Células-tronco podem ser perigosas em doenças renais

Por , em 23.06.2010

Um homem tailandês, com uma doença no rim, recebeu injeções de células-tronco, sofreu uma infecção nos tecidos do órgão por conta disso e acabou morrendo. Este caso é um abalo no modo como a ciência tem tratado as células-tronco, nos últimos anos. Elas vêm sendo consideradas um messias na medicina, uma descoberta que vai revolucionar o tratamento das doenças. De fato, o campo é promissor, porque as células-tronco podem se transformar em células de outros tecidos, e suprir necessidades para as quais ainda não havia solução até pouco tempo atrás. Mas cientistas canadenses investigaram este caso, no qual as células-tronco se mostraram danosas.

Os rins do paciente que faleceu foram levados para análise para o Canadá, onde os cientistas buscaram avaliar porque, afinal, a injeção das células-tronco causaram aquela reação. O que houve foi que os tecidos reagiram às células de maneira indesejada: sofreram um dano, onde se criaram novos vasos sanguíneos, que se comprimiram e originaram uma lesão, que se agravou ao longo do tempo até que o homem faleceu.

Assim, os cientistas recomendam mais cuidado na avaliação dos efeitos do uso de células-tronco. Eles desaconselham que os médicos recorram às células tronco sem antes ter testes comprovados de eficiência e experiências anteriores, para evitar que casos de morte se repitam. [BBC News]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

2 comentários

  • Dinho Fonseca:

    Teria sido melhor neste caso, se tivessem criado a partir das células tronco, um rim inteiro, para deppois simplesmente substitui-lo. Acredito que este procedimento teria sido mais eficaz, apesar de levar um certo tempo, para criar um órgão inteiro. Assim não haveria risco de rejeição, ou reações indesejadas como neste caso. Eu ainda acredito firmemente no potencial das células-tronco para a medicina.

  • Renato Bueno:

    Esse é o problema com a educação atual, te ensinam a decorar… você decora, mas entender é outra história.

Deixe seu comentário!