Álcool e cigarro: jovens gays e lésbicas tendem a se comportar pior

Por , em 7.06.2011

Segundo um novo estudo, adolescentes gays, lésbicas e bissexuais são mais propensos a ter comportamentos de risco como tabagismo, consumo de álcool e portar armas.

Os pesquisadores entrevistaram 156 mil estudantes do ensino médio americanos. Esse é o maior estudo do tipo no país, realizado no período de 2001 a 2009, em diversas cidades dos EUA.

15,4% dos estudantes gays e lésbicas haviam dirigido um carro depois de consumir álcool nos últimos 30 dias, contra 7,8% dos estudantes heterossexuais. Cerca de 12% dos estudantes homossexuais também disseram que carregaram uma arma pelo menos uma vez no mês passado, quase quatro vezes mais do que os estudantes heterossexuais.

Havia também uma grande disparidade em relação ao fumo. 27,8% dos estudantes gays e lésbicas relataram que fumaram mais de 10 cigarros por dia durante o mês anterior, em comparação com 9,1% dos estudantes heterossexuais.

Além disso, estudantes gays e lésbicas eram muito mais propensos a pensar em suicídio. Cerca de 30% deles disseram ter considerado o suicídio, em comparação com 11,7% dos estudantes heterossexuais.

Os pesquisadores acreditam que os resultados são um alerta para as famílias, escolas e comunidades, para se empenharem mais em apoiar e dar suporte a esses jovens.

Segundo Laura McGinnis, porta-voz de uma organização nacional americana que oferece aconselhamento em crises e programas de prevenção ao suicídio, jovens gays, lésbicas e bissexuais tendem muitas vezes a comportamentos de risco porque são rejeitados por suas famílias e outros grupos de apoio.

Laura disse que essa informação é conhecida há anos, mas não havia pesquisa para apoiá-la. Agora, os novos dados devem ajudar a aumentar a sensibilização dos políticos e governos em relação à comunidade homossexual, e também criar mais treinamento para funcionários escolares.

Segundo ela, os esforços para promover a saúde e a segurança dos adolescentes devem levar em conta os fatores de estresse adicionais de orientação sexual, tais como o estigma, a discriminação e a vitimização.[Reuters]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votos, média: 3,50 de 5)

49 comentários

  • Lorenna:

    Sou lésbica, não fumo e não curto muito beber.

    Mas eu entendo a chamada da matéria no seguinte fato: infelizmente a maioria dos homossexuais não tem uma base familiar tranquila no sentido de não serem apoiados, e consequentemente procuram esse apoio com pessoas que também não estão bem

  • D.D versao 2.0:

    E eu já estava mudando os meus conceitos sobre isso.

    Minha tia lésbica, nunca fumou, bebeu ou teve outro comportamento de risco (a não ser que mentir descaradamente seja comportamento de risco), mas ela é enrustida, mesmo idosa, sem amigos, não assume, mas todo mundo já sabe.

  • gloria:

    Quando os gays começarem a engravidar e as mulheres acabarem ,só uma raça vai predominar, os hermafroditas, aí acabarão as brigas, os preconceitos e as leis, quem sabe ,o milenio de paz q os crentes dizem , casamento, familia tudo terá ficado p\ tras, nessa hora desejo ardentemente q nenhum D N A meu esteja residindo nesse paraíso de merda.Porque é isso q a sociedade atual espera do mundo q vivemos.E viva a parada gay!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!Palma p\ eles !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    • Gabriel Martins:

      olha eu vejo que você é uma pessoa mau informada e sem estudo,pois os gays vem dos proprios heteros e você não sabe do que você esta falando sua burra,ser gay não é escolha e você deveria colocar isso no seu cerebro de merda,no mundo sempre existiu pessoas que sentem atração pelo mesmo sexo e isso não significa que somos diferentes e temos que nos comportar como uma mulher,gostaria que você virase uma lesmica e dai você iria ver que não escolhemos sentir certas atrações mais se você quiser você mesma pode tirar a prova é só você tentar gostar de pessoas do mesmo sexo e se você consequir então e mesmo uma opção mais se você não consequir então provavelmente nos nacemos com essa caracteristica,deixe de se preconceituosa sua mula ambulante e sem etica moral,volta para a escola e aprenda um pouco mais e saiba que o mundo não foi construidos apenas por heteros metidos que não sabem agradecer a Deus por ter nascidos heteros e poderem ser aceito nesse mundo de regras,e lembre-se seu filho pode ser um gay e saiba que não é escolha dele asim como aconteceu comigo,nunca quis magoar os meus pais e viver essa miseravel sem amigos,afinal eles ainda não sabem e pretendo continuar fingindo hetero enquanto eles existirem…..

    • Vinicius Augusto:

      santa ignorância, batman!

  • Claudio D’Amato:

    u não me importaria em absoluto se meu filho fosse gay e/ou minha fiha fosse lésbica. Minha preocupação seria se o paceiro/a seria alguém honesto: o quê pretende; se a relação é séria ou só sacanagem; se não setá enganando, etc.
    Em suma: Qualquer preocupação que um pai teria por seu filho ou sua filha. Até ia preferir que eles namorassemm dentro de casa, por causa do monte das pessoas estúpidas e preconceituosos que tem por aí.
    Mas onde quero chegar? Quero dizer que EU SOU FUMANTE. E essa reportagem está é me cheirando a mais um preconceito.
    Bem, se para alguns, ser fumante é sinônimo de ser homossexual, então eu sou homossexual assumido. Achem que quiserem.

    • Ricardo Dantas:

      Eu acho que vc entendeu errado a matéria .
      Eu também sou fumante , mas sou contra o cigarro , porém meu vício não me deixa largar o cigarro .
      Mas sabe o que eu acho , que o cigarro deve ser desistimulado ( como está sendo feito ) e não estimulado . È um comportamento auto-destrutivo , nós fumantes sabemos disso , não seria necessário um tratamento e prevenção para que as futuras gerações não fumem ? como o augusto ai em baixo disse .
      A matéria não quis comparar os fumantes com gays . Oscar Niemayer com 102 anos fuma , Drauzio varella que é médico fumou por muitos anos . E eles são gays ? Acho que é muito difícil um gay chegar na idade deles , pois a maior parte dos gays tem comportamentos auto-destrutivos que fogem dos parametros normais , muitos usam drogas pesadas , são alcoolicos , e vivem em orgias , com grande risco de contaminação .
      A pouco tempo eu vi uma matéria que dizia que nos estados unidos , inventaram um bar gay só para aidéticos , Já que estavam contaminados não precisava de prevensão , resultado . Ele conseguiram através de enormes orgias criar um vírus muito mais forte e difícil de ser combatido , sem contar que a quase todos q participavam , foram contaminados por siflis , hepatite , gonorréia , e outras doenças venereas .
      Ser fumante é um comportamento auto-destrutivo , mas isso nem se compara com o comportamento dos gays . Olhe os panfletos das paradas gays na internet , Tem panfletos que ensinam que não se deve compartilhar seringas e agulhas para injetar drogas na veia, aff , eles precisam de tratamento mesmo . E ainda tem gente que diz que isso é absolutamente normal .

  • Augusto:

    Primeiro ponto.Segundo a OMS transsexualismo é doença mental.

    ” O transexualismo caracteriza-se pelo desejo de viver e de ser aceito como um membro do sexo oposto.”
    Igual ao homossexualismo .
    “Geralmente esse transtorno vem acompanhado por uma sensação de desconforto e até de impropriedade com o sexo anatômico”
    igual ao homossexualismo
    “Esse transtorno geralmente leva o transexual a buscar tratamentos hormonais e até mesmo cirurgias transformadoras em busca de maior conforto e congruência com o sexo preferido.”
    Se tratassem o homossexualismo com testoterona não ajudaria a resolver o problema ?
    ” Segundo o CID-10, para que o diagnóstico seja feito, a identidade transexual deve estar presente pelo menos 2 anos”
    Tem homossexual que é gay muito mais do que 2 anos.
    ” O transexualismo é uma condição que exige a atuação de profissionais de diversas áreas para o diagnóstico e tratamento ”
    Igual ao homossexualismo ( se transsexualismo precisa de tratamento porque homossexualismo não ? )
    ” e sim a forma mais extrema de distúrbio da identidade sexual (4). Também chamado de disforia de gênero ”
    A forma mais EXTREMA é um transtorno psiquiatrico que precisa de tratamento.
    ” Para ser classificado como desordem mental, um tipo de comportamento deve resultar em uma grande desvantagem de adaptação para uma pessoa ou causar um enorme sofrimento mental.O uso de um diagnóstico formal é sempre importante para se oferecer ajuda”
    È transtorno e precisa de tratamento.
    ” Cole e cols., que estudaram 435 transexuais, 318 Masculinos para Femininos (M > F) e 117 Femininos para Masculinos (F > M), dois terços durante o uso de hormônios para mudar seus caracteres sexuais secundários. Um quarto destes tinham tido problemas com abuso de substâncias antes de entrarem no tratamento e menos 10% evidenciou problemas de doença mental, mutilação genital e tentativas de suicídios (6).”
    Isso vai contra a natureza , não é culpa da sociedade, vai contra a natureza e eles não se sentem bem
    “Não é uma condição comum, mas sua prevalência sofre grande variação, como de 1 em 50.000 para 1 em 100.000 pessoas (9), podendo, os estudos epidemiológicos que reportam uma freqüência maior, serem influenciados por erro de diagnóstico diferencial. Os dados dos estudos mais antigos apontam, para o transexualismo no adulto, 1 em 37.000 homens e 1 em 107.000 mulheres e, atualmente, o mais recente, da Holanda, 1 em 11.900 homens e 1 em 30.400 mulheres (11).”
    è transtorno e precisa de tratamento .
    ” Há predominância no sexo biológico masculino,”
    Já se perguntaram isso ? Por que existem mais gays e trnssexuais masculinos do que femininos ? Sendo que existem mais mulheres do que homens , deveria ser ao contrário não é verdade ? Isso só confirma a tese de que é um transtorno e precisa de tratamento.

  • Jorginho:

    “Segundo um novo estudo, adolescentes gays, lésbicas e bissexuais são mais propensos a ter comportamentos de risco como tabagismo, consumo de álcool e portar armas”.

    Putz! kkkkkkkkkkkkkkk
    Isso é uma direta?

    Na minha simples opinião, apesar de não ser algo natural; cada uma vive sua vida como achar melhor.
    Desde que não ultrapasse o limite de meu direito começa onde termina o seu!
    Tudo tem limite, senão vira bagunça como vemos aqui no Brasil.
    Na verdade o povão está confundindo democracia com anarquia.
    E, essa pesquisa… essa pesquisa… hummmm!

    • Vinicius Augusto:

      acho que você não entendeu muito bem a pesquisa… é uma questão de aumento da propensão a fazer algo.

  • Mario:

    Esse povo pra encontrar descupas pra seus desvios de conduta (como se fosse desculpas) dizem entre outros, que o Leonardo da Vinci era homossexual porém o quadro mais conhecido do mundo e feito pelo Leonardo da Vinci(Mona Lisa) é de uma MULHER, estou convencido que igual a mim ele gostave de MULHER.

    • Ezio José:

      Enganado!
      Há comentários da época que ele, Leonardo da Vinci, tinha sua Monalisa dentro do armário. Acredita-se que ele travestia para inflar o próprio ego, identificando-se com o sonho recôndito em seu âmago.

  • Esperança:

    Pessoal, CHEGA DE PRECONCEEITO, leiam a Bíblia, pratiquem os seus mandamentos e sejam felizes!!! pois a partir disso vocês poderão começar a realmente sentir-se felizes e preparados para tudo o mais que há por vir!!! que Deus possa tocá-los quando da leitura dessa maravilhosa leitura, para que abracem aquilo que é verdadeiro!! até mais…

  • BARRIGUDO:

    ‘ORGULHO GAY’…Orgulho de quê?-EXPLIQUEM-SE!!!

    • luiiisee:

      orgulho de serem quem sao! cada um deve orgulhar-se e nunca ter vergonha do que realemente é desde que nao prejudique terceiros. a homossexualidade não prejudica ninguém por isso deve ser tomada como um orgulho. tando como a bissexualidade ou a heterossexualidade.

    • Rodrigo tavares:

      Como não prejudica ?

      * E a AIDS que os homossexuais espalahram pelo mundo através de orgias em bares gays.
      * E o comportamento auto-destrutivo deles,se as crianças crescerem achando que é normal,também vão crescer achando que é normal o comportamento deles,e o pior poderão imitálos
      * E o dinheiro gasto com o tratamento da AIDS,que foram os gays que espalharam.
      * E transsexualismo que é um transtorno mental ( não me diga que é normal uma pessoa amputar parte do seu corpo) Pela OmS transsexualismo ( que é pratiamente igual ao homossexualismo) é um transtorno mental que precisa de tratamento.
      * Prejudica por que não é normal, precisa de tratamento assim como o transsexualismo.Não é certo dizer que pedofilia é orientação sexual,por que não é ,é um transtorno psiquico.
      Assm como não é certo dizer que transsexualismo,( que é praticamente igual ao homossexualismo) é normal, porque é transtorno psiquico.
      * Gays tem comportamento auto destrutivo, e não podem dizer que é algo normal, porque se eles são normais, o comportamento também é normal, se o comportamento auto destrutivo deles. de sexo,sadomasoquismo,orgias,parafilias for consideradop normal , não vai existir nada no mundo que é anormal , tudo vaiu ser permitido.

    • rher:

      para sua informação os heteros sexuais são os maoires transmisores da aids. transexualiDADE, não é transtorno,é opção de vida

  • Claudio D’Amato:

    Eu não me importaria em absoluto se meu filho fosse gay e/ou minha fiha fosse lésbica. Minha preocupação seria se o paceiro/a seria alguém honesto, o que pretende, se a relação é séria ou só sacanagem, se não setá enganando, etc. Em suma: Qualquer preocupação que um pai teria por seu filho ou sua filha. até ia preferir que eles namorassemm dentro de casa, por causa do monte de merdas preconceituosos que tem por aí.
    Mas onde quero chegar? Quero dizer que EU SOU FUMANTE. E essa reportagem está é me cheirando a mais um preconceito.

  • Shana Carvalho:

    Nossa sociedade tornou-se especialista em discriminar. Gordos, vesgos, muito magors, negros, religiosos, pobres, estudantes dedicados, deficientes, calvos, roqueiros, hapers, bulimicos, viciados, alcoólatras, nordestinos, índios, tímidos, feios, esquisitos, trabalhadores, idosos, fumantes, barangas…

    Porque os meios de comunicação e os políticos dão privilégio a questão homossexual? Não deveríamos estar discutindo e estudando o crescimento dos preconceitos e da intolerância em nossa sociedade de uma forma mais ampla? A história mostra que reprimir esta tendência atraves de leis e outras medidas nunca eliminou o problema.

    • Ezio José:

      Já percebeu que quando temos um problema, seja lá qual for, sempre nós nos identificamos com alguém que tem o mesmo problema?
      Não precisa mais explicações.

  • Z:

    Vai estudar História antes de comentar, por favor, e não fica achando que o que tu ouves dos teus amiguinhos padres é a verdade. Nas sociedades mais antigas (antes da dominação cruel da Igreja Católica) o homossexualismo era visto com naturalidade em muitas sociedades. Mas não sei por que eu me presto a dar explicação ainda, ignorância assim é quase inquebrável.

    • César:

      Z

      ” Vai estudar História antes de comentar, o homossexualismo era visto com naturalidade em muitas sociedades”

      Sim, isso é verdade, assim como o canibalismo era visto com naturalidade, a pedofilia era vista com naturalidade, o assassinato era visto com naturalidade,o incesto ( sexo entre mãe e filho/pai e filha) era visto com naturalidade, a tortura era vista com naturalidade, guerras eram vistas com naturalidade.
      Só porque em sociedades primitivas essas coisas eram vistas com naturalidade eu também devo ver elas com naturalidade.
      Agora vamos falar em ciências.Segundo a oms ( organização mundial da saúde) o transsexualismo é uma desordem mental, um transtorno psiquico, uma patologia.O transsexualismo e o homossexualismo são praticamente as mesmas coisas , a diferença é que um passa batom e se veste de mulher o outro não.
      Então sendo o transsexualismo uma patologia, transtorno,desvio,disturbio ele não é natural.

  • Marco:

    Rapaziada. A vida de cada um é a vida de cada um.

    Gay, não gay, tá tudo bem desde que haja respeito entre uns e outros.

    Agora tem uma coisa acontecendo pelo menos aqui no Brasil.

    A santificação dos homossexuais e a blindagem contra quem não compartilha das idéias e comportamentos homoafetivos.

    Tem muita hipocrisia nessa estória.

    E isso potencializa os preconceitos.

    Eu é que não queria um filho viado ……………..

    • Shana Carvalho:

      Está em nossa Constituição:
      ART. 5°, IV – é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;
      ART. 220 – A manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a. informação, sob qualquer forma, processo ou veículo, não sofrerão qualquer restrição, observado o disposto nesta Constituição.
      §2° – É vedada toda e qualquer censura de natureza política, ideológica e artística.

      Restringir o direito a opinião alegando homofobia é precedente perigoso à liberdade de expressão. O que não é cabível é o estímulo à violência contra qualquer pessoa.

  • renato_kami:

    apesar de discordar com a pesquisa acho que a iniciativa dela foi boa…o problema que ela mistifica mais ainda a comunidade homossexual transformando a visão das pessoas do homossexual para algo como “seja legal com ele se n ele vai se matar!” ¬¬

  • ZEUS:

    ‘KA,disse:-Tem um “POVINHO”de mente fechada’;Se for pra ter mente aberta consumindo álcool,cigarros,drogas variadas,sexo sem segurança e ser mau comportado agindo como vândalos,prefiro ser mente fechada pois não vejo como quem age assim pode ser mente aberta,são arruaceiros isso sim…RESUMINDO.quem quiser agir desse modo,vá em frente,nada contra;só que pessoas relmente inteligentes não entra nessa.:–ATENÇÃO POVÃO MENTE ABERTA,PODEM ENFIAR A CARA À VONTADE,VCS SÃO RESPONSÁVEIS PELOS SEU ATOS.

  • Ezio José:

    Gays só é admirado nas famílias dos outros.

    • Z:

      O pior de tudo é que esse tipo de pessoa como Ezio José critica o comportamento sem ver que é a própria causa do comportamento com a discriminação. É realmente de dar nojo.

  • Hugo:

    (não da pra dar mais reply lá embaixo, to falando aqui)

    Alexandre, como falei, não tenho preconceito contra vocês gays, nem um pouco. Até respeito mais quem é assumido assim que nem você. Mas assim como respeito vocês, gosto de ser respeitado.

    Moro em Salvador e no carnaval daqui não é muito raro aparecer uns viados. Dar em cima e depois sair é uma coisa aceitável, ficar se jogando e insistindo e tentando beijar é outra coisa completamente diferente.

    Para vocês, homossexuais, serem respeitados, a primeira coisa que tem que fazer é respeitar a vocês mesmos e parar de ficar dando uma de coitadinhos.

  • Carol rs:

    Ele NÃO É ESTIMULADO, ele só é exatamente como você disse: ACEITO.
    Quem quer ser é, quem não quer fica na mesma, é isso…

  • gabriel:

    Eles não contam dos jovens que nasceram em casa de pais separados que sofrem muito com isso. Mas fazer oque? O casamento hj em dia é muito mal visto e vulgarizado, porém muito necessario principalmente para os filhos, isso não é ensinado nem apregoado. Os homossexuais são os coitadinhos da vez, mas tem muita gente que sofre por ai. A unica forma de vencer o sofrimento é suportando-o. Cade a educação moral e cívica do currículo escolar? Foi deixada de lado pra promover grupos isolados.

    • Alexandre:

      Olha vc só pode ser muito egoista mesmo. Coloca-te na nossa pele de homoafetivos ai sim tu vai ver o q é naum encontar apoio em lugar algum.
      Sou filho de pais separados e isso naum me causou tanto sofrimento pq sempre fui uma pessoa equilibrada, mas sofrimento mesmo sempre foi aguentar na escola os insultos que não são faceis de suportar, aguentar pedrada como eu levei muitas vezes e muitas outras humilhações…
      Antes de julgar vc deveria primeiro procurar conhecer . Me revolto com pessoas como vc… pro infernooooooooooo
      SOU GAY TENHO ORGULHO E MINHA VIDA É MAIS BELA PORQUE SOU ASSIM!!!!!!

    • gargwlas:

      mais bela? sofrendo? levando pedrada? etc?

      se é mais bela então nao reclama, só suporte….

    • Miguel:

      Só uma pergunta: o quê que ser filho de pais separados tem a haver com isso? Uma coisa não tem nada a haver com a outra…

    • César:

      Miguel tem sim .

      http://revistagalileu.globo.com/Revista/Galileu/0,,EDR83923-7943,00.html

      Posso dizer por experiência própria.Não sou filho de pais separados , mas meu pai morreu quando eu era muito novo.E acredito que a ausencia paterna que é mais autoritaria e impõe mais limites, acabou prejudicando minha vida,mãe a gente joga uma conversa doce e convence, pai não , já fui usuario de drogas.Mas agora vejo que fiz muitas besteiras em minha vida, por isso hoje sou conservador e totalmente contra as drogas e qualquer comportamento auto-destrutivo.

  • F A M E W H O R E:

    São adolescentes como qualquer outros, a diferença é que sofrem repressões sociais e religiosas oque pode ser uma válvula de escape, mais como eu já avia dito.. gays tem uma qualidade de vida melhor.

  • Mau:

    As vezes para sair de problemas que eles passam,
    entao usam drogas e tal

    Agora todo homosexual,qualquer coisa que um hetero falar eles o chamam de homofobico…
    uma coisa eu penso.
    Se o cara acha q todo mundo que expoe sua opniao a respeito ja é homofobico é pq nem ele se suporta,
    A maior discriminacao nao é a que os outros nos dao,mas sim a q achamos q somos,
    Se o negro acha que esta sendo descriminado pela sua cor , pq nem ele tem orgulho de ser negro, isto mesmo com os homosexuais,
    Se eles querem ser respeitados tem que respeitar tbm, se querem ser o que sao problema deles, pq eles mesmo se descriminam, isto é fato,

    • Carol rs:

      Se um gay tem tendencias femininas, e NÃO CONSEGUE MUDAR ISSO, você se acha no direito de zua-lo?

  • ka:

    Tem um povinho tão mente fechada que comenta aqui… dá nojo.

  • Gustavo:

    “os esforços para promover a saúde e a segurança dos adolescentes devem levar em conta os fatores de estresse adicionais de orientação sexual, tais como o estigma, a discriminação e a vitimização.” Não é óbvio que isso é devido ao preconceito? mesmo nesse site é possível ver comentários maldosos e homofóbicos… voc~es deviam ter vergonha!

    • Hugo:

      Não tenho preconceito com gays ou lésbicas não. Contando que não dêem em cima de mim (odeio viado tarado -.-), são pessoas como outra qualquer. O negócio é dele, ele dá pra quem ele quiser.

      Mas tenho muito preconceito contra jovem drogado que adora se aparecer. Esses sim são ” ‘piorados’ “, como “pensador” aqui embaixo falou.

    • Carol rs:

      Mas e se um gay der emcima de você pensando que você é bi/gay, você vai bater nele?

    • Hugo:

      Depende. Se for insistente, sim.

    • Alexandre:

      é pra isso q existe lei, quando funciona é claro..
      pq vc se acha no direito de bater em alguem em???
      isso se aplica a vcs homens insuportaveis.
      uma homem, naum todos mas a grande maioria, quando vê uma mulher na rua fala horrores de barbaridades e vcs acham isso normal!!! Dão em cima da mulher até ficar uma situação constrangedora,mas vcs acham normal pq são homem quaro ver até onde o machismo vai.
      fala serio todos são iguais…
      tem um povim aqui q comenta só para expor seus pensamento mais idiotas, fala serio.

  • Pensador®:

    Já nascem “piorados”.

    • Pensador®:

      Só fiz uma brincadeira. Leve na esportiva.

  • Hugo:

    Acho que isso não é novidade pra ninguém.
    E nós ainda idolatramos os Cazuzas da vida…

    • Carol rs:

      Talvez pelo fato de algumas musicas dos Cazuza’s da vida serem boas…

    • Hugo:

      idolatrem a música dele então, e não a vida de merda que ele teve.

      Se fosse apenas isso não fariam um filme, fariam um cd comemorativo.

      O povo gosta destes drogados “porra loca”.

Deixe seu comentário!