Irlanda do Norte pretende usar 40%de energia alternativa até 2020

Por , em 27.09.2010

A nova estratégia de uso de energia da Irlanda do Norte estima que 40% da energia usada no país será alternativa até 2020. Isso irá reduzir o consumo de carvão, gás e petróleo no país.

Atualmente, menos de 10% da energia da Irlanda do Norte √© alternativa ‚Äď a maioria dessa porcentagem √© de energia e√≥lica. Para que a meta de 40% seja alcan√ßada, maiores fazendas e√≥licas precisar√£o ser constru√≠das, incluindo grandes turbinas no mar, para que os ventos marinhos sejam aproveitados. Outro item que est√° presente no plano s√£o os incineradores de dejetos ‚Äď um tanto controversos j√° que, se n√£o forem constru√≠dos corretamente, podem causar uma enorme polui√ß√£o no ar.

O processo inicial n√£o ser√° barato ‚Äď cerca de 100 euros a mais ser√£o descontados na conta de luz dos irlandeses. No entanto, a alternativa para o pa√≠s seria ficar ‚Äúa merc√™‚ÄĚ de outros pa√≠ses que exportassem petr√≥leo e outros tipos de combust√≠vel.

Segundo a ministra de energia da Irlanda do Norte, Arlene Foster, a medida mostra o quão necessárias são as medidas para deixar de contribuir com a poluição e o aquecimento global.

As medidas tomadas na Irlanda do Norte chamam a aten√ß√£o para o momento que estamos vivendo na pol√≠tica do Brasil. A quest√£o da energia n√£o √© apenas econ√īmica, mas tamb√©m ambiental. Voc√™ j√° conferiu quais s√£o os planos de seu candidato para a gera√ß√£o de energia no pa√≠s? [BBC]

Deixe seu coment√°rio!