É por isso que você vai querer matricular seu filho em uma escola finlandesa

As escolas na Finlândia estão entre as melhores do mundo, por uma série de razões. Abaixo, confira 14 delas, reunidas pelo portal Bright Side:

14. Tudo é gratuito


A educação finlandesa é gratuita. Tudo nela também, incluindo almoços, excursões e material escolar. Se os alunos vivem a mais de 2 km da escola, um ônibus escolar especial os transporta para a instituição. Todas essas despesas são cobertas pelo país. Mais de 12,2% do orçamento da Finlândia é alocado para a educação.

13. Abordagem individual para cada aluno


Os alunos podem realizar tarefas de diferentes complexidades dependendo de suas habilidades. Crianças com diferentes habilidades físicas e mentais estudam juntas. Se um aluno não desempenha tão bem em algum tema, os professores podem organizar lições individuais para ele. Há também algumas disciplinas adicionais, como outras línguas. Por fim, o aluno ainda pode escolher uma atividade útil para si mesmo, quando uma lição não é interessante para ele. Neste caso, o aluno pode envolver-se na leitura de um livro ou em costura, por exemplo.

12. Notas são anunciadas apenas para o aluno


O sistema de classificação na Finlândia tem 10 pontos. No entanto, não existem notas nas escolas finlandesas antes da 3ª série. Da 3ª até a 7ª série, há apenas notas verbais começando com “pode ser melhor” até “perfeito”, e apenas o aluno conhece essa sua classificação. Os alunos não são repreendidos por suas notas, e elas só são necessárias para motivar uma criança a aperfeiçoar seu conhecimento e corrigir seu plano de estudo individual.

11. Eles podem ir para as aulas de pijama, se quiserem


Não há uniforme nas escolas finlandesas. Os alunos podem ir para as aulas vestidos como quiserem. Não há requisitos – como essa criança usando meias, mas sem sapatos.

10. Durante uma lição, uma criança pode se sentar no sofá ou se deitar no tapete


As crianças não precisam ficar sentadas em sua mesa. Durante uma aula, elas podem se sentir mais confortáveis em poltronas ou no chão. Se o tempo estiver quente, as lições podem ser realizadas em um gramado perto da escola, ou em bancos especiais situados na forma de um anfiteatro.

9. Há muito pouco dever de casa


Na Finlândia, as crianças devem descansar e passar tempo com sua família, em vez de fazer muita lição de casa. Esse dever leva muito pouco tempo e pode ser muito interessante. Por exemplo, para uma lição de história, um aluno pode ser convidado a entrevistar sua avó para descobrir como era a vida nos anos 50, e encontrar as diferenças entre ela e o mundo moderno.

8. Não há exames


Entre estar preparado para a vida ou para exames, a Finlândia escolheu a primeira opção. É por isso que não há exames nas escolas do país. Os professores podem dar testes a seu critério. Existe apenas um exame padrão obrigatório, realizado aos 16 anos, quando os alunos se formam no ensino médio.

7. Em algumas escolas na Finlândia, não há disciplinas obrigatórias


Uma das novas direções do sistema educacional finlandês é a aprendizagem baseada em fenômenos. Em vez de lições, existem sessões de seis semanas onde estudantes estudam um tópico a partir de diferentes ângulos. Por exemplo, o tema “migração” pode ser analisado do ângulo da geografia (de onde os migrantes vieram), da história (o que aconteceu antes) e da cultura (que tradições eles têm). As crianças criam perguntas e buscam as próprias respostas.

6. As escolas finlandeses têm os intervalos mais longos do mundo


Por mais interessante que seja a lição, o momento preferido de qualquer criança é o intervalo. Crianças na Finlândia têm 15 minutos de descanso depois de cada 45 minutos de estudo.

5. Ser professor na Finlândia é legal


A competição pela Faculdade de Educação da Universidade de Helsinque, por exemplo, é de 20 pessoas para cada posição. O número de pessoas que querem ensinar excede a quantidade de outras posições em 10 vezes. Ensinar é uma profissão de prestígio na Finlândia, o que pode fazer com que as crianças sejam ensinadas pelos melhores professores. Não existe um programa rigoroso de educação. Cada professor decide por si mesmo quais livros e programas usar. Além do professor, há um assistente especial observando e ajudando as crianças a fazerem o seu trabalho.

4. Os alunos aprendem habilidades que precisarão na vida


Nas aulas de natação, os alunos aprendem a reconhecer os sinais de que uma pessoa está se afogando. Nas aulas de ambiente doméstico, eles são ensinados a cozinhar, tricotar e costurar. Muita atenção é dada ao cuidado com a natureza. Além disso, os estudantes podem criar um site ou um portfólio com suas habilidades. As escolas finlandeses priorizam a capacidade de aprender e se adaptar a um mundo sempre em mudança. Não há necessidade de decorar nada, porque a internet está sempre disponível para isso.

3. As escolas são igualmente boas


Não há necessidade de ficar horas escolhendo uma escola na Finlândia. Os alunos geralmente frequentam a escola mais próxima, porque não há escolas de “elite”. Não importa onde você mora, sempre terá acesso a uma escola com professores qualificados, bons materiais escolares e alimentos de alta qualidade.

2. Os alunos escolhem por si mesmos o que comerão no almoço


A comida nas escolas finlandesas é variada e gratuita. O menu é anunciado no site da escola um mês antes, para que as crianças possam consultá-lo e “colocar no carrinho” tudo o que gostam. Dietas diferentes são incluídas no menu, e existem até opções vegetarianas.

1. As escolas podem realizar “festas do pijama”


Às vezes, as crianças levam sacos de dormir e permanecem na escola durante a noite com os professores. Eles assistem filmes, brincam e dormem juntos no ginásio. De manhã, tomam café da manhã com sorvete.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (20 votos, média: 4,80 de 5)
Curta no Facebook:

7 respostas para “É por isso que você vai querer matricular seu filho em uma escola finlandesa”

Deixe uma resposta