Será que fizemos sexo com os Neandertais?

Por , em 4.09.2012

Os Neandertais são seres humanos primitivos que viveram entre 130 mil e 30 mil anos atrás. Nós, seres humanos modernos, fomos a única espécie que sobreviveu até hoje para contar essa história.

Porque outras espécies humanas desapareceram/se extinguiram, os pesquisadores ainda não sabem. Mas eles especulam que algumas delas ainda podem viver em nós: os próprios Neandertais.

Eles coexistiram conosco durante um tempo. Provavelmente, nós encontramos com eles quando migramos para fora da África, entre 50 e 80 mil anos atrás. Como existe essa teoria, havia também a dúvida: será que as espécies cruzaram? Será que fizemos sexo com os Neandertais?

As evidências genéticas, até agora, apontavam para o “sim”. Há um tempo, um pesquisador canadense descobriu um fragmento de DNA Neandertal que está presente em 9% dos seres humanos em todo o mundo (principalmente Europa e Ásia), exceto na África.

Isso indicava que nós dividimos informações genéticas com eles. Quando o genoma Neandertal foi inteiramente sequenciado, cientistas perceberam que 1 a 4% do genoma humano moderno veio dessa espécie. Tudo parecia conspirar a favor da teoria de que teve “rala-e-rola” entre humanos e Neandertais.

Exceto que um novo estudo da Universidade de Cambridge (Reino Unido), publicado na revista Proceedings of the National Academy of Sciences, afirma que uma ascendência em comum, não o cruzamento, explica melhor por que alguns humanos compartilham 1 a 4% do seu DNA com os Neandertais.

Os pesquisadores acreditam que um ancestral comum de ambas as espécies viveu na África e na Europa cerca de meio milhão de anos atrás. Entre 350.000 e 300.000 anos atrás, o povo europeu e o africano da espécie ancestral se separaram. A gama Europeia evoluiu para os Neandertais, enquanto a africana tornou-se os seres humanos modernos.

Sendo assim, os seres humanos modernos da África do norte (mais próximos da Europa) teriam retido mais DNA ancestral compartilhado com os Neandertais do que os seus primos mais ao sul. Quando esses seres humanos modernos saíram da África para a Europa e Ásia cerca de 60.000 a 70.000 anos atrás, eles trouxeram com eles traços ancestrais comuns com os Neandertais que prevaleceram até a população atual.

As conclusões baseiam-se em modelos de ancestralidade comum e diferenças geográficas entre populações dentro de cada continente. “Nosso trabalho mostra claramente que os padrões vistos atualmente no genoma Neandertal não são excepcionais, e estão em linha com as nossas expectativas do que veríamos sem hibridação (cruzamento)”, finaliza o pesquisador Andrea Manica.

Ainda assim, não é possível afirmar que a hibridação não ocorreu de forma alguma. Então, enquanto os especialistas acreditam que seja extremamente improvável (outro estudo do ano passado também descobriu que, mesmo se humanos e Neandertais fizessem sexo, esse cruzamento dificilmente produziria prole – a taxa de sucesso é de, provavelmente, menos de 2%), pode ser que, afinal, nós fizemos sexo com os Neandertais. [LiveScience]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (3 votos, média: 5,00 de 5)

21 comentários

  • ns8094001:

    o homem de neandartal podera ser sido extinto ,com a alteraçao do clima, vieram mudanças alimentares

  • Cicero Eduardo:

    cara ,fomos trazidos para esse planeta,bem como algumas plantas e animais, nosso DNA foi manipulado por seres lá nos confins do universo.

  • Josiel Jantara:

    A primeira coisa que não explica nada

    Os humano sairam da africa e cruzaram com os nerds
    de onde sairam os humanos? e os nerds de onde

  • Antonio Siqueira:

    Baseado em pesquisas e traduções de textos antigos imagino que:
    a) A raça humana original era composta pelos Neandertais;
    b) Por mutação genética alguns Neandertais evoluíram para Homo Sapiens;
    c) Os Homo Sapiens já eram (como hoje continuam sendo, uma raça humana extremamente belicosa;
    d) Muito rapidamente, em poucas centenas de anos talvez, já não sobrava nenhum Neandertal para contar sua história. Só remanesceram nos genes dos seres gerados nos cruzamentos.

  • Dayanny Rodriguez:

    Rapaz, os Homo sapiens praticam zoofilia, tá que eles não iriam ter relações sexuais com uma Neandertal AFF Seres humanos são mais animais que muitos animais irracionais.

  • William Moraes Corrêa:

    Nós? Nós quem? Nós vírgula. Eu não fiz sexo com os Neandertais. Quem fez aí? Levante a mão.

    Com certeza, os hominídeos faziam sexo entre si. Afinal, todos eram da espécia humana. Os neandertais também.

    Sob minha ótica, o evolucionismo é parte integrante do criacionismo. Tudo é regido pela força maior e dela provém. Acontece, que a vida leva anos e anos pra se aperfeiçoar. Viemos de células nas águas e hoje somos o que somos. O que seremso amanhã? E botem milênios e milênios de evolução.
    Não sei por que diferem criação e evolução. Uma coisa só.

    Neandertais eram humanos. Como hoje, haviam várias tribos em processos diferentes de evolução. E, se Darwin não estava de todo certo, passou perto. Ele ao menos tentou. Quem aí chegou à metade do que ele fez?

  • Jonatas:

    Cícero:
    Você erra ao interpretar ciências e teorias especulativas com visão religiosa, e não me deu nenhuma resposta que negue o que digo de ti: você filtra conteúdo para se manter em sua fé; eu posso te citar mil contra um em pesquisas, descobertas e indícios que confirmem o Evolucionismo como amplamente superior em realidade e fatos ao criacionismo, mas você filtrará esse exato um e só acreditará nele. O problema é esse, você não pensa de forma abrangente, sua mente está fechada.
    1 – Ciência, e nem Eu, estamos contra a religião e a veracidade bíblica: o que for real confirmaremos empiricamente, o que é mito é mito, até prove-se o contrário – não provaram. Pessoas darem suas vidas por algo que acreditam NÃO significa que isto é real, prova NADA. Homens bomba dão sua vida para matar americanos: isto prova algo? prova que eles estão certos e têm a espada de Alá? Soldados americanos deram sua vida para os EUA invadirem terras de outros povos: eles estavam certos? tinham razão? ah por favor…

    Pior exemplo que algum religioso já me apresentou, aprecio inúmeros amigos religiosos inteligentes que tenho, incluindo nesse site, não partilhar da crença não significa me opôr, estamos no século XXI, amigo de verdade está acima do separatismo que as crenças sempre implicaram, o primitivismo mais latente da humanidade

    2 – Ateísmo, o legítimo, não é Religião, não é Crença, é VISÃO. É ver o mundo do jeito que é, e não do jeito que se interpreta. Deus existe? Não sabemos, mas não detectamos, logo não existe, até prove-se o contrário ou ele descida se apresentar. Tudo que já acreditamos outrora ser divino: Sol, Lua, Vulcões, Trovões, Arco-Íris, se provou natural, e continuamos nesse constante processo, a jornada da Descoberta. Ser ateísta é ser desperto pra vida, o processo da humanidade tornando-se mais descrente e mais racional é o processo da criança que aprende que papai noel não existe. A morte da fantasia é lenta e dolorida, entristecedora, mas necessária. E o mais importante: temos a liberdade de ser bons de verdade, sem esperar recompensas do além. Temos a liberdade de aceitar que o destino está em nossas mãos, e que podemos tornar o mundo melhor se realmente quisermos.

    3 – Astronomia e Bilogia são campos que você pesquisa constantemente para apoiar suas certezas religiosas, já devia ter aprendido o suficiente para entender taxonomia: Neandertal é outra espécie, por mais que parecida seja – não faltam seres na natureza com semelhanças que sejam ainda maiores, mas sendo espécies distintas – são pertencentes ao mesmo gênero: Homo, há autores que consideram uma sub-espécie, mas são minoria, com menos dados relevantes: do contrário essa classificação prevaleceria, bom, isso não aconteceu. Neanders foram nossos contemporâneos a dezenas de milhares de anos atrás – bem antes de sua eva mitocondrial.
    E falta entender de colisões de asteroides: Morrerá negando que um bólido chocou com a Terra levando a uma grande extinção a 65 milhões de anos por não ter energia… Astronomia amigo… leia como esses eventos são destruidores, isso é observável, é fato, é real. Mas e daí… nem mil artigos contra um na astronomia te convencerão que este um está errado, ou sua interpretação.

    4 – Platão escreveu suas próprias obras, estão em qualquer lugar e sua filosofia transformou o mundo, ele é autor. Jesus é citado em obras, é mais personagem do que autor, mas também transformou o mundo. Eu pessoalmente acho provável ele ter existido mesmo assim, mas como homem que inspirou esse mito, e não como ser transcendental. A obra resultante é a fé que moldou o ocidente, e toda a violência consequente certamente não é culpa dela, mas da cede de poder e controle de seus defensores.

    5 – Eva mitocondrial a 6.000 anos pode ser ou não real, mas bem diferente da interpretação bíblica. O termo se refere a uma informação genética que se tornou mais latente em uma determinada altura do processo do crescimento populacional da humanidade. Mais uma vez sua interpretação pega um exemplo científico e o transforma em religioso. Nem a própria pesquisa disso confirma as certezas que você tanto defende, são especulativas, há muito a ser estudado, descoberto.

    6 – Tenhas um bom fim de semana. Respondi por direito de resposta, respeito a sua postagem e prazer de apresentar comentários. Não pra convence-lo de algo *não posso, não quero e não preciso* :), isso é coisa de pregadores, não de Jonatas.

    Um abraço

    • Cícero:

      Prezado colega debatedor,

      Concordo com vc: “teorias especulativas”
      Qual a pesquisa/estudo/trabalho científico comprova que o acaso+sorte+tempo produza da LAMA, informação e vida e DNA de material inorgânico em ambiente estéril e dali amebas e depois mais milagres através da sorte+tempo+acaso criar OLHOS e CÉREBROS tornando-se HUMANOS? e toda a complexa fauna/flora a nossa volta? como o sofisticado radar dos morcegos ou sensores de localização das abelhas ou a bússola do salmão no nariz em microscópicos cristais de magnetite – o mesmo mineral usado nas bússolas CRIADAS pelo homem! Mas se vc cre que toda a estrutura do salmão e sua bússola no focinho surgiu casualmente, deve aceitar que bússolas usadas por humanos também surgem casualmente…

      Complexidade e informação especificada em tudo é o que mais vemos no Universo. Portanto é ilógico, irracional e incoerente achar que tudo surgiu às cegas sem intenção, sem direção, sem precisão e sem inteligência: fruto de acidentes fortuitos começando por uma abiogenese acidental, depois de uns bilhões de anos do início acidental do universo. E ainda assim, a combinação acaso-tempo-sorte precisa de uma Causa Inicial pra sua existência.
      Lembrando que a experiência de Miller-Urey não gerou o menor sinal de vida orgânica e outras tiveram os mesmos resultados desanimadores.
      Contudo, estas aberrações especulativas são defendidas ferrenhamente pela religião Darwinista.

      1.Há um abismo estrondoso de diferenças entre morrer pelo Islã e por Cristo.
      O islamismo é opressor, dominador. Prega a morte dos infiéis e ódio generalizado com basa na sharia, sua lei.
      Alá ordena que os muçulmanos aterrorizem os não muçulmanos em seu nome:

      “Eu instilarei terror nos corações dos infiéis, golpeai-os acima dos seus pescoços e arrancai todas as pontas dos seus dedos. Não fostes vós quem os matastes; foi Deus” (Sura 8:13-17).
      “Imprimi terror [nos corações dos] inimigos de Deus e vossos inimigos” (Sura 8:60).
      “Combatei-os [os não muçulmanos] e Deus os punirá através das vossas mão, cobri-os de vergonha” (Sura 9:14)
      “O castigo para aqueles que lutam contra Alá e contra o seu Mensageiro, e semeiam a corrupção na terra, é que sejam mortos ou crucificados ou lhes seja decepada a mão e o pé de lados opostos, ou banidos” (Sura 5:33).

      Bem diferente dos ensinos do Novo T. não achas?
      Ninguém morre por Cristo tentando matar os “infiéis”.

      2. Mas tem todas as caracteristicas de religiões. Conceitos, ideologias, militância, movimentos, sites, blogs difundindo a doutrina ateísta.
      “logo não existe, até prove-se o contrário ou ele descida se apresentar.”
      Mas desceu, na pessoa de Jesus Cristo e as provas de Deus são fartas:
      cosmológico, teleológico, ontológico, moral, religioso, o mal, a alegria, causalidade, experiências, histórias-profecias cumpridas, Jesus, mistos, citações de ateus, consciência, qual vc prefere?

      3. Há pesquisas que afirmam que os Neanders na Europa andavam encurvados devido a deficiência de vitamina D em sua dieta, causando raquitismo devido a baixa incidência de sol nas cavernas, montanhas dos alpes onde viviam. Mas obviamente essa teoria vai contra o “establishment cientifico” que quer empurrar goela abaixo a suposta linha evolutiva deles até nós, quando fartas pesquisas indicam que eles e nós são contemporâneos.
      Pergunto: aborígenes, pigmeus ou mongóis não são Sapiens? seriam outras espécies?

      Quanto ao bólido, é vc que não aceitou meus links cientificos mostrando a impossibilidade de um único bólido: tipo o do México provocar extinção global.
      Há estudo que diz que foi devido ao frio. Sendo assim, a extinção dos dinossauros continua um mistério para os naturalistas.
      Contudo, durante o Dilúvio não se descarta a ocorrência de meteoros também.

      4.Jesus certamente não veio pregar um mito ou filosofias; mas o reino de Deus dentro de nós, com o novo nascimento que todos precisam pra serem salvos e libertos tendo uma vida verdadeira cfe. diz Jo 3:5. Se fosse mais um filósofo, erudito dos tempos antigos ficaria nesse mesmo nível, e não influenciaria e mudaria tanto na época e agora o mundo.
      Isso porque seus ensinos eram confirmados com sinais, prodígios e milagres, algo que outros não faziam, porque é de fato o próprio Deus-Homem-Encarnado.

      5. “Nem a própria pesquisa disso confirma as certezas que você tanto defende”
      Não defendo nenhuma “certeza” com relação aos 6 mil anos; já tinha te dito. Apenas achei um link cientifico que mostra isso, mas obviamente pode estar errado.
      Mas são os crentes fundamentalistas evolucionistas que insistem nos milhões/bilhões de anos mesmo as datações apresentando fortes discrepâncias.

      6. Obrigado, igualmente.
      Apenas defendo minha fé cristã e a Criação Sobrenatural como cristão; e jamais poderia te convencer/converter a algo.
      Isso é obra do Espírito de Deus, mas terias que abrir o coração a Ele, pois Ele respeita nossas escolhas.
      “Digno és, Senhor, de receber glória, e honra, e poder; porque tu criaste todas as coisas, e por tua vontade são e foram criadas.” Ap 4:11

      Abraços.

    • Jonatas:

      Cícero, não subestime a lama, não subestime a natureza. Os átomos e as cadeias moleculares, O universo do quântico ao macro-universo, é maior e mais poderoso que nosso DNA, e nossa biodiversidade, e até nosso cérebro. A Vida é colossal e vai demorar muito a conseguirmos em laboratório, mas pra nós, para o Universo é um reles subproduto.
      1 – Há diferenças, mas não abismantes assim, por sinal há muitas semelhanças e métodos opressores – só que o cristianismo amadureceu mais depressa por que se subdividiu, enquanto o islã continua muito extremista, e muito menos ramificado… No entanto ambas já mataram e fizeram horrores, como comentei anteriormente: culpa dos seres humanos, não das doutrinas. Mas morrer por algo que se acredita continua não sendo nenhuma prova de que é real.
      2 – Eu poderia julga-lo pelos crentes malucos que pregam na esquina pedindo um dízimo de 10% do seu salário pra o pastorzinho pagar seu terno bonito? claro que não. A maior parte dos ateus que conheci são militantes tão chatos quanto esses crentes, até piores. O verdadeiro ateu não faz militâncias e pregações, é ateu por visão e razão, não por coração e fé. Nem pedimos pra ninguém se converter, sabemos que cada ser humano vale realmente pelo que ele é, e não pelo que acredita. Essas tuas provas – emoções, sensações, acontecimentos – são muito vagas e retrógradas, nada que a psicologia, neurologia e biologia não expliquem sem a necessidade de Deus. Ou apenas mitos populares tão reais quanto fotos de OVNIs. Não são provas, amigo, são mitos, contos e narrativas, e mitos não provam nada. Nem tampouco profecias, que são simbólicas e interpretáveis.
      3 – Amigo, há pesquisas de tudo que procurar, por isso é necessário ponderar e optar pelo paradigma dominante em volume de dados e probabilidade, e não pelo mais compatível ao que você acredita. Aborígenes são apenas outras raças, não espécies, nem subespécies. O meu conhecimento em astronomia já me da uma base maior nesse campo que artigos na íntegra, e realmente a extinção é um mistério, mas me baseio no paradigma dominante: o impacto.
      4 – Aí é sua fé, eu conheço essa história, muito bonita, mas o que tem de VERDADE? Jesus não mudou o mundo, mudou o ocidente, e pergunte aos povos mutilados pelo colonialismo catequista europeu se foi algo positivo.
      5 – Se as datações não fossem confiáveis, a ciência não as teria tomado por padrão.
      E finalmente aberrações especulativas são suas conclusões, meu amigo:
      Para você, um livro religioso, simbólico e filosófico é capaz de descrever segredos da natureza e da existência melhor que as ciências que se dedicam a experimentação, matemática minuciosa e detalhada junto com o intelecto por gerações de estudiosos, e em campo, não em linhas e manuscritos.
      No fim, qual é o absurdo?

    • Cícero:

      Jonatas,
      não substime o Sobrenatural; por isso ele criou o espantoso macro-universo; e acaso já foi confirmada sua inexistência?
      Uma explosão amoral, impessoal, material ter dado origem a seres morais, pessoais e inteligentes. Do nada ao tudo, do caos a ordem, do sem sentido ao sentido.
      Na origem e ordem da vida, em leis delicadas e precisas, em complexidades diversas irredutíveis corroboram um Criador Pessoal Divino. Pra mim isso é fato e lógico.

      1.Concordo, o problema está no homem. A Palavra diz: “maldito o homem que confia no homem”. Religiões institucioniais oficiais organizadas, não representam o verdadeiro Cristianismo. Ele é algo que ultrapassa esta vida.

      Pra pessoas que estão quase a beira da morte e deprimidas dizer a elas: “Bem, a pessoa morre e desaparece para sempre. O ateismo, porém, está a avançar já fomos a Lua e dentro em breve chegaremos a Marte”, ou “estamos contruindo uma sociedade ateista feliz”
      É um conforto muito frio, que consolação há nestas palavras? Falem porém a eles ou a suas famílias no amor dum Pai celestial e na esperança dos cristãos em viver eternamente com Ele no céu, e então verás a diferença.

      Jesus disse: “todo aquele que vive e cre em mim, nunca morrerá”.
      Na revolução russa alguns cristãos foram condenados a morrer afogados. Neste momento um deles exclamou: “Vamos para Deus! que diferença faz se for por terra ou mar.” Muitissimos foram deportados para sibéria a trabalhar como escravos até a morte. Estes cristãos não temiam a morte
      Mas vc dirá e daí? o que isso prova? e eu digo, e daí o que o ateísmo prova? Prefiro o exemplo desses mártires e tantos outros hoje; a achar que a vida é apenas um vento que se vem e vai.

      2. As provas são bem reais entrando em vários campos do conhecimento: filosófico, histórico, científico, social, psicológico.
      E há profecias bem precisas, como as realizadas em Cristo c/mais de 200 características preditas pra ele.
      Ou a predição de surgimento e quedas de vários reinos do passado (Assíria, Babilônia, Persa, Grecia, Romanos) e outros menores.
      Ou a predição de reis como de Ciro, citado 150 anos antes de seu nascimento pelo profeta Isaías.
      Ou o avanço científico em inúmeras áreas como profetizado em Daniel 12:4, assim como o surgimento dos atuais carros que usamos em Naum 2:4.
      Ou a maior de todas: a existência de ISRAEL!
      “Os povos antigos bárbaros, os egípcios, os babilônicos, os persas, os gregos, os romanos, os árabes (até hoje) e os nazistas -todas as grandes civilizações do mundo- tentaram destruir os judeus e acabaram desaparecendo…os judeus (uma tribo de fazendeiros religiosos), vivem e prosperam até hoje…a despeito dos esforços para destruí-los empreendidos por tantas nações poderosas, dos tempos antigos até os dias de hoje, os judeus MIRACULOSAMENTE sobrevivem.” – (Pinchas Stolper)
      Isso são FATOS, meu amigo e não mitos ou contos …

      3. Se aborígenes são outras raças, por que Neandertais não seriam?
      Um “paradigma dominante” não significa estar correto.

      4. Como eu disse “religiões cristãs” são coisas de homens. A cobiça e domínio em nome da igreja, do papa, de cristo, da religião são incompatíveis com os ensinos de Cristo e os apóstolos no Novo Test. Muitos dirão naquele dia: “Senhor, Senhor…” mas Ele dirá: “Nunca vos conheci”. Um ladrão, assassino, bandido cruel também pode dizer-se “cristão”.

      5. É um padrão especulativo aceito pelos crentes ideológicos da religião darwinista que não admite datações curtas, pois a evolução supostamente precisaria de tempo p/ocorrer.
      Se quiser, eu teria vários exemplos de grandes discrepâncias nesse ponto.
      Além disso os geólogos assumem erroneamente:
      -Que a taxa de decaimento de isótopos radioativos foi sempre constante;
      -Que não houve contaminação/impurezas externa, supondo que a amostra está numa redoma de vidro intacta.
      -Que as condições iniciais da amostra são conhecidas. Não dá para voltar atrás no tempo até à altura em que a rocha se começou a formar e acompanhar o seu desenvolvimento. No final é mais uma escolha pessoal.
      A ciência é uma forte aliada da Bíblia, confirmando vários eventos. E vc sabia que a bíblia explica certas coisas que a ciência ainda não sabe, como:
      Por que as nuvens pesadas logo não desabam?! ou por que a força centrífuga da Terra e mais a translação não expulsa o oxigênio pro espaço, visto que a Gravidade é insuficiente pra manter o oxigênio aqui?!!

  • Cícero:

    Na verdade, os hominídeos do passado mantinham relações sexuais entre si, erectus, habilis, neanderthals com evidente troca de genes. Logo, não há ancestrais dos seres humanos. Nós somos assim desde o início. Cfe. estudos indicam: http://www.pnas.org/content/early/2011/08/29/1109300108
    E muitos evolucionistas concordam que vários destes hominídeos não passam de símios extintos.

    Esses homínideos nada mais eram que nossos irmãos antigos.
    Quaisquer criaturas simiescas que tenham vivido na passado eram exatamente isso: símios e não humanos.

    • Jonatas:

      Filtrar conteúdo em defesa da tese criacionista de nada vale se apresenta afirmações imprecisas e conclusões baseadas apenas em sua opinião.
      E se concordas com os evolucionistas que dizem que a maior parte destes hominídeos nada mais eram que nossos irmãos antigos, o próprio significado de irmão implica em descendência comum, um pai na mesma analogia, e cientificamente um Ancestral Comum.
      Concluindo, seu comentário apenas reforça o Evolucionismo a cerca de nossa espécie.

    • Cícero:

      Caro Jonatas,
      Não são “baseadas apenas em minha opinião”, mas em publicações científicas.
      A prova são os cruzamentos do Gênero Homo. Se fossem de espécies/gêneros diferentes não poderia haver cruzamentos. Logo, são todos humanos.
      http://g1.globo.com/ciencia-e-saude/noticia/2011/09/homem-moderno-trocava-genes-com-hominideos-no-passado.html
      Os fósseis de antigos seres humanos que tem sido encontrados, e que ligeiramente diferem do homem atual; algo natural e comum em todas as espécies; revelam a riqueza do potencial genético com que o Criador dotou a espécie humana.

      Sim, houve um Ancestral Comum – casal – pra gerar a raça humana obviamente. Uma casal inicial real, macho e fêmea – Adão e Eva que a bíblia menciona que tiveram filhos reais – por que duvidar de sua existência; geradora de nossa descendência até hoje?

    • Jonatas:

      Está se baseando totalmente em religião e ainda diz que não é opinião própria em sua conclusão? desculpe, mas é isso um contra-sentido. Pesquisa e publicação científica existe em todo o canto da web, muitas forjadas *informação verdadeira manipulada para passar uma ideia tendenciosa, e poucas reais e realmente confiáveis – periódicos científicos, mas nenhuma conclusiva e provando algo *e como provar algo via texto? francamente – a conclusão está sendo exclusivamente sua.
      A verdadeira razão de minha descrença na bíblia você mesmo evidenciou agora – adão e eva, maçã e cobra falante? essa criacionite é fruto exclusivo da opinião religiosa, sem nenhuma evidência científica *e muito menos lógica, e conheço muitos religiosos que concordam, isso é conto de fadas*, desculpe mas nada a ver citar isso; prefiro a isso até a tese dos deuses astronautas. Lisandro descreve em seus posts com perfeição a evolução humana – biologicamente, geneticamente e inclusive geograficamente, simplifica essa tal Eva mitocondrial, devias ponderar com ele, se se baseia realmente em pesquisas e não em fé.

    • Cícero:

      Então eu devo acreditar em sua conversa furada fundamentalista religiosa em vez dos estudos da PNAS? é isso?
      Não tenho culpa de vc ou Lisandro serem céticos à ciência, e não crerem em outros estudos como este da S.A.(achando que tudo é manipulado, adulterado) que afirma a igualdade de sapiens e neandertal:

      “Nossos irmãos do homem de Neandertal: Por que eles NÃO eram uma espécie separada”
      “As espécies do homem de Neandertal não foram extintos, porque NUNCA FOI uma espécie separada”
      “enquanto outras populações neandertais sobreviveram através de cruzamentos com os SEUS MODERNOS irmãos e irmãs humanos, que VIVEM ATÉ HOJE.”
      http://www.scientificamerican.com/article.cfm?id=our-neandertal-brethren

      Ei,… a bíblia não cita maça. Então os fósseis achados de serpentes com pernas são contos de fada também? Jesus e o Novo Test. citam Adão e Eva, então estavam mentindo? ou só vale aquilo que nos interessa pessoalmente nos escritos do Novo Test.??

      E vc sabia que há estudos também indicando que a Eva Mitocondrial teria vivido a meros 6 mil anos atrás!

    • Jonatas:

      Sei lá você já me apresentou textos melhores outrora – me chamar de fundamentalista religioso é quase uma ofensa *é o oposto do que sou*, mas eu não ligo, e nem ligo pra esses links que tu posta pois são até úteis, eles fortalecem a minha confiança no método científico – o constante questionamento, e a minha certeza que você filtra os mais compatíveis com tua fé e aí levanta suas interpretações com meias verdades – uma arte política, mas infelizmente prejudicial ao seu discurso.
      Achamos registros fiáveis da existência de reinados como Davi, Salomão, em fim, evidenciam a bíblia como uma referência de passagens históricas e interpretações advindas dos costumes da época, nada mais, nada de mágico e milagres do passado e ressurreição de Jesus e qualquer outro desses mitos foram provados ou sequer há indícios consideráveis, portanto estão no mesmo patamar dos doze trabalhos de Hércules e as aventuras de Perseu: Mitologia.
      Vamos as partes:
      Homem de Neandertal é outra espécie: fato científico, questione o quanto quiser, continuará sendo um fato científico. Quem disse que espécies diferentes não podem cruzar? porque existem jumentos, burros, ligres e tigreões? O fato é que quase sempre que da certo, em casos de espécies de parentesco muito próximo, a cruza gera indivíduos estéreis. Sugiro que releia a matéria, não falta pesquisa capaz de explicar a presença do neander em nosso DNA sem usar o cruzamento mas a ancestralidade comum.
      Eva a seis mil anos? IMPOSSÍVEL. A humanidade é muito mais antiga, até a civilização egípcia, sumérios e gregos datam de milênios antes disso, desculpe mas é um absurdo gritante, chega a doer ter lido isso, e saber que publicam isso como se fosse algo científico.. chega a ser bizarro.
      Mas o que se esperar de alguém que acha que Fred e Barner existiram vivendo com dinossauros…

    • Cícero:

      Amigo crente da religião ateísta,
      o que fortaleçe a confiança no método científico é aceitar o que as pesquisas mostram – que neandertais e sapiens são a mesma espécie – no máximo sub-raças; como mais esta: http://www.scientificamerican.com/article.cfm?id=neandertal-art-human
      Poderia te mostrar que os dois:
      -Cozinhavam e consumiam legumes e verduras
      -adoravam música
      -tinham boa higiene dentária
      -tudo indica que foram enterrados juntos do homem moderno
      -várias características similares ao homem moderno (como nós)
      -dietas diversificadas como a nossa
      -acasalaram com o homem moderno, eram inovadores, produziam super-colas, faziam maquiagem, tem DNA 99,99% de semelhança, etc.
      E se há DNA em comum nesses dois grupos, logo houve e há cruzamentos, oriundos do mesmo ancestral comum (O 1º CASAL).

      Sobre Jesus:
      dizem q nem existiu? então porque eu deveria crer na existência e escritos de Sócrates, Platão, Aristóteles, Sargão, Alexandre, Hamurabi …etc.
      Sendo que Jesus tem muito mais provas extra-bíblicas históricas que estes personagens.

      Foram inúmeras as aparições após ressuscitado por 40 dias:
      Maria Madalena, outras mulheres, alguns discipulos, a todos os discipulos, a quinhentos pessoas, todos os apóstolos, a Tiago, a Paulo.
      Isso se confirma pela ousadia dos apóstolos em pregar tal milagre, sem medo dos judeus e serem mortos.

      Os lideres judaicos não apresentaram o corpo, nem organizaram uma busca. Pelo contrário subornaram os soldados para mentir sobre o túmulo vazio.
      Em vez de refutarem com evidência do corpo; tentaram lutar e confrontar os discípulos que viram o corpo vivo. Isso comprova a realidade da ressurreição.
      Outra prova é o crescimento incrível da Igreja Primitiva nos primeiros anos com base nessa doutrina.
      Será que os apóstolos e seguidores morreriam por um defunto, uma lenda e hoje igualmente se morre por Cristo em vários países?

      Como poderia um “mito” ter influenciado tanto até hoje?? e milagres em seu Nome espalhados pelo mundo, será tudo fraude numa conspiração dos crentes pra enganar os ateus??
      Se vc nega esses eventos, então posso negar a matéria e energia escura do Universo, que ninguém sabe o que é! ou as interações no interior de um buraco negro que ninguém explica! e também chamá-los de mitos.

      Se quiser mostro o link mostrando a Eva mitocondrial em 6 mil anos.
      Mas também acho que o mundo tem mais de 6 ou 10 mil anos, mesmo porque a bíblia não se atém a isso.
      Os próprios cientistas alegam “estimativas” dos 13,7 bilhões de anos. Isso ninguém sabe …

      Abçs.

  • jasmim corrêa:

    Somos manipulação genética dos ANUNAKI, não acredito nem em teoria criacionista, nem evolucionista. Muita coisa não se encaixa, não é bem como nos explicaram na escola.
    Os ANUNAKI aqui chegaram e fizeram manipulação genética com os seres primitivos e por isso evoluimos para homo sapiens.

  • Murilo Mazzolo:

    O que nunca intendi ((não prestei atenção nas aulas de Ciências na escola kkk)) foi, que, se a raça Humana veio da Africa, Como a espécie Viajou e sofreu tantas Mutações em tampouco tempo.

    As características continentais são MUITO diferentes. e a Distância ainda nem se fala… Ouvi dizer que desde os Primeiros Seres Humanos, já “viajávamos” em busca de alimentos e sobrevivência e desde lá, foram para Asia, Europa, e America do Norte, Desceu pro Centro e Sul da America… Mas como chegaram á Austrália e Havaí por exemplo? e como foram da Europa á America na quela época?

  • Jonatas:

    A verdadeira história:
    A evolução humana se deu em vista de um plano milenar elaborado pelas mulheres, para controlar o espírito troglodita e agressivo dos homens. As mulheres sapiens inventaram os esportes e a guerra – cuja evolução culminou no boxe, na luta livre e no futebol – para que em campo os homens liberassem toda a sua selvageria uns contra os outros, sem atingi-las, e fora desses campos restando apenas a civilidade que construiu o mundo de hoje. Aí está o segredo: as mulheres de Neandertais não elaboraram esse plano, assim sua espécie foi extinta.
    😀

    Falando sério agora: na vontade ou na marra, acho que sim, humanos e neandertais transaram… se as chances de cruzamento que desse certo são bem pequenas, mas quem sabe teriam gerado um híbrido estéril?

  • Glauco Ramalho:

    Morre, Darwin! Morre!

Deixe seu comentário!