as vítimas podem sentir-se responsáveis pelo que aconteceu. Essa autoculpa pode ter um efeito negativo sobre a saúde mental, incluindo a promoção de sentimentos de depressão.

2 – Transtorno do Estresse Pós-traumático

Muitos estudos têm encontrado uma ligação entre experiências de assédio sexual e sintomas de estresse pós-traumático, que incluem reexperimentar o trauma, e evitar pessoas ou coisas que possam lembrar a vítima do assédio.

Na verdade, as mulheres nas forças armadas que são assediadas sexualmente têm até quatro vezes mais chances de desenvolver estresse pós-traumático do que mulheres expostas a um evento traumático em combate.

3 – Pressão arterial

De acordo com um estudo, de 2008, assédio sexual aumenta a pressão arterial. O estudo incluiu cerca de 1.200 trabalhadores sindicalizados de Boston que foram entrevistados sobre o abuso no local de trabalho e fizeram um exame de saúde. Cerca de 23% dos trabalhadores relataram pelo menos um incidente de assédio sexual.

Os pesquisadores encontraram uma correlação significativa entre o assédio sexual e a pressão arterial elevada em mulheres. O assédio sexual pode desencadear reações fisiológicas como estresse, que pode aumentar o risco de doença cardiovascular.

4 – Problemas de sono

O assédio sexual tem sido associado a distúrbios do sono. Isto pode ser porque o estresse e a ansiedade do evento afeta os hábitos de sono de uma pessoa. Por exemplo, as vítimas podem ficar acordadas durante a noite ruminando sobre o evento, ou ele pode ser a fonte de pesadelos.

5 – Suicídio

Um estudo de 1997 com mais de 1.000 alunos do ensino médio no Canadá sugeriu que o assédio sexual pode levar a comportamentos suicidas.

O estudo descobriu que 23% dos estudantes tinham experimentado pelo menos um incidente de indesejados toques sexuais, ameaças sexuais ou atentado ao pudor nos últimos seis meses. Das mulheres que sofreram toques indesejados frequentes, 15% disseram que tinham feito tentativas de suicídio “muitas vezes” nos últimos seis meses, em comparação com 2% dos estudantes que não tinham sofrido assédio sexual.

6 – Dor no pescoço

Assédio sexual leva a dores físicas, segundo um estudo canadense publicado este ano, que envolveu cerca de 4.000 mulheres. Na pesquisa, mulheres com dor no pescoço tinham 1,6 vezes mais probabilidade de ter relatado atenção sexual indesejada.
Se confirmado por pesquisas futuras, os resultados sugerem que as intervenções para prevenir o assédio no local de trabalho podem diminuir problemas ósseos e musculares relacionados. [LiveScience]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)

18 comentários

  • thy:

    hoje em dia tudo parece ter uma conotação inominável.ASSEDIO não será uma cantada indesejada?

    • Ezio José:

      Sem dúvidas.
      A maioria (independente do gênero) sonha levar uma cantada de quem a vive sonhando.

  • José bispo de souza filho:

    teríamos que ter um programa desde o ensino primário de educação sexual abordando respeito único, aquento não houver conscientização, haverá cafajestice.mais por ignorância do que por maldade.

  • ADAIR MARCOS BEBER:

    assédio sexual para o meu pouco conhecimento,parte de pessoas que não tem nenhuma educaçao,em primeiro lugar educação familiar,familia a qual não teve para pasar um comportamento social e umano,e tão pouco religiosso.asim se tornan animais que agem por impulso,e tão pouco,sem carater.

  • Daniela:

    São homens como titan e esse … da galaxia que contribuem para que ocorram mais vitimas.
    Só que sofre ou já sofreu sabe o que passa. As coisas não são assim tão faceis, não é facil tirar da cabeça algo que vc não gostaria de lembrar, mas que infelismente uma hora do dia essa lembrança sempre aparece. Por mais que se tente.
    Voces deveriam ter vergonha do que falam. Se sua filha chegasse p vc e lhe dissesse que foi assediada vc ia dizer a ela que isso aconteceu porque ela quis? Se sim, meus queridos, isso eh monstruoso. Me desculpe. Se trate.

    • Ezio José:

      Concordo contigo e já sofri assédio por parte de uma chefe. Nunca cedi aos assédios, mas, em troca sofrí todos os tipos de persiguições possíveis. Mantive o mais discreto possível para não ser comparado com pessoas de baixo nível. Vencí, graças à Deus.

  • Fernando:

    O homem de hoje vê a mulher como objeto de desejo,a mulher por sua vez tem que ser bem femina,e tem que ser vista com profundo respeito pelo homens.

    • Ezio José:

      Concordo plenamente e meu voto no seu comentário foi positivo. Porém, vale lembrar que o assédio parte de quem está em nível hierárquico superior ou quem tem algum Az nas manga, independente do gênero (se mulher ou homem). As vítimas são mais a mulheres porque são numa proporção menor nos meios onde pode ocorrer o assédio.
      As mulheres também vêem os homens da mesma forma que você citou que os homens as vêem. Com uma diferença nesses casos que a mulher é menos seletiva, pois, quanto mais o homem é “galinha” (como elas dizem) mais elas os desejam e são capazes de destruir qualquer carreira de quem está ascendendo no trabalho.

  • Eduardo:

    Pessoas, não vamos confundir paquera (saudável) com Assédio (pernicioso). Pensem bem antes de falar besteiras que ofendam quem já sofreu assédio sexual.

  • gloria:

    Homens como esse Titan são os maiores causadores de doenças depressivas em mulheres, meninas e até meninos, a falta de respeito é o q de pior o ser humano tem, ele gostaria de saber q uma irmã dele, esposa ou namorada fosse assediada, desrespeitada e até bolinada p\ um cafageste como ele?Os meios d comunicações deveriam falar mais sobre esse assunto, dizem q há igualdade entre homens e mulheres, mas sabemos q ñ há , quando lemos uma notícia dessa de abusos de pessoas mais fortes, tanto física , financeira ,social e patronal.

    • Ezio José:

      Sabe por que os meios de comunicações não falam sobre isso? Porque lá é onde mais tem fatos dessa natureza.
      Cedeu! Está promovida e galga os melhores postos tanto no campo artístico como administrativo.

  • Leandra:

    Quando eu fui assediada, quando tinha meus 12 anos, parei de usar roupas mais femininas, como vestidos, saias e blusas.

    Roupa só se fosse camiseta (quanto maior melhor) e calças larguíssimas. Olhar ressabiado para espantar à todos era o toque final. Uniforme escolar era babylook para as meninas. Que se explodisse, era o masculino que eu usava.

    Apenas agora que estou conseguindo voltar à usar vestidos e saias (algo que sempre gostei). Mas se for sair sozinha, calça e camisetão mesmo.

    • Pica da Galáxia:

      Eu acho que no final das contas tu é mal amada. Toda mulher estilo a la camisetão é, ou quase todas, tu não tá confundindo as coisas não?

    • Leandra:

      Não, não sou. Abraços.

    • Gracy:

      Leandra, sei bem o que é isso! Tenha calma, paciência, que as coisas mudam com o tempo. Só não deixe sua auto-estima cair por causa disso. Se precisar, procure grupos de apoio. Boa Sorte! Estarei orando por vc!

  • Titan:

    Olhando por essa ótica politicamente correta parece até que elas não gostam de serem acediadas.

    “Depressão”

    Aham sei.

    • Pam:

      Cara. Esse Titan deve ser um dos maníacos que assedia as mulheres. Eu como homem cristão acho isso um crime passível de processo e prisão. Mulheres, eu apoio vocês. Denunciem assédio.

    • Ezio José:

      Veja bem que o assédio não parte dó dos homens, as mulheres assediam também.
      O assédio parte sempre de quem está num nível hierárquico superior.

Deixe seu comentário!