Fotógrafo faz imagens incríveis ganhando a confiança de animais selvagens

Por , em 7.01.2014

O fotógrafo baseado na Holanda Edwin Kats aposta em seguir os animais que vivem perto dele durante o ano todo, a fim de ganhar sua confiança e fazer fotos incríveis.

Rodeado por florestas, lagos e pântanos, Kats encontra inspiração dentro de um raio de 16 quilômetros de sua casa, mas leva meses e às vezes anos para tirar uma boa foto.

“Uma coisa que eu aprendi é que você pode obter grandes resultados aderindo a apenas um assunto por um longo tempo. Tente conhecer seu ‘modelo’ e segui-lo ao longo das estações. Tente fotografá-lo na neve, contra as cores do outono e com uma boa luz em uma manhã ensolarada de verão. Outra vantagem é que os animais, mesmo os muito tímidos, vão começar a conhecer e confiar em você. O melhor sentimento possível é ser aceito por um animal selvagem”, explica Kats.

Usando sua câmera Nikon D4, o fotógrafo consegue captar pequenas criaturas, pássaros e até animais de grande porte em seu ambiente próprio, onde eles agem de forma natural e não parecem perturbados com o intruso.

Kats gosta especialmente de tirar fotos de bichos pequenos, como ouriços e esquilos. “Já conheci alguns insolentes, alguns tímidos e alguns realmente curiosos”, diz. Sua estação favorita é o outono, porque os animais são muito ativos e as cores da floresta são vivas.

O fotógrafo se concentra principalmente na vida selvagem nativa holandesa, mas também viaja com frequência para visitar outros lugares bonitos da Europa, como a Escandinávia e o Reino Unido. Ele começou sua carreira em 1992 e já foi publicado em várias revistas de renome, como BBC Wildlife e National Geographic.

Confira algumas de suas imagens: [BoredPanda]

cute-animal-photography-edwin-kats-1 cute-animal-photography-edwin-kats-2 cute-animal-photography-edwin-kats-3 cute-animal-photography-edwin-kats-4 cute-animal-photography-edwin-kats-5 cute-animal-photography-edwin-kats-6 cute-animal-photography-edwin-kats-8 cute-animal-photography-edwin-kats-9 cute-animal-photography-edwin-kats-10 cute-animal-photography-edwin-kats-11 cute-animal-photography-edwin-kats-12 cute-animal-photography-edwin-kats-13 cute-animal-photography-edwin-kats-14 cute-animal-photography-edwin-kats-15 cute-animal-photography-edwin-kats-17

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votos, média: 5,00 de 5)

2 comentários

  • Sérgio Moreira:

    Compreendo que o que a Alessandra quis dizer é que objetiva que o fotografo esta usando é uma incrível telescópica, usada por paparazzi e profissionais que fotografam animais ariscos.
    Não necessário chegar muito perto para tirar uma foto do piolho do esquilo. Quanto a questão artística, não discutirei.

  • Cesar Grossmann:

    Hmmm… Não.

    Senão, bastava comprar um lápis para se tornar desenhista. Ou uma máquina de escrever para se tornar escritor. Ou uma aquarela e tinta para se tornar pintor.

    Mas você pode fazer boas fotos, comece aprendendo a usar a câmera que você tem, treine o olho para reconhecer boas fotos, e faça fotos. Se você se aplicar, vai conseguir boas fotos. Sem precisar de uma Nikon profissional e de uma lente de 500mm.

    -oOo-

    Eu tenho que lembrar de não escrever nos comentários antes do primeiro café fazer efeito… Depois de reler com mais cuidado a tua mensagem, percebi que minha resposta não tem nada a ver…

    Com certeza, com uma lente super-tele você não precisa chegar muito perto de animais ariscos, ou melhor, você vai ter toda a “confiança” deles — à distância. Mas tem a foto em que o passarinho está sentado sobre a lente da câmera, de fato o fotógrafo teve que ganhar a confiança do passarinho, ou então é um passarinho muito, muito distraído, assim, a gente empata — não precisa ganhar muita confiança da bicharada quando você está usando uma super-tele, mas ele parece que conseguiu alguma coisa mesmo assim.

    Ficamos, assim, de boa?

Deixe seu comentário!