LHC não consegue criar Buracos Negros

Por , em 22.12.2010

Cientistas que trabalham no Grande Colisor de Hádrons (LHC) dizem não terem conseguido criar pequenos buracos negros, efeito esperado. Isso é um indício de que, talvez, a famosa teoria das cordas não seja correta.

Os pesquisadores esperavam criar pequenos buracos negros que se evaporassem quase instantaneamente após sua criação para comprovar a teoria das cordas.

Para quem não sabe, a teoria das cordas pretende explicar o universo unido conceitos da mecânica quântica e da relatividade. Ela prega que elétrons e quarks não são objetos e sim cordas de uma dimensão, cuja oscilação dá a eles as características que conhecemos. Também prega que o Universo possui 12 dimensões, em vez das quatro que conhecemos (altura, largura, profundidade e tempo).

Uma das versões da teoria das cordas diz que se as dimensões extras existirem os grávitons (partículas que transmitem a gravidade) acabariam “vazando” dessas dimensões, explicando porque a gravidade é uma força “fraca” – no vocabulário dos físicos. Ela não seria fraca, mas apenas pareceria fraca, já que, como as partículas estariam em outras dimensões, nós não conseguiríamos ter tanto contato com elas.

Os pesquisadores acreditavam que o LHC seria capaz de testar essa hipótese, já que os grávitons que estão “vazando” seriam forçados a permanecer mais próximos dentro do acelerador de partículas, formando pequenos buracos negros. Esses buracos negros iriam sumir instantaneamente, então não haveria perigo para a Terra.

No entanto, até agora, os cientistas não conseguiram criar esse fenômeno.

Isso não desvaloriza a Teoria das Cordas, mas prova que não é possível produzir buracos negros usando uma energia de 3.5 a 4.5 trilhões de volts. Teoricamente, eles podem ser produzidos com uma energia superior, que estará disponível no LHC em 2013. [PopSci]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

47 comentários

  • Hercules Lima:

    Um buraco negro é um predador intergaláctico de sistemas solares, um abutre cósmico. Se criarem um aqui na Terra, quem o dominará?

  • Jeferson Müller:

    é esse ano hein! 🙂 vamos esperar pra ver! 🙂

  • Igor Henrique:

    Li uma vez que nem um acelerador de particulas do tamanho do sol seria possivel criar um buraco negro com tanat energia

  • alberto carvalhal campos:

    O LHC não cria buracos negros. Este artigo só afirma o que diz o blog “olhando o universo”.

  • Anonimo:

    O problema do meio ambiente é o excesso de população. Um paiz crescer, crescendo sua população é um absurdo. Temos que crescer a tecnologia e consequentemente o nível intelectual de um povo, limitando a população, para podermos instruí-los. Não é criando mendingos que vamos crescer. Cresceremos apenas na miséria e isto não interessa a ninguém. Um paiz que proíbe o aborto é eternamente um paíz do 3° mundo. Todos os paízes de 1° mundo adotam o aborto e não são castigado por Deus. Pelo contrário são até premiados (acidentes acontecem). Não é possível castigar uma mulher que não quer ter um filho, e depois castiga-la novamente por abandonar este filho. Se não abandona recem nascido , vai abandona-lo com mais idade, tornando o sofrimento desta criança bem mais traumático. Sejamos inteligentes.

  • Rodrigo Paim:

    Dr. Helry, o mundo tem 7 bilhões de pessoas e um PIB de 62 trilhões de dolares, é gente e dinheiro suficiente para poder resolver problemas físicos, cuidar do meio ambiente e da sociedade.

    Problemas sociais e ambientais ainda não foram resolvidos por falta de ação política e social, não por falta de recursos

  • Rodrigo Paim:

    LeoBr, o desenvolvimento social não é responsabilidade dos cientistas, temos tecnologia pra desenvolver a sociedade como um todo , se os políticos não conseguem fazer isso, não é culpa dos cientistas.

    Aposto quantas pessoas disseram o quão caixinhas que mostravam imagens ou máquinas de fazer cálculos eram inúteis, agora tente imaginar o mundo moderno sem TV´s e Computadores.

    É só um exemplo ….

  • anonimo:

    O buraco negtro é o centro gavitacional de uma galáxia. Para obte-lo, temos que ter uma galáxia a disposição. Não é com o HLC que obteremos um buraco negro e sim com muita massa.

  • LeoBR:

    Concordo com o Det. Henry….
    de que adianta avançar tanto tecnologicamente…
    se apenas 5% do globo conseque aproveitar isso??
    Acho que devemos incentivar o desenvolvmento social.
    Pois garanto que quem financia essas pesquisas gastando trilhoes de volts não está interssado em na evolução e sim na obtenção de novos produto que cobrirão o investimento….

  • Daniel Campos:

    Não sei se falaram, mas eu nao achei nada sobre, mas descobrindo se existem 12 dimensões, para que exatamente isso iria servir, ou ajudar?

  • Alberto Carvalhal Campos:

    Cada vez mais se confirma o que foi escrito em “olhando o universo”.

  • Lucas vieira da silva:

    GENTE! A GENTE POODE ESTAR DENTRO DE UMA MÁQUINA DESSAS! (pense bem)

  • André:

    Excelente! A primeira tarefa do cientista é formular uma teoria, a segunda é tentar provar que a própria teoria está errada… Se a teoria das cordas cair por terra (o que ainda não aconteceu, segundo a própria matéria), virão outras, e aliás, ela não é a única candidata atual a unificar a Relatividade e a Mecânica Quântica… Ciência é isso mesmo, dar cabeçadas no escuro até achar o interruptor, sem desistir nunca de encontrá-lo…

  • luar:

    no meu ver e muito simples se não descobrirmos e não conseguirmos evoluir toda a raça humana esta condenada motivo muito obvio embora nosso planeta seja maravilhoso e tudo seja tão certo,disser-mos que um dia tudo aqui vai evaporar parece loucura mas temos sim que evoluir para isto acontecer a ciência tem que ir enfrente se acertam o erram não importa e uma questão lógica.A sobrevivência para que não sabe ou não aceita vai a seguinte dica um dia o sol vai apresentar problemas neste dia já será tarde teremos nos como raça humana evoluirmos e irmos em busca de outros lugares para colonizarmos e o único meio de garantirmos a sobrevivência por isto acho sim importante a busca de informações para que possa as futuras gerações tenha condições de prosseguir. Se não fosse todo o que já foi descoberto pelos esforços científico esta hora não teria-mos nem o que comer pode acreditar já pensou nos agora a esta hora tentando acender um fogueira com dois pedaços de pau quero sempre acreditar que estão certos pois as futuras gerações depende disto para entender o que eles buscam eu aconselho lerem pois e muito importante parece meio louco mas será um salto gigantesco no campo da ciência

  • laender:

    Eu ficaria muito mais feliz se vivesse em cavernas e comesse cru e frio pois já estaríamos tão bem adaptados que a vida seria normal e ecológicamente correta. Para que viver 100 anos no stress, na depressão ? 40 ou 50 anos já está de bom tamanho.
    A ciência só atrapalha a felicidade do homem comum, porque só alguns sortudos conseguem “aproveitar” dos seus supostos (e ilusórios) benefícios.

  • FRAN:

    Det. Henry (doutorado em filosofia? “não conta”) tá tudo explicado…..

  • gargwlas:

    Det Henry, por isso que acredito em “cada um no seu quadrado”

    enquanto tem gente que estuda novos caminhos da fisica

    tem gente como voce, que se preocupa com os problemas da humanidade

    entao os fisicos estudam fisica

    os humanistas cuidam das mazelas de nossa raça

    e os ecologistas cuidam do meio ambiente

    fica bom assim? 😉

  • Det. Henry:

    Brinquedo interessante esse LHC…

    Só que eu creio em uma coisa…

    Dele podem vir diversas soluções para problemas da física. Para problemas da engenharia aero-espacial.
    Problemas matemáticos. Etc…

    Mas, não virá dele a solução para os problemas humanos.
    Uma salvação para nosso ecossistema.
    Algo que torne o ser humano moralmente melhor do que ele consegue ser.
    Algo que acabe com a guerra. A fome. A politicagem.

    Sinceramente? Acho que é dinheiro jogado fora.
    De que adianta descobrirem os “quarks-pósitrons-da-silva-ssauro”… Criarem um computador “quântico luminoso fotovoltaico pangalático”… Se qualquer avanço que viesse disso precisaria de muito tempo para algum dia ajudar a resolver as questões atuais…

    Tempo esse que provavelmente não teremos…?

    Grande abraço,

    Det. Henry

    • aguiarubra:

      Det. Henry

      Eu também acredito que a Ciência não está aí para resolver os problemas humanos, pois ela é uma consequencia direta da política econômica “capetalista” contemporânea.

      Quanto ao seguinte:

      “…Sinceramente? Acho que é dinheiro jogado fora.
      De que adianta descobrirem os “quarks-pósitrons-da-silva-ssauro”… Criarem um computador “quântico luminoso fotovoltaico pangalático”… Se qualquer avanço que viesse disso precisaria de muito tempo para algum dia ajudar a resolver as questões atuais…

      Tempo esse que provavelmente não teremos…?…”

      Comentário: isso é um grande exagero, Det. Henry! É o exagero oposto àquele outro exagero dos ingênuos que acreditam que a Ciência resolve tudo e que ela “salva” o gênero humano da barbárie!

      Nas eras que nos precederam, não havia Ciência, embora houvesse tecnologia.

      E má distribuição de renda, guerras sem sentido, fome, politicagem também existiam, em abundância, generalizada nas várias civilizações.

      Quando a Ciência se desenvolveu o suficiente, no século XX, ela foi usada (e aperfeiçoada!!!) em duas guerras mundiais, onde morreu mais gente do que morreram nos milênios anteriores!

      Mas a Ciência permaneceu. Com ela, hoje em dia sofremos de mazelas do neo-liberalismo. Com ela, mas não POR CAUSA dela.

      Ora, a Ciência é uma conquista do espírito humano, tanto para o bem, quanto para o mal. Não há regressão possível, sem obliterar o Homo Sapiens da face da Terra.

      Sobreviveremos ou pereceremos, mas a Ciência veio para ficar. É possível, até, que a população global resolva fazer uma revolução social, comparável à Revolução Americana, à Revolução Francesa, à Revolução Russa, substituindo o regime “capetalista” por outro mais justo.

      E a Tecno-Ciência estará aí, também para ajudar, pois não se trata de ‘evolução científica’, mas de uma evolução na consciência do próprio ser humano, que um dia saiu das cavernas e “começou” a constituir civilizações: começou e ainda não conseguiu terminar! Ainda por cima, estamos ameaçados de nos extinguirmos por não termos conseguido constituir uma verdadeira civilização.

      Milton Santos, em “Por uma outra globalização” ( http://www.google.com.br/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&frm=1&source=web&cd=7&cad=rja&ved=0CGcQtwIwBg&url=http%3A%2F%2Fwww.youtube.com%2Fwatch%3Fv%3DK6EIIQNsoJU&ei=dBxbUN_yNo-Y8gSz6YDIDg&usg=AFQjCNGt6Z_77r03hyjYNbbpPuXBUMO2Dw ) acredita que a Humanidade (a consciência ética do ser humano global) ainda não existe de fato! Por isso, sofremos de uma desarmonia que nos deixa abaixo de outros animais.

  • Enrique:

    Eu li na internet, uma teoria diferente e achei muito simples e interessante. trata-se de “0lhando o universo”.

  • Edison:

    Luan, não defendi a teoria das cordas, só tentei explicar o por que de mesmo a teoria estando “incerta” eles mesmo assim quiseram testa-la, não defendi a teoria das cordas, e como já postei aqui, disse até que ela evoluiu, para a Teoria M, ;D
    Concordo com você que cientistas extrapolam em seus experimentos, mas riscos tem que acontecer para que a evolução continue (claro, o risco calculavel, nada de fantasias, e “explosões” – só pra constatar foi sarcasmo – porque sabemos que isso não da certo)
    abraços, e ótimos comentários ;D

  • Alberto Carvalhal Campos:

    Em meu entender, o buraco negro é outra coisa. O buracos negros descritos atualmente é pura imaginação. Se voce imagina uma coisa, não quer dizer que será verdadeira.
    Eu imagino dois tipos de buracos negros. Um galáctico e outro planetário. Os dois tipos são impossíveis de ser criados artificialmente. Precisam de grande quantidade de matéria, de muito espaço e de muita energia. Pode ser tambem que não esteja certo, mas acho impossivel criar tambem mini buracos negros. Tem muita coisa a ser estudado ainda.

  • Luiz:

    Como futuro cientista (espero!), diria que a ciência tem que continuar pesquisando e pesquisando. Mas às vezes penso que tentam avançar demais sem nem mesmo ter certeza do que o que já foi estudado anteriormente é verdadeiro. Concordo que não se deva parar em apenas ir além, temos muito a ganhar com isso. O iPod que eu uso pra visitar este site é um deles. E o computador que alguns irão usar pra clicar em “não gostei” sobre o que eu escrevi também é. Mas penso que alguns cientistas AFIRMAM especulações. Como disse Matthew Cullinan Hoffman aqui http://www.midiasemmascara.org/artigos/ciencia/11469-o-ateismo-da-pseudociencia-de-stephen-hawking.html.

  • Luan:

    Mas Edson, Einstein poderia não estar 100% certo! Em alguns cauculos,sua teoria pode ser aplicada perfeitamente,mas em outros,ela falha! Não por estar errada,mas simplesmente pq não esta completa! Por isso que eu digo que a teoria das cordas não é a unica que pode ajudar a chegar na teoria do Tudo,outras também poderiam como a teoria da Gravidade quântica em loop! Ela até se utiliza das principais ideias da teoria da relatividade geral, só que,ao mesmo tempo, ela quantiza, na escala de Plank,o espaço e o tempo!
    Essa teoria é pouco conhecida pelo fato de ser “menos charmosa”,mas ela pode perfeitamente ajudar a chegar à teoria do Tudo! ^^

    obs: me desculpem por reescrever meu comentário. É que eu percebi que engoli algumas palavras. hehe

  • Luan:

    Mas Edson, Einstein poderia não estava 100% certo! Em alguns cauculos,sua teoria pode ser aplicada perfeitamente,mas em outros,ela falha! Não por estar errada,mas simplesmente pq não esta completa! Porr isso que eu digo que a teoria das cordas não é a unica que pode ajudar a chegar na teoria do Tudo, a teoria da Gravidade quântica em loop! Ela até se utiliza das principais ideias da teoria da relatividade geral, só que,ao mesmo tempo, ela quantiza, na escala de Plank,o espaço e o tempo!
    Essa teoria é pouco conhecida pelo fato de ser “menos charmosa”,mas ela pode perfeitamente ajudar a chegar na teoria do Tudo! ^^

  • Edison:

    Luan, a questão é que a Teoria das Cordas deu continuação ao que o Einstein queria fazer, no caso a Teoria do TUDO!

  • Luan:

    OMG! E ainda tem gente acreditando que o LHC poderá criar um buraco negro que irá engolir a Terra!¬¬

    Como já foi muito bem observado na matéria,essa notícia não invalida a teoria das cordas! Entretanto,isso não é motivo pra ficar bitolado em uma única teoria!
    Não estou dizendo que ela seja a única teoria,mas existe uma mídia exagerada em cima dela como se ela fosse “A” teoria!
    A verdade está lá fora! Basta procurar! ^^

  • Marcos:

    Olá a todos !
    Madrugador Sonolento, parabéns por sua postura de incentivo e ânimo aos colegas.
    É disso que precisamos, pessoas que não diminuam as outras e que vejam nestas pessoas potenciais construtores da Ciência.
    Abraços a todos e um Feliz Natal !

  • Jorge:

    São boas notícias, significa que para alguns a Terra estará segura até 2013! O fim do mundo foi adiado em 1 anos 😀

  • Cesar:

    David, provavelmente a Luciana Galastri não sabe nada de elétron-volts, que é a unidade de medida de energias usadas no artigo original.

    Só para constar, um joule corresponde a 6,24150974 × 101^8 eletron volts. Em joules, 4 trilhões de eletron-volts correspondem a meros 6,40870585 × 10^-7 joules, ou 0,0000006408 Joules.

    Um cálculo já feito em outro lugar aponta que a energia da colisão de uma partícula no LHC é menor que a energia que um mosquito usa para voar, ou coisa parecida. O detalhe é que esta energia minúscula está concentrada em um ponto de matéria com massa quase zero, mas a velocidades próximas da da luz, e em uma dimensão minúscula, ou seja, altamente concentrada. É só por isto que tão pouca energia consegue efeitos tão fantásticos, como romper os prótons.

  • Edison:

    Postei aqui só que deu erro, e não quis fazer de novo, pois achava que alguém iria comentar, bem, vamos lá!

    A teoria das cordas já evoluiu, chamada de Teoria M agora, que foi a fusão da Teoria das Cordas, com a Teoria das Supergravidade, o LHC iria testar alguns dos cálculos das teorias das cordas sim e eles fizeram isso quando a teoria se dividiu nas suas 5 partes.
    O LHC agora deve ser “recalibrado” pra poder usar a Teoria M, com seus novos cálculos e com suas novas idéias.
    Nem sei porque tentaram criar um buraco mesmo assim, usando uma teoria meio que “antiga” já, mas nada é antigo o suficiente que não podemos aprender com ela, mas acho que eles já deviam estar usando está grande óbra humana, com mais cautela e ser mais precisos, invés de ficar dando “tiros” com teorias que vários cientistas já estão mudando…
    Abraços

  • César Grenhanin:

    Não entendo algumas pessoas… quando as coisas estão indo bem os comentários são sempre bons, mas quando algo não dá certo na prática devido a teoria estar em partes “errada” o povão mete a boca…
    Querem saber… se não fossem esses caras aí que dedicam suas vidas totalmente aos estudos a maioria de nós nem teria a oportunidade de estar sabendo o que está acontecendo lá!

  • Eu mesmo:

    Acho que esses caras tão brincando com fogo. Se eles não tem noção da quantidade de energia necessária para criar esses buracos negros se utilizarem energia demais pronto um buraco negro mediano engole a Terra, e tudo acaba por conta de uma experiência mal calculada. Mas isso não me surpreende, afinal cientistas criaram a bomba atômica.

  • Milton Mourão:

    Esse trambolho eletrônico está muito fraquinho para testar testar a teoria das cordas, por enquanto. Tem que ser melhorado e muito para isso ainda!

  • cassio:

    Quem consegue parar o Homem? Esse “fracasso” não impedirá os cientistas de, cedo ou tarde conseguirem os resultados desejados. O que hoje parece impossível amanhã será possível.Agora, os fanáticos religiosos e pessimistas de plantão deveriam comentar besteiras lá na praia deles. Se dependessemos desse tipo de gente ainda estaríamos morando em cavernas e comendo cru e frio.

  • Gray:

    Manélo

    É um pouco irônico é você usar um computador para falar mal da ciência… Ou será que que este foi inventado pelo Bispo Macedo, e eu não estou sabendo?

  • Gray:

    David

    Foi um erro de tradução, ou talvez até de interpretação mesmo, já que estas medidas podem ser confusas para leigos.

    Na notícia original, são 3.5 a 4.5 trilhões de elétrons-volt.

  • ana paula camoesas:

    Espero que os desiludidos cientistas não usem as “cordas”para se enforcarem.Da próxima talvez tenham mais sorte.Só há que gastar mais uns milhôes.Mas o que é isso para nós?

  • Manélo:

    o cientista pensa que é Deus e falha em sua busca suicida… bem feito!
    precisam é abaixar a cabeça, chorar e orar pra serem iluminados.

    • aguiarubra:

      Não, camarada, o cientista não pensa que é Deus: o ateu é que se pensa assim.

      O cientista sempre anda com a cabeça baixa, pois não procura mais a “verdade” (hoje em dia, pelo menos!).

      Uma descoberta científica é feita com muita “dor de cabeça”, podes crer! Chorar é até possível, principalmente quando se recebe um Prêmio Nobel, mas não é comum.

      E a “oração” do cientísta é atravessado por derivadas, integrais, vetoriais e outros “…ais”, que ‘iluminam’ os caminhos mentais percorridos, mas será apenas após uma experimentação bem sucedida é que ele será “abençoado” pelas leis da Natureza.

      Numa frase atribuida à Einstein pode-se ler o seguinte: “…Deus não escolhe os capacitados, capacita os escolhidos…”.

      Se é assim, Deus capacitou certas pessoas (atéias, em grande maioria!) para instituir a Ciência.

  • Henrique:

    è estranho como as pessoas tentam provar suas teorias e não a verdade… eu acho a teoria das cordas interessante e até acho que seja possível, mas porque ficar correndo atras de provar uma teoria ao invés de se concentrar em descobrir a verdade

    PS: realmente grande erro colocar energia e volts na msma frase, Volt é a unidade de medida de Tensão também chamada de FEM (força eletro motriz) que seria simplesmente a força q empurra os elétros por um condutor

  • Madrugador Sonolento:

    Caro Rube,

    Não desista do seu objetivo rapaz, eu tambem sou um grande entusiasta da teoria das cordas e não pude deixar de ficar um pouco descepcionado depois de ler essa noticia. Mas como o proprio texto diz isso não a “invalida” totalmente: alguns ajustes deveram ser feitos futuro, e é por isso que precisamos de mentes jovens e dedicadas como a sua para tornar isso possivel…

    … em outras palavras não se desanime: procure não ver as dificuldades que estão pela frente, mas sim, as oportunidades que são criadas em função delas.

    “Não é precisso ser um genio para se fazer algo de significativo para o mundo: basta ter a determinação.”

  • nacama:

    Porra em 2013 ainda…
    O mundo acaba em 2012 =/

  • Rube:

    Acho que essa teoria não precisa de provas,pelo fato de ter embasamento em outras teorias facilmente provadas. Eu estou triste,porque por causa desta teoria decide que irei fazer física para tentar descobrir mais, se não for provada não terei motivos paraproseguir.

  • Maury:

    A Teoria das Cordas afirma ter 11 dimensões ao invés de 12 como dita no post.
    Obrigado.

  • David:

    Energia de 3.5 a 4.5 trilhões de volts ? A energia não se mede em Volt mas sim em Joule, kWh !! (estão a falar de uma tensão?)

    Cumps

Deixe seu comentário!