Equidnas fêmeas preferem dormir durante o acasalamento

Por , em 3.10.2013

As fêmeas equidna-de-bico-curto, um mamífero comedor de formigas e cupins que vive na Austrália e Nova Guiné, não parecem dar muita bola para sexo.

O animal até que é bastante popular – já inspirou personagem de jogo, o Knuckles, e também foi mascote das Olimpíadas de Verão de Sydney em 2000. No entanto, seus rituais de acasalamento permaneciam um mistério até recentemente. Agora, graças a um trabalho de monitoramento de 280 equidnas selvagens que durou 16 anos, feito com o apoio da Universidade da Tasmânia e da Sociedade Geográfica Australiana, sabemos um pouco mais sobre esse bichinho e seus costumes.

Os equidnas-de-bico-curto hibernam durante parte do ano, mas não no mesmo período: os machos, que não tem que cuidar de filhote algum, entram e saem mais cedo da hibernação, e quando acordam, vão direto procurar fêmeas para copular.

Ao encontrar uma fêmea, eles não se dão ao trabalho de perguntar se elas estão dispostas ou não, e copulam até com as fêmeas em hibernação. Por outro lado, elas parecem não se importar muito com a coisa – continuam dormindo ou, se acordam e percebem que “é só sexo”, voltam a dormir.

Este comportamento é um pouco estranho. No mundo animal, geralmente as fêmeas não abrem mão de selecionar os machos com quem vão acasalar; elas procuram os que parecem mais saudáveis, para garantir filhotes igualmente saudáveis.

A hipótese do professor Steward Nicol, da Universidade da Tasmânia, responsável pelo trabalho, é que as fêmeas armazenam no corpo o esperma de vários machos, coletados durante a hibernação, assim elas não precisam gastar energia selecionando um parceiro, e conseguem o descanso de que necessitam.

Mas as esquisitices do equidna não param aí – o pênis do macho tem quatro cabeças, e a fêmea tem duas aberturas vaginais. Além disso, elas não tem mamilos. Seu leite “atravessa” sua pele e os filhotes vão bebendo conforme ele escorre. Além disso, o equidna-de-bico-curto é um dos três únicos mamíferos a pôr ovos, junto com o equidna-de-bico-longo e o ornitorrinco. [Knowledge Nuts]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

1 comentário

  • Dinho01:

    Texto bem bacana. Quem gostar desse texto, como eu, não pode fugir do rótulo de “nerd”. 🙂

Deixe seu comentário!