Ande para recarregar seu celular

Por , em 28.08.2011

No futuro, as caminhadas não serão úteis apenas para manter sua saúde: elas também poderão gerar energia para recarregar seu celular. Pesquisadores dos EUA desenvolveram uma forma de gerar eletricidade a partir do movimento humano, que poderá fazer com que até um simples passeio seja mais do que um momento para relaxar.

Um dispositivo é colocado dentro de um calçado e capta a energia de pequenas gotículas líquidas, as convertendo em corrente elétrica. A energia cinética já é usada em alguns dispositivos de baixa potência, como em relógios e sensores.

Os seres humanos, de maneira geral, são máquinas muito poderosas de produção de energia. Em uma simples corrida, uma pessoa pode produzir um quilowatt de energia – mais do que suficiente para carregar um celular comum.

Embora métodos semelhantes já existam para eletrônicos de baixa potência, até agora não havia métodos práticos para a conversão elétrica que fornecesse tais altos níveis de produção.

A geração de energia a partir do movimento humano é utilizada em grandes escalas em Tóquio. Lá foram instalados tapetes de geração de energia sob o piso de duas estações de trem que captam as vibrações de milhares de passageiros. A energia é usada para alimentar uma série de aparelhos, incluindo as portas automáticas das estações.

O novo mecanismo individual usa um princípio pelo qual a energia de gotículas microscópicas é convertida em correntes elétricas. Uma vez colocado no calçado, o dispositivo – que contém milhares dessas gotículas – é capaz de gerar energia elétrica.

Segundo os pesquisadores, é produzida energia suficiente para carregar um celular ou até um laptop. Um dos desafios, no entanto, é passar a energia do dispositivo para esses aparelhos. Uma das maneiras seria conectar um cabo USB dentro do calçado, o que provavelmente não seria muito prático ou confortável.

A solução mais plausível sugerida até agora é que o dispositivo de geração de eletricidade conectado ao sapato transmita sinais sem fio, a partir de wireless. Os sinais poderiam ser transmitidos do dispositivo para o aparelho eletrônico com eficientes sistemas de curto alcance, como bluetooth ou wifi.

Os dois cientistas envolvidos com a pesquisa pretendem agora comercializar a tecnologia que criaram em uma empresa fundada recentemente por eles chamada InStep Nano Power (ou “Nanopoder no Passo”).[MSN]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

6 comentários

  • Leyde:

    Tomara que essa tecnologia chegue logo!
    Já vou adquirir o meu.

    deve ser o máximo, extrair energia do seu próprio corpo para recarregar o celular.
    Pena que esses meios viáveis de energia limpa não há grandes invertimentos pois dessa forma não é possível eles mandarem no final do mês o talão de enrgia prá gente pagar.
    Embebedam e se prostituem com o nosso dinheiro por isso que não execultam um raciocício conciente e disponível a todos.
    Não sou contra a ciencia, mas discordo totalmente quando ela é usado para satisfazer o capitalismo.

  • dijacy:

    A idéia é boa; mas o tenis vai molhar, vai sofrer desgastes, vai ter que ser lavado etc:

    O ideal seria um aparelho para ser usado no braço ou perna.

  • ???:

    Isso deve incomodar na hora que ta andando…

  • Roberto:

    Grande Stephanie. Parabéns! Sua nota sucita e ressucita boas e energéticas idéias a partir de um simples andar, de um simples passo.

  • Renato Bueno:

    Energia, está por todo lado, o dever do mago é saber como usá-la!

  • Vixi!:

    E quando precisar lavar o tênis?

Deixe seu comentário!