Tipo de fertilização artificial usada pode determinar o sexo do bebê

Por , em 5.10.2010

Segundo pesquisadores da Universidade de New South Wales, em Sydney, na Austrália, os vários tratamentos de fertilidade afetam a probabilidade de um casal ter um entre menino ou uma menina, e isso pode ter consequências graves conforme o tratamento de fertilidade artificial se torne mais comum.

Os pesquisadores suspeitam que o meio de cultura usado para o embrião crescer está afetando o sexo do bebê. Para ter certeza, os pesquisadores estão trabalhando junto às clínicas para saber qual o tipo de fórmula que foi utilizada em cada fertilização.

As conclusões da pesquisa foram tiradas a partir de um estudo que comparou os diferentes tipos de tratamento de fertilidade assistida (TFA). A equipe registrou o sexo de 13.368 bebês nascidos na Austrália e na Nova Zelândia entre 2002 e 2006, por TFA.

Os pesquisadores compararam dois tipos de tecnologia de reprodução: uma, chamada in vitro, que consiste em colocar um óvulo em um prato com até 1.000 espermatozóides, e outra, conhecida como injeção intracitoplasmática de espermatozóide, na qual os espermatozóides são injetados diretamente dentro do óvulo – uma abordagem utilizada para quem tem espermatozóides imóveis e de baixa qualidade. Eles também compararam o estágio do embrião quando foi transferido para o útero.

A proporção natural de nascimento de meninos é 51,5%. A fertilização in vitro aumentou a proporção de meninos para 53%, enquanto a injeção intracitoplasmática abaixou essa proporção para 50%.

A fase em que o embrião foi transferido teve o maior efeito. Quanto mais tarde esta transferência ocorreu, mais provável foi que a fertilização resultasse em um menino. [NewScientist]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

4 comentários

  • Bárbara:

    O que interfere na fertilidade ? Há algum rico envolvido dependendo da idade do homem ou da mulher? Quais? Como resolvê-los? Que técnicas podem ajudar a fertilização humana? Que tipo de fertilização “artificial” existe?
    Por favor me respondam eu preciso fazer um trabalho de ciências !!! OBRIGADA!!!
    É,… a propósito eu achei esse tratamento um pouco de mais para a mente humana , ainda existem aquelas pessoas que acreditam que ter filho homem ou mulher é coisa de Deus, e não estão errados não acho legal interferir em uma coisa que ja esta sendo feita tão bem,mas é claro que forem ver a prevenção de doenças sera bem melhor .
    Mas é como eu disse a maioria da população mundial não tem cabeça aberta.E se a minha opinião vale ,que deixamos essa idéia para quem quer, não julgando pessoas que não aceitam e olhando o seu lado e ideal, afinal quem decide isso somos nós mesmos ,não?
    Bom é isso que eu queria dizer espero que entendam o meu lado,bem,obrigada mais uma vez!
    E eu volta para ver se responderam minhas perguntas!
    Beijos xau!.

  • Trunk:

    Troll, estou contigo e não abro mão. Eis que te digo companheiro, o que está por vir é muito pior do que se pode ver.

  • TROLL:

    Discordo que isso seja uma boa notícia, não sou da igreja, mas também não sou hipócrita ao ponto de falar que todos os avanços da medicina são benéficos, esse por exemplo, se for aprovada alguma lei que libere a determinação do sexo dos bebês, teremos uma queda no número de pessoas de um sexo ou de outro, e isso desencadearia uma onda de homosexualismo muito maior do que já existe hoje.
    É dessa forma que a população luta para continuar existindo ?
    Pensem nisso.

  • Andre Marcos:

    Boa notícia para os casais que desejam planejar os filhos tendo filha ou filho, pena que a nossa atual legislação não ira permitir escolhermos o sexo do filho. E, duvido que alguma lei em favor seja aprovada, principalmente a igreja ira fazer muito barulho por causa disso.

Deixe seu comentário!