10 Fascinantes fatos sobre ratos

Publicado em 10.04.2012

Poucas criaturas inspiram tanto nojo e medo do que os ratos. Símbolos antigos da morte e da peste, eles assustam muitas pessoas – e principalmente – desde a Idade Média. Até hoje, eles causam danos a armazéns de comida, fios elétricos, saúde pública, etc. Mas também trazem benefícios para nós, principalmente no campo da ciência. Veja aqui algumas informações que você provavelmente não sabia!

10 – Ratos da Noruega

Apesar de existirem diferentes espécies de ratos, uma das mais conhecidas no mundo são os ratos marrons ou da Noruega. Provavelmente com origem chinesa, os maiores exemplares podem chegar a pesar um quilograma. Essa espécie é uma praga em cidades como Nova York (onde algumas fontes afirmam existirem desde algumas centenas de milhares até centenas de milhões de ratos) e Londres. Os ratos albinos usados em laboratórios são versões dessa espécie.

9 – Ratos Negros

Os ratos negros já foram dominantes na Europa, mas hoje preferem os locais mais tropicais. Esse foi o vetor da famosa e terrível Peste Negra. As pulgas que viviam nas criaturas transmitiram a peste para milhões de pessoas. Eles são muito comuns hoje na Nova Zelândia, e ao contrário dos seus “amigos” marrons, eles tendem a explosões de crescimento populacional, tipicamente em épocas com boa oferta de comida.

8 – Convidados da sua casa

É quase impossível eliminar completamente os ratos da sua casa. Eles conseguem se espremer até passar pelo vão da porta. Seus dentes são mais duros que metal, e conseguem passar por coisas de madeira, por exemplo. Uma vez dentro da sua casa, são muito difíceis de serem eliminados. São espertos e bons para escapar de uma armadilha. Veneno pode ser perigoso para crianças e animais de estimação, e mesmo que eles estejam prestes a morrer, geralmente se escondem nas paredes e acabam deixando um terrível cheiro podre no ambiente.

7 – Ratos zumbis

O Toxoplasma gondii é um parasita que consegue se desenvolver apenas dentro dos gatos. Outros animais podem carregá-lo, mas ele apenas se desenvolve nos gatos. E o modo como ele passa para os gatos é um filme de terror: os ratos infectados sofrem uma mudança cerebral, e ficam atraídos, ao invés de terem medo, pelo cheiro dos felinos. É claro que eles não duram muito e acabam comidos. Humanos também são infectados pelo Toxoplasma, mas ele é perigoso apenas em algumas situações de fragilidade imunológica.

6 – Ratos são durões

A infestação de ratos pelo mundo não é derivada apenas da sorte. Eles são praticamenteo o “Rambo” do mundo animal: conseguem se adaptar em diferentes ambientes, sem muita dificuldade. Apesar da fama do camelo, os ratos aguentam mais tempo sem água do que eles. Eles podem cair de até cinco andares e sair andando. Aguentam altas doses de radiação e conseguem nadar centenas de quilômetros. Com o tempo, desenvolvem imunidade a alguns venenos. E mesmo um gato durão pode sair correndo quando aparecem alguns dos ratos maiores e dentudos.

5 – Hora da janta

Alguns gatos domésticos já perderam a habilidade de caçar ratos, mas alguns outros animais contam com eles para satisfazer os estômagos. Corujas, águias e cobras são exemplos. Cachorros treinados também podem ser bons caçadores. Humanos também podem colocá-los na dieta. Isso acontece em algumas partes da África, China e Ásia. Já imaginou que delícia, um espetinho de rato?

4 – Ratos de laboratório

A importância dos ratos nas pesquisas de laboratório é enorme. Grandes feitos foram atingidos usando esses animais. Os exemplares são modificados geneticamente para serem praticamente idênticos. Algumas manipulações geram espécies que desenvolvem diabetes tipo 1 e obesidade, por exemplo. Nos últimos tempos, alguns ratos modificados estão sendo usados para desenvolver peles e cartilagens para transplante em humanos.

3 – Ratos gigantes

Para aqueles que têm medo de ratos, essa espécie da Gâmbia é o terror absoluto. Similar na aparência ao rato da Noruega, essa versão pode crescer até atingir o peso de quase sete quilogramas. Nativo da África, serve como alimento e na detecção de minas terrestres – pela inteligência, e não pelo tamanho, que não é o suficiente para detoná-las. Apesar da aparência terrível, ele até que é amigável e tem se tornado cada vez mais um animal de estimação exótico.

2 – Máquinas de filhos

Um casal de ratos pode gerar cinco ninhadas com sete a quinze filhos em um ano, e os filhos ficam férteis na quinta semana de vida. Em um mundo hipotético, um par apenas seria capaz de produzir centenas de milhares, ou até milhões, de descendentes em apenas um ano. Essa velocidade é necessária para manter a espécie, já que raramente um rato chega até o segundo aniversário. Dependendo dos fatores ambientais, a taxa de moralidade pode chegar a 95% nas primeiras semanas de vida.

1 – Rato rei

Um rato rei é um acidente bizarro onde muitos animais ficam presos juntos pelas caudas, sem possibilidade de libertação. Vários já foram encontrados desde a Idade Média, mas muitos ainda duvidam da veracidade disso. Apesar de não ocorrer apenas na Alemanha, a maior parte desses estranhos seres foi encontrada por lá. O maior já visto era formado por 32 ratos negros mumificados, encontrados em uma lareira, em 1828. Historicamente, esse bizarro ser era enxergado como um presságio terrível de morte e doença. [ListVerse]

Autor: Bernardo Staut

é estudante de jornalismo e interessado por povos, culturas e artes.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

26 Comentários

  1. Li uma reportagem sobre um rato gigante c\ mais de 10 kilos q foi morto no Zimbauhe , o homem de nome Ugalo disse q o rato tentou ataca-lo como se fosse um cão feroz.Algumas pessoas criam esses ratos presos a cordas como se fossem cabras , os levam para pastar e os recolhe em abrigos ,criam para consumo da carne. Muitos desses ratos são adestrados para encontrar minas, e assim quem os leva pela corda se desvia para ñ sofrerem mutilações c\ as explosões.

    Thumb up 14
  2. Os gatos normalmente não “comem” ratos como a cultura humana difundiu. Eles gostam de brincar com tudo, inclusive insetos e ratos. E os ratos normalmente acabam se estressando e até morrendo e normalmente os outros se afastam do local.
    Os gatos também não transmitem toxoplasmose. Isto só poderia ocorrer em 15 minutos por ano, em quem INGERIR AS FEZES DELES.

    Thumb up 14
    • Não entendi o seu comentário do gato só transmitir a toxoplasmose 15 minutos por ano…vc poderia me elucidar??
      Quanto ao meio de contágio, o gato é o hospedeiro definitivo, eliminando os oocistos não esporulados nas fezes os quais se tornam infectantes após algumas horas no meio ambiente. O homem pode contrair a doença ao ingerir os mesmos ou carne contendo os bradizoítos ou no sangue os taquizoítos, ainda ha a transmissão transplacentária causando malformações, abortos e natimortos.

      Thumb up 6
    • Você pelo visto não conhece bem os hábitos de gatos não domésticos, alguns frequentam meu quintal e muitas vezes já os encontrei comendo ratos. Eles não comem a cabeça e nem o conteúdo gastrointestinal.

      Thumb up 11
    • O maior causa de contaminação de toxoplasmose em humanos e se dá pelo consumo de carnes mal passadas de animais infectados ou verduras cruas e mal lavadas, que estejam contaminadas.
      Ou como o amigo acima falou, pelo ingestão de fezes de gatos contaminados em período de esporulação.

      Thumb up 9
    • meu gato come ratos e só deixa a cabeça pra contar historia

      Thumb up 12
    • O taxoplasma vive no estômago dos gatos e sabe-se que os gatos tem o costume de se lamberem, portanto não é apenas através das fezes dos gatos onde há possibilidade de infecção, ou seja: mais um motivo de sempre lavar as mãos logo após afagar um gato ou mexer em areia onde eles possam ter andado.

      Thumb up 3
  3. Meus gatos não perderam esse habito, me traziam toda manha um rato meio morto de presente.

    Thumb up 12
    • Os gatos normalmente não “comem” ratos como a cultura humana difundiu. Eles gostam de brincar com tudo, inclusive insetos e ratos. E os ratos normalmente acabam se estressando e até morrendo e normalmente os outros se afastam do local.

      Thumb up 5
  4. “Rato Rei” é um entrecruzamento das caudas de diversos ratos de um ninho que, segundo a lenda, apareceria quando um grande número de ratos (ou animais com cauda longa) que convivem em recintos de pequenas dimensões podem ficar entrelaçados e atados irremediavelmente entre si, devido ao sangue ou aos excrementos ou à sujeira ressecada que se impregna nos rabos formando um nó impossível de ser desfeito.

    Thumb up 16
  5. contratei o gato ajato e acabou o problema com ratos procurem nos classificados do jrns

    Thumb up 6
  6. Não é necessário exterminar os ratos. Em minha casa havia muitos, o cachorro latia com eles mas não conseguia pegá-los, então adotei uns gatos que também não sabiam caçar, mas só com o cheiro deles os ratos desapareceram.

    Thumb up 10
  7. Que maldade com os ratos, eles não são tão ruins assim… afinal todos os animais têm sua parte importante no meio ambiente.

    Achei legal o rato zumbi, bom pros gatos, não precisam se dar ao trabalho de caçar, é só esperar a comida chegar até eles! =D

    Thumb up 8
    • Isso… só esperar e se infectar com toxoplasma gondii e continuar com o ciclo do parasita!
      Genial!

      Thumb up 10
    • “Humanos também são infectados pelo Toxoplasma, mas ele é perigoso apenas em algumas situações de fragilidade imunológica. ”
      Grande ciclo do parasita!! kkkk

      Thumb up 6
    • Experimenta no dia que vc ficar grávida e parir um filho com má formação ou hidrocefalia ou cego se continuará com a mesma ‘opinião’.
      Ou que bonita vai ficar com um parasita encistado na sua retina rs

      Thumb up 13
    • Aqui na minha casa quando aparecem alguns, fazem o maior estrago, sem falar no cheiro horrível de urina. Não suporto ratos, eles são terríveis.

      Thumb up 9
  8. Eu também fiquei na dúvida quanto a esse “rato-rei”. Não entendi: eles nascem com as caudas grudadas umas nas outras ou dão um nó que não conseguem desatar?

    Thumb up 5
    • É o Mestre Splinter!

      Thumb up 7
    • Essa eu rachei de rir aki.

      Thumb up 1
    • Mestre splinter desaprova este post!

      Thumb up 2
  9. Na Russia os ratos são meio loucos ao invés de terem medo dos gatos eles atacam!!

    Adoro corujas são lindas, Sábias, observadoras, espertas, vorazes, discretas, velozes, caçadoras natas, encantadoras, inteligentes, intrigantes, misteriosas, místicas, duvidosas, curiosas, destemidas e um simples olhar pode custar a vida de um rato, caso ela esteje com fome!!

    Thumb up 13
    • reversal russa.

      Thumb up 9
  10. Muito interessante essa matéria. Eu estava mesmo querendo ler algo assim, pois estou pretendendo ter como novo bichinho de estimação um ratinho albino de laboratório.
    Mas que assustador esses ratos grudados pela cauda! Mas eu não entendi uma coisa; esse rato rei, é um rato só ou são vários ratos que se grudaram por uma causa desconhecida?

    Thumb up 5

Envie um comentário

Leia o post anterior:
rexfeatures_159354_2185667b
Como identificar um mentiroso

Cientistas descobrir...

Fechar