Câncer de mama: a cada mulher salva, três recebem tratamento desnecessário

Por , em 31.10.2012

O movimento conhecido como Outubro Rosa, que luta contra o câncer de mama, chegou ao fim. Campanhas e manifestações por todo o mundo relembraram as mulheres da necessidade de combater o câncer tomando alguns cuidados básicos. Entre eles está a mamografia, um exame que revela possíveis alterações nas mamas, e que é fundamental a partir dos 50 anos. Esse simples exame pode salvar vidas, mas faz com que muitas mulheres sejam submetidas a tratamentos desnecessários também.

Pesquisadores concluíram que, para cada vida salva, cerca de três outras mulheres são tratadas de um câncer que nunca teria ameaçado suas vidas. O estudo, liderado pelo Cancer Research U.K., em conjunto com o departamento de saúde do Reino Unido, revisou 11 pesquisas feitas no Canadá, Suécia, Reino Unido e nos Estados Unidos.

• Exame de câncer de mama prejudica 10 mulheres a cada uma que salva

Os pesquisadores afirmam que o sistema de saúde britânico oferece exames que salvam cerca de 1.300 mulheres, todos os anos. Enquanto isso, aproximadamente 4.000 mulheres são diagnosticadas com câncer de mama erroneamente. Infelizmente, ainda não existe nenhuma maneira de saber quando os cânceres são prejudiciais ou não.

Estudiosos estimam que, a cada 300 mil mulheres britânicas com idade entre 50 e 52 anos que fazem mamografia a cada ano, 1% irá receber tratamento desnecessário. [USA Today/CBS News]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votos, média: 5,00 de 5)

5 comentários

  • Marcelo Taranto:

    Se não há formas para identificar quando o câncer será prejudicial ou não, não vejo motivos para tanto alarde..

  • Desiree de Marillac:

    Isso, cara “estudante de jornalismo”, continue prestando um desservico à medicina e à saúde pública propagando uma coisa como esta. Chamo de ‘coisa’ porque você demostrou claramente em suas palavras o quanto desconhece o assunto que está abordando. Saiba que é sim corrente na medicina nas suspeitas de doencas graves -ou que possam trazer risco iminente ao paciente – cujo tempo para realizar exames mais especificos seja demorado o médico intervir iniciando o tratamento. Isso em qualquer doenca imediatista, nao somente no cancer de mama. Se for agir segundo o seu pensamento, divulgue tambem quantas outras pessoas sao tratadas – por todas as outras doencas- sem apresentarem as tais, em vez de focar em quantos são beneficiados pelo tratamento imediato. Cara quase-jornalista, o Brasil já sofre com a falta de adesão à prevencão por grande parte das brasileiras -daí as campanhas constantes para alertá-las – dado que o cancêr de mama é o que mais mata mulheres no país, justamente por ser o mais frequente na populacão e pelo temor que muitas têm de realizar o exame. É inadmissivel um pessoa como você reclamar das que são tratadas sem necessidade em vez de propagar a verdade incurruptível que é a urgência ao acesso de toda mulher ao exame. A saúde feminina no Brasil clama por isso, e as mulheres que desenvolvem a fase tardia sem tratamento morrem por falta de tratamento no tempo certo, por falta de informacão, ou por bloqueios criados por pessoas como você.

  • Fabio Reis:

    Informação errada:

    1. O rastreamento para CA com mamografia é com 40 anos e não 50 como diz na reportagem (35 anos pra quem tem história de CA na família).
    2. OBS: todos os cânceres devem ser tratados, o autor da reportagem confundiu neoplasia benigna com malígna.
    3. O tratamento desnecessário raramente ocorre hoje em dia, pois a biópsia prece a cirugia e esta confirma a presença de cancer ou de apenas uma neoplasia benigna, esta sim, não precisa de tratamento.

  • gloria:

    tbm penso como esse estudo apresentado aqui, quando eu tinha 29 anos fui orientada por 2 medicos a fazer tratamento de nódulos fiz ,depois retirei 2 na axila direita ,aí minha mãe foi diagnósticada c\ cancer d mama , ela morreu 1 ano e sete mesese depois, fiz muitas mamografias e marcadas pelo menos 3 cirurgias de mama, mas nunca deu certo, na hora algo dava errado e ficava p\ depois ,hoje tenho 60 anos os nódulos estão lá eu ainda ñ operei, e nem estou preocupada c\ isso, talvez se eu tivesse sido operada numa das vezes q ñ deu certo eu já ñ estivesse mais aqui, porque tenho intolerancia a um monte de medicamentos e tenho certeza eu morreria c\ a químio terapia q eu precisaria fazer , ñ tenho medo de morrer pois todos nós morreremos um dia, quem sabe do cancer, de acidente ,de queda ou de quimio terapia!

  • Marcia Amaral Cunha:

    Outubro Rosa representa luta contra o Câncer acabou, mas a luta individual é perpétua para aquele(a)que foi diagnosticada com a doença estou falando de Brasil onde o curso das coisas acontecem de forma bem diferente so sitema britânico.
    Tenho uma grande amiga que foi diagnosticada recentemente com o Câncer de Mama, o que mais está maltratando é o atendimento que segundo pela Presidenta Dilma seria garantida a melhoria no atendimento e a qualidade de vida da população e que o Ministério da Saúde disponibilizaria medicamentos à população, trazendo a expansão dos serviços de radioterapia no país. Onde estão estes hospitais que segundo seriam habilitados em Oncologia?! Será necessário morrer quantas mulheres para ecoar essa indignação,essa falta de respeito e de comprometimento coma população mais prejudicada(camadas mais carente),por exemplo essa minha amiga não possui Convênio(preços são exorbitantes onde uma pessoa assalariada,não tem a mínima condição de manter um convêncio de saúde e ainda corre o risco de não ser atendida em tempo hábil, pois as “tais”autorizações que prá mim soam como restrições, impedimentos para não se realizar determinados procedimentos clínicos, quando autorizam passou o prazo eo problema do paciente se agravou, tem que começar tudo de novo… então vem a frustação em todos os termos, como o ser humano é tratado..?! há de se pensar sobre essa abordagem. O médido da minha amiga encaminhou para procurar a Santa Casa,Bhzte, sem contar a burocracia,ela não pode ser atendida para fazer a raioterapia e a quimioterapia que foi receitada pelo seu médico, sabem porquê?! As máquinas não estaõ operando, estão danificadas… o que nos resta, senão desabafar essas crueldade com a população… ESSE SIM É O CANCER MAIOR ESTÁ INSTALADA AQUI NESTE PAÍS. Indignada sou MárciaAmaralAmaralCunha

Deixe seu comentário!