O que o salto alto faz com a saúde de uma mulher

Por , em 6.06.2013

Qualquer um que já usou salto alto vai se surpreender que demora tanto tempo: segundo uma nova pesquisa, sapatos altos começam a doer após uma hora, seis minutos e 48 segundos de uso.

Pior: para delicadas 20% das mulheres, sapatos altos começam a machucar depois de apenas dez minutos.

Essas estatísticas vêm da College of Podiatry, uma sociedade de podólogos e pedicuros do Reino Unido que entrevistou 2.000 homens e mulheres e 60 profissionais britânicos.

Mais de um terço dos entrevistados disseram que seus pés já tinham doído tanto em uma noite que eles dançaram e caminharam para casa descalços.

O podólogo Mike O’Neill advertiu que apertar os pés em sapatos pode causar danos a longo prazo, incluindo artrite, fraturas por estresse e nervos presos, condições que podem até mesmo exigir cirurgia ou injeções de esteroides.

“Não há absolutamente nenhuma dúvida: as mulheres que usam saltos altos estão se colocando em risco de danos permanentes em nome da moda. Dada uma escolha entre um elegante par de sapatos ou pés agradáveis, muitas escolhem os sapatos”, argumenta O’Neill.

Segundo ele, quanto maior o salto, mais eles inclinam o corpo para frente e mais você tem que se inclinar para trás para compensar. Isso pode colocar a sua pélvis fora de alinhamento e causar compressão da coluna vertebral.

“O salto alto aperta o pé para a frente, o que espreme os dedos juntos e pode causar unhas encravadas, áreas ásperas na pele, manchas e calos. E como os dedos são esmagados, a umidade fica presa, causando pés encharcados, o que é um terreno fértil para micose”, acrescenta.

Além de todos esses problemas, o salto pode fazer com que até mesmo usar sapatos baixos doa.

“Usar saltos altos encurta o tendão de Aquiles drasticamente, o que provoca dores incríveis quando você tenta usar sapatos rasteiros. Qualquer sapato com um salto maior do que 5 centímetros é uma preocupação. Se as mulheres querem altura extra, seria melhor usar plataformas”, conta O’Neill.

Dados reveladores sobre o salto alto

De acordo com o estudo, uma em cada quatro mulheres já dançou descalça em um clube ou bar depois de não aguentar a dor por mais tempo. Um terço já tirou os sapatos e andou descalça para casa por causa do desconforto.

O estudo também descobriu que enquanto as mulheres geralmente possuem 17 pares de sapatos, homens possuem apenas oito. Somente 12% dos homens admitiram passar dor por causa de sapatos elegantes, mas desconfortáveis.

Duas vezes mais mulheres do que os homens relataram sofrer de calos, calcanhares rachados e joanetes.

[box]Os 10 principais problemas de pé enfrentados pelas mulheres são:

Bolhas (55%)

Calcanhares rachados (45%)

Verrugas (28%)

Calos (24%)

Unhas encravadas (20%)

Micose (20%)

Joanetes (13%)

Problemas de articulação (11%)

Odor excessivo (9%)

Artrite (9%)

Problemas musculares (8%)[/box]

No entanto, apesar desses e todos os outros problemas que elas podem ter, 20% das mulheres se recusam a buscar ajuda médica, porque acreditam que sua queixa de dor no pé não é importante.

Finalmente, os resultados mostram que as mulheres mais jovens são as que mais se “torturam”. Quanto mais jovem a mulher, maiores são seus saltos. Cerca de 20% das pessoas com idades entre 18 e 24 anos possuem um par de saltos de 15 centímetros, comparado a 10% das pessoas com idades entre 25 a 34 anos e apenas 3% das com 35 a 44 anos de idade.[DailyMail]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)

3 comentários

  • Camila Godoy:

    São raras as vezes que eu uso saltos, sou feliz com meus 1,53 de altura. Sou mais um sapato baixinho e confortável!

  • Dinho01:

    E na naquela matéria de “5 dicas para atrair um homem”,uma delas não era usar salto alto?!

  • Bond James Bond:

    Detalhe: sofrem porque querem.

Deixe seu comentário!