Seleção natural está tornando as mulheres mais altas e magras?

Por , em 19.05.2013

Em muitos lugares ao redor do mundo, casais estão vivendo mais e tendo menos filhos. A mudança na reprodução e longinquidade humana pode estar afetando o modo como a seleção natural age sobre o tamanho do corpo feminino.

Uma nova pesquisa mostra que, graças a esse novo estilo de vida das pessoas, as mulheres tendem a ser mais altas e magras. Isso porque mulheres com esse biotipo tendem a ter mais filhos. O fenômeno foi observado em comunidades rurais na Gâmbia, mas estudiosos acreditam que pode ser observado no resto do mundo.

Pesquisadores da Universidade de Durhan (Inglaterra) analisaram dados de duas comunidades femininas na Gâmbia, coletados pelo Conselho de Pesquisa Médica do Reino Unido entre 1956 e 2010. Essas informações forneceram o peso, altura e índice de massa corporal (IMC) das habitantes das aldeias durante quatro gerações.

Durante esse período, a vida das mulheres mudou consideravelmente, com o declínio acentuado de taxas de mortalidade e natalidade. Pesquisadores acreditam que isso está relacionado com a melhoria da nutrição e cuidados médicos nas comunidades, que receberam uma nova clínica de saúde em 1974.

O peso e altura das mulheres também mudou ao longo dos anos. A análise feita no estudo mostrou que a seleção natural para a reprodução inicialmente favorecia as mulheres baixas e mais gordas, mas com o tempo passou a beneficiar as mulheres mais altas e magras, que passaram a ter mais filhos que a média.

Os pesquisadores afirmam que não é totalmente claro por que a seleção natural mudou a média do tamanho dos corpos das mulheres ao londo dos anos. Em parte, isso pode ter acontecido porque a seleção começou atuar menos na mortalidade – anteriormente elevada na região – e mais na fertilidade ao longo do tempo. Mas outras mudanças ambientais podem ter desempenhado um papel importante também.

Como as taxas de mortalidade e natalidade estão se alterando por todo o planeta, a seleção pode ser observada em ação por outras regiões do mundo, de acordo com pesquisadores. [MedicalXpress/DailyMail]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votos, média: 5,00 de 5)

5 comentários

  • Milena J.:

    Puxa, mas o mundo já está com superlotação e a natureza ainda quer mais? Tenso…

  • Matianelus:

    Se essa é a intenção da Seleção Natural, então ela deve estar indecisa pois o que se observa no mundo são mais mulheres (do que homens) sofrendo de obesidade. Isso sem falar que, como mamíferos que somos, as fêmeas tendem a ter corpos menores. As evidências são mais fortes do que as teorias!

  • Andre Duarte:

    É porque a nossa sociewdade tem predilecao poe r esse biotipo, eu meamo casei com uma magra e alta, minha filha tambem o é

    • Milena J.:

      Acho que não, senão as mulheres frutas não fariam tanto sucesso rsrsrs. Magra é bonita só na passarela e toda montada. Agora quem vai se beneficiar da altura das mulheres são os Drag Queens…

  • Bruna Guimarães Corrêa:

    Poxa não evolui junto -qq

Deixe seu comentário!