O Papai Noel cientificamente correto vai acabar com o Natal de seus filhos

Por , em 24.12.2013

A existência do Papai Noel é realmente possível?

Não, segundo a ciência.

Desculpe roubar sua alegria, mas o bom velhinho teria que viajar a 3.000 vezes a velocidade do som para alcançar todas as crianças do mundo. Além disso, o peso de todos os brinquedos que ele teria que levar (300.000 toneladas ou mais) criaria um meteoro, entre outras realidades sombrias.

velo2

Há cerca de 2 bilhões de crianças (pessoas com menos de 18 anos) no mundo. No entanto, o Papai Noel não lida com crianças muçulmanas, hindus, judias e budistas – não é que elas não foram boazinhas durante o ano, é que elas não acreditam nele, e crença, para o Papai Noel, é fundamental.

O bondoso morador do Polo Norte ainda precisa visitar 378 milhões de pessoas e, considerando uma média de 3,5 crianças por residência, são 91,8 milhões de lares para ele passar nas 31 horas do dia de Natal (31, e não 24, graças a diferentes fusos horários e à rotação da Terra).

Assumindo que cada uma dessas 91,8 milhões de paradas estão uniformemente distribuídas em volta da superfície da Terra (o que não é verdade, mas assim simplificamos os cálculos), estamos falando de cerca de 1,26 quilômetros por residência, totalizando uma viagem de 121,48 milhões de quilômetros. Isso significa que o trenó do Papai Noel precisa se deslocar a uma velocidade de 1.045 quilômetros por segundo, ou 3.000 vezes a velocidade do som. (Vale lembrar que uma rena normal consegue alcançar a velocidade máxima de 25 quilômetros por hora.)

velo

Supondo que cada criança não ganhe mais que um conjunto médio de Lego (900 gramas), o trenó tem que carregar cerca de 321.300 toneladas, não incluindo o próprio Papai Noel, invariavelmente descrito como obeso (o que parece cientificamente correto devido à atual epidemia da obesidade no mundo).

No solo, uma rena convencional pode puxar não mais que 135 quilos. Mesmo admitindo que existam renas voadoras e que elas possam puxar 10 vezes essa carga, não seria possível executar esse trabalho com apenas 8 ou 9 renas. Seriam necessárias 214.200 renas voadoras.

É claro que isso vai aumentar o peso do trenó todo, para 353.430 toneladas. Tantas toneladas viajando a 1.045 quilômetros por segundo cria uma enorme resistência do ar – isso queimaria as renas voadoras de forma similar às naves espaciais quando reentram na atmosfera da Terra. Elas se evaporariam em chamas quase que instantaneamente.

velo23

Enquanto isso, o Papai Noel seria submetido a uma força centrípeta 17.500,06 vezes maior que a gravidade. Um Papai Noel de 115 quilos seria esmagado na parte traseira de seu trenó por apenas 1.954.700 quilogramas-força.

Neste cenário preciso, o Papai Noel já estaria morto. Mas, mesmo que ele incrivelmente sobrevivesse a essas condições de viagem tenebrosas (Super Papai Noel?), se ele passasse na sua casa a tal velocidade, não haveria maneira de você continuar dormindo. Você ouviria o estrondo há 80 quilômetros de distância.

O que estamos dizendo é o que todos nós já sabemos: o Papai Noel deve contar com magia para fazer o que faz.

O vídeo abaixo é uma ilustração musical do Papai Noel cientificamente correto. Infelizmente, está em inglês e não há legendas disponíveis. [Gizmodo, Itodas]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)

36 comentários

  • pmahrs:

    Infelizmente ainda precisamos criar meios para evitar que crianças por falta de renda e de estrutura familiar, sejam enganadas e aliciadas por traficantes ou iludidas por ostentações passageiras por livre escolha optem por drogas, crime e ódio.

  • Cesar Grossmann:

    Existe uma diferença fundamental entre personagens fictícios de livros e o personagem fictício “Papai Noel”. Não há uma campanha sistemática para iludir as crianças e fazê-las acreditar em Frodo Bolseiro ou que ele talvez possa conseguir um emprego no Ministério da Magia se ele tiver o talento necessário. Ninguém ensina seus filhos que Sherlock Holmes poderá resolver algum mistério para eles, ou coisa do tipo.

    Papai Noel, por outro lado, é uma fantasia ensinada e incentivada pelos pais desde pequenos, junto com o coelho da Páscoa, e outros personagens. Não sei se isto faz mal para as crianças, acho que isto depende, se a criança se sentir usada ou se ela entender aquilo como uma brincadeira da família, um tipo de atividade lúdica entre pais e filhos, mas é só a minha opinião.

    De qualquer fato, é interessante a atividade intelectual, pensar criticamente é importante, e é o que este artigo faz, ele analisa os aspectos práticos que fazem impossível que Papai Noel faça o que lhe é atribuído. Claro, sempre dá para inventar “hipóteses ad hoc” para explicar o inexplicável, como dizer que Papai Noel pode estar em todos os lugares ao mesmo tempo (e sabe de tudo que todo mundo faz, e premia os bons e castiga os maus – é bastante coerente de algumas religiões tentarem banir Papai Noel, afinal de contas, se um ser com algumas das características divinas é uma ficção, será que o outro personagem também não é?). Como hipótese, é até aceitável, mas é fato? Alguma prova que Papai Noel pode estar em vários locais ao mesmo tempo?

    • pmahrs:

      Personagem fictício não é obrigado a respeitar leis da física nem da lógica e nem provar nada. SE existisse no mundo Real provavelmente existiria também seus poderes mágicos. Se pegou um personagem fictício tinha que considerar os poderes que a ficção lhe atribuiu. Então ao menos pega um ser real para mostrar coisas do mundo real. Vamos parar de achar que todas crianças são retardadas e tem problemas para entender no devido tempo o que é fantasia, religião e ciências, são coisas diferentes.

    • pmahrs:

      Acha mesmo que a mente de crianças não trata frodo, Harry, Batman, Homem-aranha, super-man, Perna-longa, Picapau e Rambo como seres de verdade, Pernalonga e Patolino como seres de verdade. Acho que realmente precisam de ajuda.

    • Cesar Grossmann:

      Bom, pmahrs, é interessante ver, em qualquer história contada, a coerência interna e externa. É divertido fazer a brincadeira do “mas será que seria possível isso?”

    • pmahrs:

      Se papai Noel existisse sim, pois também seria possível existir seus poderes mágicos. RS!! Mas não podemos confundir o que mentira que forma lúdica adequada para a idade e aos poucos a criança compreende um mundo real e porque seus pais usavam de floridos e fantasias. O místico faz parte da nossa evolução e o que somos em nossa mente é mais ilusões e ideias preconcebidas do que real e prático. A parte de crenças ou criadora sem lógica ou necessidade de provas da nossa mente é como ser vegetariano, um ou até vários famílias podem viverem por algumas gerações, mas a humanidade toda como raça não sobreviveria a várias gerações de vegetarianos sem meios artificiais de manter a energia e necessidades proteicas, vitaminas para manter o equilíbrio com as leis biofisioquímicas de nossa parte material e até mental. Ex: Não nos afeta nada a crença e superstições de pessoas ignorantes ou mais cultas, mas alguns lutam contra isto com tanta energia que parecem crerem que podem ser prejudicados por estes ignorantes ou seus Deuses, santos, anjos e seres encantados.

  • pmahrs:

    Sinceramente, acho que quem fica decepcionado ou magoado com seus país ao descobrir que Papai Noel é só uma simbologia acho que deve procurar ajuda profissional para evitar outras futuras frustrações desnecessários ou supervalorização de coisas bobas. É hora de crescer.

    Porém também não posso falar com muita propriedade; eu também fiquei um pouco decepcionado quando descobri que Sherlock Holmes era só um personagem que nunca existiu na realidade. E olha que eu já tinha 8 anos.

    • pmahrs:

      Perdoe a burrice, leia se “pais” onde está “país”

    • Cesar Grossmann:

      Reza a lenda que a Scotland Yard recebe as cartas endereçadas a Sherlock Holmes. E que tem gente até hoje que manda cartas para o morador da Baker Street 221B.

    • Yazmin Gatti:

      … comentario. Seria muito mais util ensinar as criancas a fazer uns cartoes ou bom bons pvender nessa epoca e ganhar um $ desde peques.

  • Edir Marcelo Zucolli:

    Cresci em uma família católica que desde a minha mais tenra infância foi honesta ao afirmar que “quem compra os brinquedos são o papai e a mamãe”. Resultado: Nunca senti falta do Papai Noel.

    • Marcelo Taranto:

      Nossa! Quem maldade do seu papai e sua mamãe católicos. Tiraram de vc a magia que é acreditar em Papai Noel. Vc nunca saberá como é a sensação de esperar pelo bom velhinho na noite de Natal.

  • pmahrs:

    Personificações e estereótipos são usados de boca a boca desde antes da escrita e mitologia grega para representarem sentimentos nobres humanos ou falhas espirituais, de caráter e sentimentos maximizados para compreensão através de heróis fortes e perfeitos ou vilões horríveis alguns literalmente monstruosos que são usados até hoje em termos médicos e psicológicos. Mas todos sabem que as leis da física desta dimensão e mundo real não se aplicam a seres mágicos e fantasiosos. Legal. Acho positivo os milhares de empregos e capital gerado no comércio e empresas, além de impostos que bem ou mal usados fazem alguma diferença para os mais pobres, não creio que isto diminua o espírito de natal. Bonito mesmo são entidades, empresas, voluntários, grupos filantrópicos e pessoas de maior poder aquisitivo embalados por este espírito, fazerem algumas coisas por pessoas que tiveram menos oportunidades, apoio, inteligência, capacidade ou orientação de pais que pudessem dar ao menos o mínimo em alimentação, saúde, educação, princípios e limites.O importante na personificação são os sentimentos e atributos que são bem reais apesar de imensuráveis ou demonstráveis em laboratórios ou equações da física.

  • Zilda Maciel:

    Muita idiotice!!!Falta de assunto…

    • carlus alberto:

      Lamentável, senhora, a sua ignorância científica. Talvez a senhora, seja uma das pessoas que vivem da exploração e da mentira humanas. Precisa CRESCER, tenha noção de cálculos físicos e entenderá melhor o mundo, seja real, não engane os seus, principalmente às crianças

  • Hélcio Totino:

    O título poderia ser “COMBATA O MERCANTILISMO ABUSIVO SUPERPOSTO À NATIVIDADE DE CRISTO… E O PLANETA VAI FICAR MAIS FELIZ, EMBORA OS EXPLORADORES DO CONSUMISMO NÃO GOSTARÃO!”
    Não é que desvirtuaram completamente as tradições culturais, no planeta, com a imposição desse NOEL, velhinho que o “merchandise” mundial propagou subliminarmente pelo mundo, como pessoa simpática, a ser querida e amada por crianças e pelos adultos, estas para não decepcionarem aquelas, sendo a “mentira” mais badalada do planeta e com a qual todos concordam em sustentar apoiados em conceitos errôneos? Como ensinarmos aos filhos a NÃO MENTIREM se praticamos mentiras como esta do PAPAI NOEL, assim como a da CEGONHA, e outras mais? Similarmente fazem a mesma promoção consumista com os dias: DOS NAMORADOS, DAS CRIANÇAS, DOS PAIS, DAS MÃES, e outras numerosas indicações como estas, as mais eficazes datas promovidas para gerar a obrigação de comprar e presentear, representando o estímulo às compras como de interesse dos “exploradores do mercado”. É uma escravidão ideológica, induzida por interesses mercantis, do que não é fácil nos libertarmos. Sempre haverão as crianças que absolutamente não precisam da figura do Papai Noel para serem consideradas, amadas sem o esse elo do AMOR-CONSUMO!

    • pmahrs:

      Será mesmo? O datas especiais geram empregos, faturamento, tributos. Não é por causa de um presente que vamos esquecer o aniversariante, Apear de tudo os sentimentos de amor e afeto são reais.

    • Cesar Grossmann:

      Tem gente que sai da informalidade nos períodos de festas: pega um emprego temporário (muitas vagas são criadas para dar conta do aumento de consumo desta época) e acaba sendo efetivado.

  • Edmar:

    Quanta besteira intelectualoide. Dá até vergonha de ver.

    Será que é tão difícil perceber a existência de um mundo imaginário?

    Será que o único mundo imaginário que admitimos existir é o nosso?

    Quanto egoísmo. Egoísmo infinito.

    • pmahrs:

      De fato devido nossa evolução valorizamos mais o negativo do que o positivo a ponto de alguns até torcerem ou fantasiarem tragédias, catástrofes e caos para mostrarem que estão certos ou preencher frustrações ou vazio mental, espiritual ou as vezes até emocional. Pode ser imaginário, mas os brilhos nos olhos, sorriso, afeto e o amor embora não possam ser dissecados ou arrebentados no acelerador de partículas são bem reais e podemos capitar suas “ondas” com nossa mente.

  • ediwanuerj .:

    As crianças passam o ano inteiro fugindo do velho do saco, para esperá-lo dia 25 de dezembro. Esse velho se finge de bonzinho, mas é a essência do capitalismo selvagem. dá brinquedos bons aos filhos dos mais abastados, e sequer passa na casa dos menos favorecidos. Além disso, que moral tem um pai ou uma mãe para repreender uma criança a mentir, se conta uma mentira descabida a essa mesma criança? (haters r gonna hate)

    • pmahrs:

      Não vamos confundir mentiras mal intencionadas com formas lúdicas de lidar com crianças cujo a mente ainda não compreende como a de um adulto. Quem explica para o filho que ele nasceu porque a sua progenitora abriu as pernas e seu progenitor introduziu o pênis na vagina da progenitora num ato de copulação sexual até que o progenitor excitado ao máximo ejacule o material seminal, onde se contém o espermatozoide, dentro da vagina da sua progenitora e assim o esperma mais rápido vai nadando até o óvulo na fecundação. Fora as preliminares oral, manual e as vezes depois retal e assim por diante até normalmente depois de 9 meses nascer por cesariana ou em parto normal saindo pela mesma vagina que o progenitor introduziu o pênis para ejaculou o liquido seminal e sai um humano que humanamente não tem nada de especial diferente milhões de crianças que nascem todos dias mais ou menos inteligentes, saudáveis ou em famílias mais ou menos equilibradas economicamente. Talvez quem já tenha filhos compreenda melhor.

    • Wesley Nathan Medeiros Sa:

      pare de fala coisas idiotas,velho do saco e papai noel nao tem nada a ver, voce bateu essa sua cabecinha em algum lugar ou alguem conseguiu te convecer que papai noel e uma coisa horrivel e que nao e bonzinho coisa nenhuma?

  • jane777:

    Me lembro quando me contaram que papai Noel não existia.
    Fiquei muito triste por saber que haviam mentido para mim.Lembro que me empenhava muito para fazer as coisas certas para chegada do fim de ano e poder ganhar presentes bacanas.Que maldade Hahahaha.
    Foi uma decepção com meus pais.Mas acredito que cada criança reage diferente.

    • pmahrs:

      Se as todas mentiras do mundo fosse só esta estaríamos levitando; algumas vezes (poucas) pessoas reais são tão falsas que não tem nada de verdadeiro, as vezes nós mesmo mentimos para nós e causamos mais danos a nós do que outros. No final das contas só poderemos culpar nós mesmos embora possa haver algum alívio em atribuir culpas a outros, mas delegando atribuições da responsabilidade por nós mesmos, da poder a outros sobre nós. Mas o fato mais importante é que o amor de seus pais era real e existiam de verdade e eles os presentes eram de verdadeiro “Papai Noel” eram eles mesmo. Você fez muito bem em tentar ser uma ótima pessoa, também vez seus pais felizes e você feliz era todo o presente que eles precisavam no mundo e não trocariam nada por isto.

  • YahooUser1:

    TÁ MAIS QUE PROVADO QUE PAPAI NOEL EXISTE !!! São Milhões deles espalhados pelo mundo todo. Realmente o comentário merece um BOBEL de idiotice.

    Paulo W

    • carlus alberto:

      Sinto dizer: Você é um retardado

  • fernando:

    Legal.

  • Wesley Nathan Medeiros Sa:

    TA AI O LINK SE NAO ACREDITAM NO QUE EU FALEI:https://hypescience.com/menino-de-6-anos-balao-espaconave-nave-espacial/

    • Wesley Nathan Medeiros Sa:

      esse comentario ai que eu fiz nao e nada,nao postaram o meu primeiro comentario entao deixem pra la.

  • pmahrs:

    Parabéns você provou que papai Noel não existe, que inteligência hein! Merece o Nobel!!! Mas não se o tempo fosse relativo ou inexistente para o Papai Noel ou ele pudesse “coexistir” em mais de um lugar no espaço num mesmo tempo. Papai Noel é para crianças, não é questão de crer e só uma fantasia uma brincadeira uma forma lúdica de ensinar certos valores de união familiar ou além disto para crianças. É assim que crianças interagem com o mundo e conforme elas vão crescendo tem condições de compreender a realidade. Ou você acha que devemos falar a verdade que Papai Noel porque morreu num acidente ao atropelar o coelho da páscoa. Lamento muito sua decepção infantil com o velhinho, mas normalmente a maioria das crianças superam bem isto. Os livros de suspense que você adora também pura ficção, Oh desculpe mais uma decepção, mas você não precisa odiar Frodo, Edward ou Harry por isto.

    • Marcelo Taranto:

      É sério que vc ficou chateadinho com essa matéria?? Sinceramente nem me passou pela cabeça que alguém poderia levar isso na ponta da faca. Foi só uma brincadeira, seu espírito de porco!
      Parece até que vc acabou de descobrir que Papai Noel não existe…. Opa! Peraê! Será?!

    • Jhonata Ferreira:

      Existem formas de esboçar uma opinião se denegrir a imagem de outras pessoas Pmahrs, nao se trata de decepções infantis, e sim uma forma irônica de lidar com fato e ficção. Exceto alguns filmes e livros que voce ja viu ou leu que realmente sao historias reais, o resto nao passa de ficção criadas entre paredes que no qual voce gosta de ver sabendo que é mentiras. Resumindo, o post nao passa de um texto irônico e engraçado para quem gosta de ciência.

    • Eryka Marillya:

      Jonatha Ferreira, obrigada pelo comentário sensato em meio a tantos bobinhos.

    • pmahrs:

      Em hipótese alguma fico chateadinho. Não creio que a ciência precise provar para crianças ou para nós ignorantes que Papai Noel não existe, se não aprender ciências avançadas não custaria tão caro para a maioria. Desculpem-me, mas também não esperava que ficassem tão chateados e levassem e com facas entre os dentes. Muitas pessoas também gostam do simbolismo do “Papai Noel” mesmo sabendo que é fantasia personificando bondade e tolerância método, personificações são comuns desde a mitologia grega com vários outros sentimentos e peculiaridades humanas personificado em heróis, vilões ou monstros. Mas de fato lendo o texto me pareceu um pouco ofensivo realmente e peço desculpas, mas não creio que arranhe a autoestima de uma pessoa muito mais inteligente do que ou me daria este poder de ofendê-la. No entanto sempre digo que qualquer texto meu que ser considerado inadequado ou ofensivo pode ser deletado pelos moderadores sem aviso ou explicação, por que nunca comento sobre texto meu censurado.

  • Gustavo DO:

    Obrigado por estragarem meu natal kkkkkkk.

Deixe seu comentário!