Testosterona deixa as mulheres desconfiadas

Por , em 25.05.2010

Mulheres que normalmente confiam nos outros ficam céticas com maiores doses de testosterona no organismo.

Em um estudo recente, mulheres deviam classificar rostos de outras pessoas como confiáveis ou não. O estudo foi dividido em duas partes – em uma, as moças tomavam um placebo. Na outra tomavam testosterona.

Quando receberam a testosterona elas ficaram bem mais desconfiadas em relação aos estranhos.

Segundo estudiosos, os resultados da pesquisa mostram que a testosterona não faz as pessoas, necessariamente, ficarem mais agressivas – mas, sim, aumentam psicologicamente seu status social, tornando-as mais dominantes e, por conseqüência, mais desconfiadas.

A testosterona aumenta a produção de uma substância no corpo chamada de vasopressina que, em animais, causa comportamento violento. Como nos humanos o comportamento violento pode dar cadeia, a testosterona teria um efeito mais psicológico.

Estudos anteriores já provaram que os níveis de testosterona em pessoas que trabalham com comércio, que precisam ser naturalmente desconfiadas, são maiores. [LiveScience]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

3 comentários

  • franbogado:

    materia curiosa, mas não tem nada de novidade nisso!
    o homem sabe disso naturalmente

  • ThiagoSperandio:

    Essa pesquisa diz uma coisa, e a pesquisa do link abaixo

    https://hypescience.com/29088-testosterona-faz-as-mulheres-ficarem-mais-legais/

    diz algo não exatamente inverso, mas no mínimo contraditório. Fala sério hein!

    Então, a testoterona torna as mulheres mais boazinhas (“Ou seja, elas ficavam mais tranqüilas e ‘legais’ do que agressivas”) e ao mesmo tempo “mais dominantes e, por conseqüência, mais desconfiadas” ???

    Além disso, nessa pesquisa fala-se que

    “Como nos humanos o comportamento violento pode dar cadeia, a testosterona teria um efeito mais psicológico.”

    enquanto na outra fala

    “No entanto, as mulheres que achavam ter tomado testosterona (mesmo que houvessem ingerido o placebo) ficaram mais agressivas – mostrando que a noção que elas faziam da substância alterava mais seu comportamento do que as propriedades do hormônio. Então os cientistas acreditam que, em vez de promover a agressão, a testosterona faz com que as pessoas tentem manter seu status social.”

    O que eu penso, por fim, é que as pesquisas não estão dizendo praticamente nada de útil. Juntando-as não se conclui nada com exatidão.

    Um abraço!

  • Edilson da Costa do Nascimento Belém-Pa:

    A pesquisa.reflete o que realmente aconteçe com pessoas que trabalam no comércio

Deixe seu comentário!