Diminuição no nível da água deste rio revela uma surpresa

Por , em 21.10.2015

Belas fotos do Templo mexicano de Santiago circularam na internet nesta semana, mostrando a igreja reaparecer das águas, como se fosse uma ruína perdida de Atlântida. O rio Grijalva, em Chiapas, no México, tem sido vítima de uma seca nos últimos meses que causou a diminuição no nível de água no reservatório Nezahualcoyotl que chegou a 25 metros. O lado bom desta situação tem sido uma outra chance de ver este monumento histórico submerso há anos.

A história conta que a igreja foi construída por um grupo de monges liderados pelo Frei Bartolomé de la Casas, que chegou na área com colonos espanhóis em torno de meados do século 16. A igreja foi abandonada entre 1773 e 1776 devido a pragas maciças que assolaram a região, de acordo com o arquiteto Carlos Navarete, que trabalhou em um relatório sobre a estrutura. Epidemias eram comuns nas Américas a partir do final do século 15, quando exploradores, colonizadores e comerciantes introduziram bactérias e vírus no Novo Mundo.

Mexico Colonial Church-3

Quando a represa foi concluída em 1966, a igreja foi inundada e passou despercebida por quase 40 anos. No entanto, uma seca ainda mais grave levou a estrutura para fora da água em 2002. Os níveis de água ficaram tão baixos que as pessoas foram capazes de caminhar ao redor da igreja. O pescador local Leonel Mendoza afirma que muitas pessoas visitaram o local na época. “Eles fizeram procissões ao redor da igreja”, relata. Nos últimos dias, os pescadores tem oferecido pequenas viagens em seus barcos para deixar os visitantes explorar as ruínas enquanto elas estão expostas. [IFLS]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (7 votos, média: 5,00 de 5)

Deixe seu comentário!