Inovadora camisinha origami aumenta o prazer e é mais fácil de “vestir” [vídeo]

Por , em 20.01.2013

A camisinha certamente é uma invenção muito interessante, principalmente nos dias atuais, em que é importante tanto o planejamento familiar quanto a prevenção de doenças sexualmente transmissíveis.

Só que as camisinhas não são muito sexy. Não podem ser colocadas rapidamente (com a exceção da camisinha de colocação ultrarrápida do sul-africano Willem van Renburg, chamada de “Pronto”), e alguns usuários reclamam de sentir menos prazer quando as usam.

Pensando em tudo isto, Daniel Resnic e Ray Chaves, da empresa Origami Condoms, de Los Angeles, Califórnia (EUA), criaram uma nova camisinha, feita de silicone. Além de ser mais flexível e esticar mais, o silicone é mais efetivo para bloquear vírus e bactérias. Além disso, ela é lubrificada por dentro.

Mas o detalhe que mais chama a atenção é que a camisinha tem vincos e vem dobrada como uma sanfona. Para colocá-la, basta “esticar a sanfona” sobre o membro, algo muito fácil e rápido. E as dobras permanecem depois que a camisinha é colocada.

Seus inventores dizem que ela dá ao usuário a mesma sensação do sexo sem camisinha, além de ser mais fácil de por, graças não só ao lubrificante, mas também ao seu estilo “sanfona”. E as dobras na superfície tornam a experiência mais intensa, transformando-a praticamente em um “brinquedo sexual”.

O projeto ainda está em desenvolvimento. A última versão incluía um reservatório especial na ponta da camisinha, para evitar que o sêmen vaze pela sua base. Outras versões da camisinha também estão em desenvolvimento, como uma camisinha especial para sexo anal, e uma camisinha feminina.

No vídeo, você pode ver uma comparação da camisinha normal, que tem que ser desenrolada e demora mais para colocar, e a camisinha origami, com suas dobras e lubrificante.

Com origami ou com o bom e velho latex, não deixe de usá-la. Além de prevenir gravidezes indesejáveis, também evita o contágio pela AIDS e outras doenças sexualmente transmissíveis. [NewScientist]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (4 votos, média: 3,75 de 5)

5 comentários

  • Lucas Fier:

    Alguma previsão pro produto ser comercializado no Brasil?

  • Falcone Big:

    Aqueles ali tão meio que em stand-by, aí realmente qualquer camisinha vai ser difícil de colocar!!!

  • Rafael3:

    Realmente estas camisinhas tradicionais são muito difícil de coloca-las, o que demonstrou no vídeo sobre a tradicional é real, uma parte dela ficou sem desenrolar de baixo da cabeça do penes. Para coloca-la é preciso desenrola-la rapidamente, porque depois de passar a cabeça o anel cria uma pressão que fica difícil de desenrolar o resto.

    • Caboclo D’Água:

      Nunca mais como pene.

  • Francisco Assis Gurgel Gurgel:

    da pra acreditar nisso?… eu penso diferente, o prazer depende com quem se vai transar, o preservativo tanto faz.

Deixe seu comentário!