Borboletas precisam de lama ou lágrima de répteis para sobreviver

Por , em 18.07.2018

Você já observou um bando de borboletas voando e pousando em poças de lama, ou melhor ainda, rodeando a cabeça de répteis como tartarugas e jacarés? Então você já deve ter se perguntando o que esses insetos querem com a lama ou com os répteis.

O entomologista Phil Torres captou uma bela cena na Amazônia peruana: borboletas coloridas bebendo lágrimas diretamente dos olhos das tartarugas que tomam sol ao lado do rio Tambopata. O vídeo foi registrado em março de 2018 e compartilhado no canal de YouTube do pesquisador, O Diário da Selva.

Ele conta que oito espécies de três famílias diferentes de borboletas, de todas as cores e tamanhos, rodeavam as tartarugas.

Ele descreveu a cena como a mais “bizarra, estranha, bela, e fascinante” que ele já viu na vida. Segundo Phil, essa cena é relativamente rara de ser registrada, porque as tartarugas costumam pular para a água quando percebem a aproximação de barcos. Mas as borboletas parecem ter distraído essas tartarugas em questão.

“Eu diria que a chance é de uma em mil de ter a sorte de ver tantas borboletas voando assim”, diz ele.

Phil explica que as borboletas precisam fazer isso para sobreviver. A alimentação comum delas, que inclui néctar e seiva de algumas árvores, não fornece o sódio necessário para elas. O néctar é composto principalmente de água e açúcar, mas também contém proteínas, aminoácidos e vitaminas. Outra opção de fonte sódio além da lama e lágrima de répteis é o coco de animais.

Quem não parece gostar muito dessa relação de comensalismo são as tartarugas que produzem lágrimas. Os indivíduos da espécie Podocnemis unifilis não conseguem retrair a cabeça para dentro do casco, e precisam aguentar o bando de borboletas pousando em seus olhos. A única coisa que elas podem fazer para tomar banho de sol em paz é mexer a cabeça para os lados e tentar espantá-las com as patas, mas isso não parece surtir grande efeito.

As borboletas são insetos bastante insistentes, e não desistem de seu alvo. “Aposto que se eu ficasse parado por tempo suficiente, elas definitivamente viriam se alimentar de meu suor e talvez até tentar chegar perto dos meus olhos”, diz Phil. [LiveScience]

Confira abaixo o vídeo completo:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (28 votos, média: 4,86 de 5)

Deixe seu comentário!