Clínica do Azerbaijão usa banhos de petróleo como tratamento terapêutico

Por , em 8.05.2011
Uma clínica na cidade de Naftalan, a 160 quilômetros da capital do Azerbaijão, Baku, encontrou um uso terapêutico para sua abundante quantidade de petróleo bruto disponível no país.

O Azerbaijão é um dos maiores exportadores mundiais de petróleo, e nas planícies do oeste do país o “ouro negro” vem escoando para fora da terra por séculos. Na verdade, eles têm tanto da coisa que na cidade de Naftalan, eles usam o excesso de petróleo bruto como uma cura para várias doenças.

É a especialidade da famosa Clínica Naftalan, onde pessoas de toda a antiga União Soviética e até mesmo dos Emirados Árabes e da Europa vêm para tratar várias doenças de pele, reumatismo, artrite e até mesmo problemas nervosos com petróleo. Médicos dizem que a terapia do óleo milagroso pode ser usada para tratar até cem diferentes problemas de saúde.

O tratamento mais populares em Naftalan é justamente o banho de petróleo bruto. Pacientes submergem seus corpos em 35 litros de petróleo cru, a uma temperatura de 40 graus. Muitos deles dizem que o óleo quente relaxa as articulações e que gostariam de passar mais de 10 minutos de imersão no líquido negro. No entanto,  uma vez que ele contém quase 50% de naftaleno, um hidrocarboneto considerado potencialmente cancerígeno pela legislação da União Europeia, sessões mais longas poderiam ser perigosa para sua saúde.

Os médicos da clínica alegam que milhões de pessoas já foram tratadas em Naftalan ao longo dos anos e nenhuma deles sofreu qualquer complicação. Ainda assim, como precaução, eles limitam as sessões em 10 minutos e não mais do que um banho por dia durante um tratamento de 10 dias.

De acordo com o Alif Zulfugar, gerente da clínica, o óleo usado para banhos terapêuticos, conhecido como Naftalan, é pesado para uso industrial, por isso é empregado para fins clínicos. A substância não passa por nenhum tipo de tratamento, apenas é carregada em petroleiros e entregue para a clínica.

A maior parte do petróleo é aquecido e despejado em compartimentos para ser utilizada nos banhos, mas existem outros tratamentos disponíveis também. A resina de petróleo bruto é extraída e aplicada nos membros do paciente, auxiliando o sistema nervoso e o sangue e aliviando dores nas articulações.

Embora a equipe da Clínica Naftalan se certifique de que os pacientes sejam muito bem lavados após o banho, todas eles ainda carregam algumas gotas de óleo aonde quer que vão, já que a pele continua a exalar resquícios do petróleo por um período de dois a três dias.

[OddityCentral]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

9 comentários

  • jailson:

    Sou tecnologo em petroleo e gas e digo “Os hidrocarbonetos são cancerigenos”,sem contar do odor caracteristico, essas pessoas nao tem a menor nação do estão fazendo.

  • Marcos:

    Não é de se espantar. A cidade se chama NAFTA-lan…

  • Marcos:

    Agora pense na dificuldade que dar pra tirar toda essa graxa do corpo?
    Que coisa mais sem noção…

  • leonardo:

    Cara pense comigo:Nãp é melhor vender o petroléo pra tomar banho de dinheiro?
    É mais inteligente!

  • Raton:

    Isso deve proporcionar é uma baita intoxicação no sujeito. O petróleo penetra pelos poros e entope a pele, da alergia, e além disso pode conter bactérias. Tem de pensar que o cidadão seria uma verdadeira bomba ambulante, pronta para pegar fogo.

  • Nanda:

    pergunta pra aqueles animais que sofrem com banhos de petróleo derramado se faz bem a saúde…

    • @AtomicBlue:

      Hahahha, comentário FTW! E eu aqui me perguntando: Essa gente não tem a menor noção do que está fazendo? Colocam um hype de uma clínica de estética acima da sua saúde?!

      E se a pergunta “é saudável ou não?!” aparece, seu comentário responde muito bem.

  • Comentário ruim:

    Eles estão mesmo nadando em petróleo

  • Jp:

    Proxima parada dos Eua, fica a dica.

Deixe seu comentário!