Misterioso avião robótico está no espaço há 10 meses

Por , em 25.01.2012

Em março do ano passado, a Força Aérea dos Estados Unidos (USAF, na sigla em inglês) lançou um avião robótico, não tripulado, para circular a órbita terrestre em uma missão de 270 dias. Ou seja, ele deveria ter voltado ao solo no início de dezembro. Janeiro já está encerrando, no entanto, e o Boeing X-37 continua no ar. Mas por que esse prazo se prolongou?

A tarefa do avião X-37 B é testar a eficácia de materiais reutilizáveis no espaço, para futuras empreitadas da NASA. Como se trata de testes materiais, os especialistas afirmam que ele deve ficar mais tempo em órbita justamente para se submeter a testes de resistência e durabilidade.

Além do material em si, novas tecnologias de operação de máquinas espaciais não tripuladas estão sendo postas à prova. Em outras palavras, os cientistas querem ver até que ponto os componentes do avião aguentam em funcionamento. Como se trata de um projeto das forças armadas, há quem diga que o projeto tenha secretamente ambições bélicas, mas isso não é confirmado pelos americanos. O fato é que o avião segue operando.

Dessa maneira, a data de retorno do X-37 B à superfície terrestre continua sendo uma incógnita. Nem mesmo os desenvolvedores do projeto podem precisar, atualmente, um prazo para o encerramento das atividades do avião. [MSN]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (3 votos, média: 4,33 de 5)

29 comentários

  • Iago:

    O Povo besta, nunca ouviram falar que o tempo da terra não é o mesmo do espaço ?

    Ps: Se você envelhece 5 anos lá, aqui envelhece 10 ou 15 a frente, se duvida dá uma pesquisada 😀

    • Victor Pimentel Rosa:

      Na verdade você deveria seguir seus próprios conselhos e pesquisar. 6 meses no espaço proporcionam apenas 7*10-3 segundos(0,007s). Seguindo esta linha de raciocínio 5 anos proporcionariam 0,07 segundos á mais, e não 10 ou 15 anos.

  • José Calasans:

    Acredito que esse avião seja para teste de materiais,pois para espionagem,já tem que sobra,e quanto a utilização exclusiva de aviões não tripulados para combates vai demorar um pouco,pois ainda existem problemas que precisam ser resolvidos,por exemplo:Operadores terão que pilotar usando ondas de rádio que podem sofrer interferências naturais ou proposital,podendo até provocar uma mudança de curso ou errar o alvo.

  • Gilberto Naldi:

    Ja é de nosso conhecimento que os USA dominam a tecnologia da aviação não tripulada -os chamados “drones”. Desnecessário dizer que tais aeronaves estão ganhando envergaduras e performance, ininterruptamente. Enquanto as forças aéreas dos países compradores ficam discutindo firulas e repasses de tecnologia, as forças armadas dos Estados Unidos já estão ficando livres das limitações humanas frente a velocidades e as força G, terror de todos os pilotos de todas as forças aéreas! Sem falar do custo de formação destes pilotos que custam fortunas e tem ” tempo de validade” imposto pelos rigorosíssimos exames médicos! Com as aeronaves não tripuladas, um bom “operador” pode “voar” uma esquadrilha toda, de uma sala especial em uma base aérea, sem nenhum risco , em missões arriscadíssimas . Parece que “drones” vieram para ficar e selaram o destino dos caças bombardeiros que já foram transformados em lixo tecnológico! Raffales, Hornets ou Grispen? Façam o jôgo, senhores! São todos parte da obsolescência do setor! Seria como comprar a tecnologia da máquina a vapor!

    • Graziela Alves Correa:

      Gostei imensamente desse comentário e acho ainda que nós infelizmente não teremos mais resgate em relação às tecnologias já existentes se não tomarmos medidas imediatamente, para reduzir um pouco a distância que há entre nós e os países desenvolvidos…..

    • Curioso:

      Velhas regras:
      1. Quando uma tecnologia militar é divulgada, ela já está 20 anos ultrapassada;
      2. O melhor prêço por uma tecnologia é a cópia anexando-se upgrade, antigamente chamada de espionagem industrial. Toda vez que produtor tecnologicamente mais adiantado entra em crise, compra-se os cientistas e o projeto. Ex: quando a União Soviética entrou em crise poderíamos ter comprado a preço de jogador de futebol cientistas espaciais e nucleares e respectivos projetos completos, plantas de fábricas, processos produtivos, etc. (naquela época, cientistas para aquelas bandas, ganhavam como professores no Brasil ganham hoje;
      3. Como já descrito pelos demais colegas: o futuro imediato, econômicamente viavel, é a robótica.

    • CASTOR:

      quando eu fiquei sabendo que o bombardeiro “invisivel” F-117 existia deis dos anos 80 eu fiquei surpreso !
      foi usado na guerra do Iraque

      imagine a quantidade de tecnologia que existe por debaixo dos panos hoje em dia

    • Viviane:

      Gilbertoooo, onde foi que eu errei??? Vc sumiu!!

    • Graziela Alves Correa:

      Oh nao ! Assoberbado com decisões e tarefas mil! Vc nao errou em nada! Estou com saúdes de nossos cafés e bons papos! Vou lugar para agendarmos! Abçs!

  • LIRO:

    Capacidade de levar armas em orbita os EUA tem já faz tempo, Deus sabe se não deve ter alguma por la, e se eles permitiram que filmassem esse avião com dedtalhes, é porque não deve ser nada alem de testes mesmo.

  • Marcos-DF:

    Olá a todos !
    Este tempo que a nave está no espaço, não é, aproximadamente, o tempo gasto numa viagem a Marte ? E para testes de materias, a nave poderia ter outra forma, que não a dos ônibus espaciais …
    Abraços a todos !

    • Bovidino:

      Tudo a a ver com as teorias das conspirações.

  • John jones:

    sera que estão planejando a 3 guerra mundial?

  • Lucyano Valdez:

    Estão espionando alguém: Russia, China, Coréia do Norte, França, Brasil/Amazônia, Colômbia/Farcs, Venezuela, Irã, Frotas de nações que disputam a hegemonia naval deles no Oceano Pacífico, etc. O que esperar de Americanos??

    • josemar silva dos santos:

      Estas nações citadas pelo cidadão ai, teem que ser espionadas constantemente, pois só entendem a voz da força, e só respeitam o mais forte do que eles, além disso com todos os defeitos os americanos são o ultimo bastião, da democracia neste mundo, se eles cairem, certamente iremos falar mandarim.bater cabeça prá buda,ou dançar a balalaika russa,isto sem falar do expansionismo islâmico, que é mais feroz do que todos eles juntos, quanto a nossa nação é uma prostituta geográfica, entra quem quer,todo mundo manda,e somos divididos internamente, somos fracos!!

    • marcello:

      Josemar você disse tudo somos muito fracos.
      moro fora do brasil e tenho vergonha as vezes, pois sempre que falo com um nativo os caras só me perguntam sobre as mulheres brasileiras não existe outro assunto pra se falar com brasileiros alem de futebol e mulher. somos “uma prostituta geográfica”.

  • christ:

    Seria adecuado pensar em comparar este avião ‘secreto” a um ônibus espacial em se trantando de fuselagem, sua decolagem e sua aterrisagem?
    Na lateral deste avião…o que são aquilo nas laterais janelas? Por que haveria de ser janelas e não há ningueḿ lá dentro.São muitas dúvidas. Seria um novo protótipo de Ônibus Espacial? Se o que interessa está lá dentro, por que então o formato de um Avião?

    • João:

      As peças quadradas nas laterais são justamente amostras de materiais, os quais estão sendo testados em órbita e na futura reentrada na atmosfera. Assim pode ser desenvolvido e testado um substituto aos painéis de cerâmica que volta e meia quebravam nos ônibus espaciais.

    • Christovam:

      Valeu João,muito obrigado pela informação, é perguntado e respondendo que se aprende

  • Henrique:

    Bom, simplesmente podemos dizer que este avião de testes foi um tremendo sucesso, e acredito que sua volta para superficie poderá surpreender até a NASA, pois esta ocorrência vai demorar para acontecer.

  • CASTOR:

    eu tenho uma nave dos comandos em ação parecida … dos cobra

    rs

  • ADRIANO:

    Como se trata de um projeto das forças armadas, há quem diga que o projeto tenha secretamente ambições bélicas, mas isso não é confirmado pelos americanos.

    Logico que eles nunca vão confirmar.

  • aguiarubra:

    Com isso, talvez os pilotos de carne e osso não precisarão mais se arriscar nos combates aéreos: com um avião desses, basta pilotar com tecnologia RV, tal qual video-games!!!

    • Bovidino:

      Isso eles já fazem.
      http://noticias.terra.com.br/mundo/noticias/0,,OI5413846-EI8143,00-Paquistao+avioes+sem+piloto+dos+EUA+matam+em+regiao+tribal.html

    • Capitão Caverna:

      Acho qe não é uma avião para combates. Acho qe vocês estão exagerando não é sempre qe os EUA estão com aviões escondidos ou de teste para o exército.

    • Bovidino:

      Pode até não ser de combate. Mas no mínimo é de algum tipo de espionagem.

    • Carlos:

      Eles são sempre culpados.

      Basta encontrar alguma coisa e colar neles.

    • Bruno Ávila:

      Mas, mesmo sendo um avião controlado remotamente, sem a presença humana, esses aviões seriam usados para machucar pessoas. Guerra é isso e não muda.

  • CASTOR:

    o que eles poderiam reutilizar na orbita da terra ?
    sucata de satelites ?

    realmente eu não sei

    ou esse avião tem outros fins

Deixe seu comentário!