Vasos sanguíneos são criados a partir de gordura de lipoaspiração

Por , em 23.08.2012

Segundo um novo estudo da Universidade de Oklahoma (EUA), é possível crescer vasos sanguíneos usando células-tronco de gordura, retiradas através de lipoaspiração, um procedimento cirúrgico que remove depósitos de gordura abaixo da pele.

Pesquisadores afirmaram que milhões de pessoas no mundo todo passam anualmente por cirurgias cardíacas. Muitos pacientes de doenças cardíacas precisam de substituições de pequenos vasos sanguíneos ou enxertos para restaurar a função de artérias danificadas.

Porém, os enxertos de vasos sanguíneos atuais vêm de outras partes do corpo ou de materiais sintéticos, e podem causar inúmeros problemas às pessoas. “Os atuais enxertos de pequeno diâmetro carregam um risco inerente de coagulação, de serem rejeitados, ou de não funcionem normalmente”, disse o pesquisador Matthias Nollert.

Por isso, o uso de vasos sanguíneos derivados da gordura poderia ser mais seguro, além da ampla disponibilidade (em uma lipoaspiração, médicos retiram centenas de mililitros de células de gordura que podem ser utilizados para gerar os vasos sanguíneos).

Mas porque usar gordura da lipoaspiração? Não existem outros jeitos de se conseguir células-tronco? Segundo os pesquisadores, apesar de ser mais comum retirar células-tronco da medula óssea, esse procedimento é muito invasivo, portanto, a lipoaspiração pode ter ser uma alternativa interessante para pacientes mais velhos ou debilitados.

A pesquisa

No experimento, cientistas retiraram células-tronco adultas da gordura extraída durante lipoaspiração.
Essas células estaminais foram cultivadas em células musculares lisas, e, em seguida, as células de músculo foram “semeadas”, ou colocadas sobre uma folha fina de membrana amniótica, derivada de tecido placentário.

À medida que as células-tronco se multiplicaram, os pesquisadores enrolaram as membranas em tubos minúsculos com o mesmo diâmetro dos vasos sanguíneos pequenos. Depois de três a quatro semanas, os tubos se tornaram vasos sanguíneos utilizáveis.

Essa técnica é relativamente nova, mas já foi usada outras vezes. Por exemplo, o grupo Bonus BioGroup já usou células-tronco derivadas de tecido adiposo (gordura) para construir ossos (com o objetivo de criar enxertos ósseos que substituíssem ossos danificados em pacientes).

Segundo os cientistas, os vasos sanguíneos têm boas propriedades mecânicas e devem se contratar normalmente quando expostos a hormônios. Eles também parecem evitar o acúmulo de plaquetas no sangue, um componente que provoca o estreitamento das artérias.

Testes com os vasos sanguíneos em animais devem acontecer dentro de seis meses.[WebMD, FoxNews]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

Deixe seu comentário!