Estes são os 3 tipos de pessoas com mais chance de traírem seus parceiros

Por , em 27.07.2017

Traição, infelizmente, é uma coisa mais comum do que a maioria de nós pensa. Uma pesquisa do YouGov, feita em 2015 para o portal The Sun, descobriu que um em cada cinco adultos britânicos já tinha tido um caso extraconjugal, enquanto um terço dizia ter pensado nisso. Um quarto admitiu ter tido dois casos, enquanto 20% tiveram três ou mais e 8% cinco ou mais.

Para o autor best-seller do New York Times e “estrategista de vida romântica” Matthew Hussey, não existe uma definição única de traição. Traição é “o que quer que você tenha decidido que está fora dos limites” com seu parceiro ou parceira. “Em uma relação aberta, pode ser que traição seja dormir com alguém e não contar ao outro”, explica.

Segundo Hussey, no entanto, existem três tipos de pessoas que são mais propensas a trair do que outras. Veja quais:

1. Narcisistas

“Para os narcisistas, tudo é sobre provar o quanto eles são adoráveis”, disse Hussey. “Não é suficiente que uma pessoa os amem; eles querem ter certeza de que todos os amam. Os narcisistas só se sentem bem quando alguém os beija, flerta com eles, dorme com eles”, acrescentou.

Um estudo descobriu que pessoas narcisistas se sentem menos comprometidas em geral nos relacionamentos românticos, em parte porque gostam da ideia de encontrar alguém melhor.

2. Inseguros

“As pessoas inseguras são algo para tomarmos cuidado. Não me refiro a um nível básico de insegurança que todos nós temos, porque todos temos nossas próprias dúvidas e preocupações sobre nós mesmos. Mas quando alguém é tão inseguro que se você não lhes dá amor hoje, vão procurá-lo em outro lugar – isso é arriscado”, afirma o especialista.

Se alguém fica sem carinho por muito tempo, a propensão a trair vai aumentar. Durante um período suficientemente longo, se alguém te tratar com frieza ou distância, qualquer coisa pode acontecer.

“Mas, em um curto período de tempo, se alguém constantemente depende de demonstrações de amor para não te trair, isto é perigoso e decorre do ego”, argumenta Hussey.

3. Egoístas

Hussey acha que “pessoas egoístas que não têm um padrão moral quando se trata de seus relacionamentos” são o terceiro tipo mais propenso a trair.

“Eles sabem que seus parceiros odiariam serem traídos ou ficariam traumatizados por isso, mas suas próprias necessidades egoístas vêm em primeiro lugar”, ilustra. “Ou eles têm um código de ética diferente para si mesmos – o que é simplesmente injusto – ou são hipócritas”. [IFLS]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (11 votos, média: 4,45 de 5)

Deixe seu comentário!