Jura?! Orgasmo prematuro atinge mulheres, também

Por , em 27.10.2011

Segundo a sabedoria convencional, são os homens que tendem a problemas como ejaculação precoce, enquanto as mulheres sofrem mais com o fato de nem sempre terem um orgasmo.

Mas nem tudo é como parece: sim, as mulheres também podem sofrer do problema de ter um orgasmo muito cedo durante o sexo.

De acordo com um novo estudo, uma pequena porcentagem de mulheres também tem orgasmo prematuro.

A pesquisa, feita com mulheres portuguesas, descobriu que 40% delas ocasionalmente chegaram ao orgasmo mais rápido do que pretendiam durante o sexo. Para cerca de 3% das mulheres, o problema era crônico.

“Para esse grupo, o orgasmo prematuro é mais do que um incômodo”, disse o pesquisador Serafim Carvalho. “Achamos que seja tão grave quanto o sofrimento que é para os homens”.

Tradicionalmente, as disfunções sexuais femininas não recebem a mesma atenção que as masculinas, e o orgasmo precoce não é nenhuma exceção.

Enquanto a ejaculação precoce nos homens é uma disfunção sexual oficial, listada em manuais de referência para a medicina, não há tal categoria para um orgasmo incontrolável para as mulheres.

Para saber se a experiência do orgasmo precoce atingia as mulheres, Carvalho e seus colegas enviaram um questionário a uma amostra geral de mulheres portuguesas com idades entre 18 e 45 anos.

O questionário perguntava sobre a frequência de orgasmos prematuros, se as mulheres já sentiram uma perda de controle sobre o momento do orgasmo, e se sentiam angústia sobre o assunto. As mulheres também foram questionadas sobre sua satisfação com seus relacionamentos.

Pouco mais de 60%, ou 510 mulheres, responderam a pesquisa online. Destas, 40% já tinham experimentado um orgasmo mais cedo do que tinham desejado em algum momento de suas vidas.

Outras 14% relataram orgasmos prematuros mais frequentes. Estes 14% são casos “prováveis” que podem exigir atenção clínica.

Outras 3,3% preencheram os critérios para ter uma disfunção devido ao orgasmo prematuro. Os pesquisadores não encontraram nenhuma ligação entre orgasmo prematuro e satisfação no relacionamento.

Na pesquisa, uma mulher descreveu seu desconforto com seus orgasmos rápidos como semelhante ao que um homem pode sentir, no caso da ejaculação precoce: “Eu me sinto da mesma forma que os homens devem se sentir sobre a ejaculação prematura e não vejo qualquer diferença – eu termino muito rapidamente, enquanto meu namorado não tem a chance de terminar, e isso está realmente começando a me incomodar. Uma vez que já atingi o orgasmo, acho desconfortável continuar, mudo de humor, e ele acaba perdendo seu orgasmo, o que me deixa mal”.

Enquanto os orgasmos prematuros podem causar muito estresse, a incapacidade de ter um orgasmo ainda é provavelmente um problema mais amplo entre as mulheres. Um estudo de 2010 com mulheres norte-americanas descobriu que problemas para ter orgasmo é a queixa mais comum sexual entre mulheres, com 54% delas relatando esse problema.

O novo estudo é preliminar, e mais pesquisa com um grupo maior de mulheres é necessária para determinar a extensão do orgasmo prematuro para o sexo feminino. Mas as mulheres que tem orgasmo rápido demais não deveriam ter medo de falar sobre isso com um médico, pois, na maioria dos casos, este não é um problema sério.[LiveScience]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votos, média: 4,50 de 5)

30 comentários

  • Lucas gabriel martins da silva:

    o meu caso é que não concigo gozar rapido e minha namorada tem orgasmos simuntanios , ontem ela teve 12 orgasmos e não gozei , não sei o que acontece comigo ela -se sente mal pro min ..(ah fui enbora ereto.)

  • Dandhara:

    Eu também tenho orgasmos rápidos,mas não vejo problema é só não pensa em nada a não ser no tesão do seu parceiro , isso aumenta a vontade de ter mais outro orgasmo.

  • Prego:

    Bom, para homem o lance é não parar a movimentação depois da ejaculação e não pensar em nada, apenas manter-se movimentando que após uns 20 ou 30 segundos o “rapazinho” não vai “à lona, não vai dormir”… e vai continuar em pé quantas vezes for preciso.
    Mas, o segundo orgasmo(da 2ª ejaculação em diante) não é tão bom quanto o primeiro…
    Mas, pelo menos, a companheira não vai ficar na mão.

  • Carlos:

    Tive uma namorada exatamente como descrito. Era um saco, ela chegava no orgasmo antes de mim, e não deixava eu terminar o serviço, chegava até me empurrar!

    • faio oli:

      nóssaaa minha namorada é bem asssim ,ja quase apanhei,ja me empurrou e tudo maisss,,,,,,é um saco……

  • Flávia:

    Carlos Wendel, eu fiz confusão, quis dizer ejaculação e não orgasmo. mas obrigada pela correção e por outros esclarecimentos que eu realmente não sabia. Valeu!

  • Flávia:

    Eu quis dizer ejaculação e não orgasmo. mas obrigaga pela correção e por outros esclarecimentos que eu realmente não sabia. Valeu!

  • Calvino:

    Pra mim não tem problema, se depois do orgasmo ela não desistir… Então ela pode ter 2 ou 3

    • Dinny:

      Mas infelizmente depois do orgasmo geralmente nós mulheres keremos um tempo até estar pronta para outra!!!

  • Lucas:

    Acredito que possa sim ser um problema pra algumas mulheres. Minha namorada depois do orgasmo não gosta de penetração pois diz que fica “sensível”. Se isso ocorresse em menos de 1 minuto eu acho que não seria bom nem pra mim nem pra ela.

  • Flávia:

    Uai, qual o problema da mulher ter vários orgasmos na mesma
    relação sexual??? Ou o problema se trata de um único orgasmo e ainda prematuro? Acho que seria muito prazeroso
    à mulher, vários orgasmos numa mesma relação. Pena que ao homem, esa condição não seja possível já que ele perde a ereção após o orgasmo.

    • Cappucceno:

      Errado, o homem perde a ereção depois da ejaculação, alguns homens conseguem a proeza de manter a ereção mesmo depois do orgasmo, Mantak Chia escreveu um livro sobre orgasmos múltiplos masculinos.

      E felizmente já tive uma vez isso na vida, foi aterrador no começo, uma coisa não aconteceu e a outra continuou. Quem entende, entende.

    • Flávia:

      É verdade, eu bolei as trocas. Eu quis dizer ejaculação e não orgasmo. Obrigada pela correção.

    • Carlos Wendel:

      Flávia, o homem perde a ereção após a ejaculação que acontece quase simultaneamente ao orgasmo, portanto, não é o orgasmo própriamente dito, mas uma consequência dele, e um homem pode sim ter vários orgasmos assim como a mulher.

    • Carlos Wendel:

      Ademais, chamam-se “multiorgásticos” os homens que são capazes de mais de um orgasmo sem perder a ereção.

      É algo pouco conhecido no ocidente, talvez causado pelo pelo excesso de tabus, misinformação e religião se metendo onde não deve, no oriente, pela diferença de cultura, é bem mais conhecido.

  • Clara Telis:

    É menos pior do que o problema do homem (caso ele tenha).

  • Flavia:

    Bom, eu tenho orgamos muito rapidos, e sou extremamente fogosa, não vejo como problema e sim como solução, feliz daquela que sente orgamos rapidos, é muito gostoso para o homem sentir que tem o poder de fazer a mulher gozar rapido, isso exita mais ainda.

    • Marquinho:

      Qual seu telefone ?

  • Alan:

    Oh.. Glória….

  • nml:

    Segundo uma pesquisa científica seríssima (que ainda não publiquei), é ‘menos pior’ este problema nas mulheres!

  • Marcelo Ribeiro:

    Vou criar um site de relacionamentos para juntar homens e mulheres com gatilho rápido. Isso deve resolver a maior parte do problema.

    • websuffer:

      Não curto ler a coluna sobre comportamentos, mas como não havia nada mais para ler no site por aqui parei.

      Li o seu comentário, ri e me senti compelido a comentá-lo.

      Foi um dos comentários mais sensatos que já vi na vida sobre comportamentos.

      hehe
      Abraços

  • Patricia Roller:

    Por isso mesmo que existem os orgasmos multiplos!

  • Ze da Feira:

    Pra mulher é mais fácil , o brinquedo dela é de abrir e o do homem e de armar.

  • André:

    É, mas o delas não caem. Já o dos homens caem.

    • Cabeção:

      Pois é, depois de chegar lá, tem que se manter concentrado na coisa para não deixar a peteca cair e aguentar mais uma xD!

  • gloria:

    Pelo q li aquí , acho q quem fez a pesquiza, e escreveu sobre o assunto, ñ entende nada dos seres humanos, sérá q precisamos de um cronômetro até nessa hora , p\ ter um orgasmo no mesmo tempo q o companheiro, nada disso, cada um é como é, a porcentagem de mulheres c\ esse tipo de “problema “é tão pequeno q chega a ser relevante, pior é ñ ter nada, melhor chegar primeiro, e deixar tudo molhado!!!!q nunca chegar e ser molhada sem sentir o gostinho de vitória.

    • Mathias:

      Observação bem pessoal gloria! Eu admiro!

    • Marcelo Ribeiro:

      Ejaculação precoce tem definição médica. Ocorre quando o orgasmo é atingido em 1min ou menos de penetração vaginal. É o suficiente para você? Para qualquer pessoa?

    • Mathias:

      Bem, quanto às minhas preferências, acredito que não vem ao caso. Simplesmente, eu admirei a opinião de glória. Não estou aqui para julgar quem está ou não está certo. Acredito que nesse espaço midiático nós podemos expressar nossas opiniões indiferente de qualquer censura. O que permite você também levantar seu ponto de vista.

Deixe seu comentário!