Cientistas explicam a mancha enorme que acabou de aparecer no sol

Por , em 20.10.2015

Um enorme buraco coronal foi recentemente descoberto no sol pelo Solar Dynamics Observatory da NASA. A região é do tamanho de 50 Terras e está expelindo material para o espaço em velocidades tremendas. Pode parecer terrível, mas os astrônomos dizem que não há nada para se preocupar.

A NASA diz que estes buracos são áreas magneticamente expostas que geram ventos solares de alta velocidade. Estas regiões escuras e de baixa densidade – na camada mais externa do sol – contêm pouco material solar, têm temperaturas mais baixas e, portanto, parecem muito mais escuras do que os seus arredores. Buracos coronais são normais, aparecendo em diferentes lugares e com mais frequência em momentos diferentes durante o ciclo de atividade do sol.

sol buraco

À luz do fenômeno, o NOAA – Centro de Previsão do Clima Espacial – previu uma tempestade “G1-Menor” de 14 a 16 de outubro. Este tipo de tempestade é relativamente inofensiva, apesar de poder perturbar as comunicações entre satélites e transmissões de rádio de alta altitude. O buraco coronal produziu uma tempestade geomagnética perto da Terra que resultou em várias noites de aurora. [Gizmodo]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

Deixe seu comentário!