10 fatos que você não conhece (ou não se importa) sobre o Facebook

Publicado em 22.11.2011

O Facebook é a rede social mais popular do mundo, com centenas de milhões de usuários – você provavelmente é um deles.

Sendo assim, muitas histórias e polêmicas estão ligadas a esse site famoso.

Confira:

1 – A média de amigos dos usuários do Facebook é 130

Preocupado com sua popularidade? O número médio de amigos dos usuários no Facebook é de 130. As mulheres tendem a ter um pouco mais amigos do que os homens. No entanto, apesar de ter centenas de amigos, a maioria das pessoas só interage regularmente com 4 a 7 pessoas. Qual o seu número?

2 – 25% dos usuários já foi “dispensado” via Facebook

Uma pesquisa de junho de 2010 com mil usuários do Facebook – 70% dos quais eram do sexo masculino – revelou que 25% deles já havia sido “dispensado” via Facebook (ou seja, alguém terminou o namoro com eles através de uma troca do status de relacionamento).

21% dos entrevistados disseram que terminariam um relacionamento mudando seu status de relacionamento no Facebook para “solteiro”. Embora preocupante, a pesquisa mostra que a maioria das pessoas não termina namoros via Facebook.

3 – Facebook não permite fotos de amamentação

O Facebook provocou uma ira materna quando retirou do ar fotos de amamentação de bebês que as mulheres tinham postado em seus perfis pessoais, porque as considerou um pouco “reveladoras” demais.

Isso veio de um site que permite fotos de mulheres em biquínis e de casais dando um amasso, que tem ainda aceitado publicidade paga de um site de namoro que tinha uma modelo de topless. (O anúncio topless foi tirado do ar depois que as mulheres notaram a hipocrisia e reclamaram).

Em resposta ao alerta que o site dá às mães que estão violando a política de “decência” do Facebook, ativistas responderam com uma “enfermaria virtual”; 11.000 mulheres postaram fotos de si mesmas amamentando seus filhos e/ou atualizaram seus status para: “Hey, Facebook, amamentação não é obscena!”.

O grupo pró-aleitamento materno tem atraído mais de 250.000 membros.

4 – Facebook causa 1 a cada 5 divórcios

Antes, era o batom no colarinho. Agora, um em cada cinco divórcios envolve a rede social Facebook, de acordo com uma pesquisa da Academia Americana de Advogados Matrimoniais. 80% dos advogados de divórcio também relataram um aumento no número de casos em que usam a mídia social para evidenciar “traição”.

5 – O primeiro “rosto” no Face era de Al Pacino

Você se lembra daquele cara triste azul na página inicial do Facebook, que costumava olhar para baixo cada vez que você fazia o login?

Acabaram com ele em 2007, então, se você chegou atrasado para a festa do Facebook, provavelmente não tem absolutamente nenhuma ideia do que estamos falando. De qualquer forma, de acordo com David Kirkpatrick, aquele cara no logotipo, criado pelo amigo de Zuckerberg Andrew McCollum, não era outro senão o jovem Al Pacino “coberto com uma névoa de zeros e uns – os componentes elementares da mídia digital”. Louco, né?

6 – 36% dos jovens verificam o Face depois do sexo

Acende um cigarro após o sexo? Isso é tão passado! Um estudo de outubro de 2009 sugeriu que as redes sociais estão se tornando uma parte cada vez mais importante da vida dos jovens. Entre os menores de 35 anos, 36% admitiram que “tuítavam, mandavam mensagem e verificavam o Facebook após o sexo”. 40% dos inquiridos admitiram fazer o mesmo enquanto dirigiam, 64% disseram fazê-lo no trabalho, e 65% usam estes canais de comunicação durante as férias.

7 – 350 milhões de pessoas sofrem de Distúrbio do Vício em Facebook

Distúrbio do Vício em Facebook (Facebook Addiction Disorder – FAD) é um termo introduzido por psicólogos americanos para descrever aqueles que são viciados em Facebook a ponto de sua vida ser realmente afetada por suas atividades descontroladas na rede social.

Os efeitos mais comuns dessa doença são a perda de produtividade, a incapacidade de concentração, a superficialidade das amizades, bem como isolamento em casos extremos. Cerca de 350 milhões de pessoas devem sofrer do transtorno.

8 – Usuários do Facebook têm notas menores

De acordo com um novo estudo americano, estudantes universitários que utilizam a rede social Facebook têm significativamente menor grau de pontuação média do que aqueles que não usam o site.

O estudo, feito em 2009, entrevistou 219 estudantes de graduação e pós-graduação e descobriu que as notas de usuários do Facebook geralmente variavam em um ponto menores que as dos não usuários – 3,0 a 3,5 para os usuários, contra 3,5 a 4,0 para os não usuários.

A pesquisa também descobriu que 79% dos membros do Facebook não acreditavam que havia qualquer ligação entre suas notas e seus hábitos em redes sociais.

9 – Burger King deu lanche de graça para quem excluiu amigos do Facebook

Em janeiro de 2009, uma campanha publicitária do Burger King intitulada de “Sacrifício Whopper” recompensou usuários do Facebook com um lanche “Whopper” se eles publicamente excluíssem 10 amigos, que recebiam uma mensagem informando que estavam sendo excluídos por um hambúrguer grátis.

A campanha usou o slogan “A amizade é forte, mas o Whopper é mais forte”. Até o momento, a aplicação havia sido baixada mais de 55.000 vezes e mais de 250.000 “amigos” foram sacrificados por um lanche.

10 – O cara preso por convidar sua filha adolescente pra fazer sexo via Facebook

Muitos crimes já foram cometidos ou anunciados no Facebook. Talvez em um dos piores deles, um pai da Pensilvânia, EUA, foi preso por supostamente convidar sua filha adolescente para fazer sexo via Facebook.

John Forehand, 39 anos, se referiu a si mesmo como “Papai Mau” na correspondência on-line com sua filha de 13 anos de idade, na qual ele abertamente deixou explícitas sugestões sexuais. Forehand disse à filha que estava tendo sonhos “inapropriados” com ela, e escreveu-lhe: “Eu vou cuidar muito bem da minha menina”.

A adolescente contou à mãe sobre as mensagens inapropriadas no Facebook, e ela então alertou a polícia. A polícia capturou Forehand enganando-o para pensar que teria um encontro com sua filha. Quão doente é isso?[Oddee]

Autor: Natasha Romanzoti

tem 24 anos, é jornalista, apaixonada por esportes, livros de suspense, séries de todos os tipos e doces de todos os gostos.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

50 Comentários

  1. O facebook tem seu lado bom.. acredito que os contras prevalecem.. a grande maioria utiliza a ferramenta como uma vitrine q não corresponde a realidade q todos nós vivemos..Parece que certas pessoas vivem num mundo de fantasia.. sempre felizes e bem resolvidas.. como se tudo fosse uma mar de rosas.. Uso o facebookde maneira muito moderada.. apenas postei duas fotos de perfil e o restante são marcações.. tenho 135 amigos.. pode parecer pouco em relação a “popularidade” de muitos outros.. mas melhos ter poucas pessoas em sua lista de amigos sendo eles próximos do que ter milhares e ser sozinho! PS: foi mal escrevi demais hahaha =P

    Thumb up 11
  2. Estou de acordo com a opinião de alguns acima: o facebook fragiliza a capacidade de interação social. Parece que o conceito de amizade foi banalizado devido às redes sociais. Acredito que amizade não depende de um botão de aceite, mas de laços afetivos sólidos e sinceros. Na minha opinião, a nomenclatura nas redes sociais poderia ser subdividida em AMIGOS, COMPANHEIROS, COLEGAS, e CONHECIDOS. Talvez a banalização da amizade diminuísse dessa maneira.

    Thumb up 21
    • Pois é! Na minha página do Face só tenho pessoas que conheço. Aliás, tem uma, somente uma, que conheço apenas virtualmente, São 65 pessoas que pertencem à minha lista.

      Thumb up 3
  3. aqueles que tiraram os amigos do facebook por um lanche gratis sao muito BURROS pra que sacrificar amigos por um lanche nao e mais facil pedir para a mae dinheiro para comprar ?????

    Thumb up 9
    • para você ver como é superficial os “amigos” no facebook, muitas pessoas tem várias centenas de “amigos”no facebook, mas não conhecem muitos desses.

      Thumb up 1
  4. ENGRAÇADO O FACE ME AJUDOU A ENCONTRAR AMIGOS QUE A MUITO NÃO VIA E QUE ESTAVAM EM OUTROS PAISESE LUGARES, GOSTO DO FACE E TENO 45 ANOS, TAVA COM SAUDADES DE ENCONTRA-LOS E O FACE NESTE SENTIDO ME AJUDOU E SOU GRATO POR ISSO, EM RELAÇÃO AS PEQUENAS PESSOA QUE PASSAM PELA MINHA PÁGINA EU SIMPLESMENTE DEIXO DE LADO E SÓ VEJO O QUE ME INTERESSA. CADA UM NO SEU QUADRADO.

    Thumb up 13
  5. Eu normalmente ja chegei a penssar em excluir a minha conta, so não exclu-o por causa dos meu amigos, que estão a viajar constantemente, e a unica forma mais, barata de interagir com eles é o face, mais para mais ou menos 2 anos vou eliminar a minha conta, vou trabalhar, vou ter dinheiro para telefonar eles de zez enquanto, vou ate poder ir visitar eles onde eles estão, os meus amigos é o meu pai e o meu irmão, amigas mãe e irmã, alguns colegas e alguns visinhos.

    Thumb up 3
  6. Até hoje eu nao tenho orkut , facebook , etc , só msn msm e olha que eu tenho 15 anos…

    Thumb up 27
    • se tu parar de usar msn vao te chamar de anti social

      Thumb up 5
  7. Não tenho nada contra usar o facebook e outras redes sociais para falar com amigos e conhecidos distantes. Não acho que isso afaste as pessoas, é só não exagerar, como alguns fazem, e começar a pensar que a vida se resume isso. Quando usado como troca de informação, de idéias é um excelente recurso. Isso tem acontecido bastante ultimamente e acho que a criatividade humana tende a aumentar esse tipo de uso das redes.

    Thumb up 7
  8. Eu conheço pessoas que tem todos os tipos de redes sociais. No entanto quando está frente a frente com as pessoas não abrem a boca. E ainda comentam que tem mais de 1500 amigos. Nossa que AMIGOS!!!

    Thumb up 29
  9. Uma coisa eu sei: se Renato Russo estivesse vivo ainda, ele provavelmente nao usaria facebook, orkut, e esses outros similares, pois ele mesmo disse: “Nenhum ser humano consegue ser amigo de mais de 5 pessoas ao mesmo tempo” e eu sempre concordei com isso. Nao tenho nada de facebook e orkut nem msn.. passei da fase da aventura e fingir o que nao sou na rede, pois sempre eu enfeitava mais meu perfil e quanto eu assustava eu dizia: ops, esse nao sou eu! É tao bom ir na casa dos amigos sem usar um scrap..rashtag e tals..akeles tempos bons de reuniao nas ruas nao abro mao. É bem mais divertido ir na banca comprar uma revista, um jornal, ligar pra turma, fazer uma conferencia, fazer um rally, acampar, viver da brisa e etc..deixa os eletronicos pra um caso de emergencia ou trabalho..soh isso. Desliguem as redes e curtam uma rave..com cuidado claro..

    Thumb up 32
  10. Em relação as notas escolares eu discordo,tenho facebook,porém minhas notas são muito boas.E referente aos outros não tenho opinião formada ainda.

    Thumb up 7
    • Essas notas não estão avaliadas de acordo com um ou outro. houve uma média que indicou isso… todo lugar tem exceções como você.

      Thumb up 16
  11. Eu particularmente Odeio Facebook, uso pra achar as pessoas on line no batepapo quando fica mais pratico combiar com varias pessoas ao mesmo tempo, a maioria usa face, entao acaba sendo por la msmo. quanto a discução se é bom ou nao, eu acho q cada um usa o face se quiser usar, ninguém usa obrigado, todos sabem que pode expor suas fotos e seus status, sendo assim, cabe a cada um escolher oque vai expor.

    Gostei do “é como você colocar a bunda pra fora da janela e ficar esperando alguem passar e enfiar o dedo.”

    lol

    Thumb up 7
  12. Odeio Facebook, mas eu acho q cada um usa o face se quiser usar, ninguém usa obrigado, todos sabem que pode expor suas fotos e seus status, sendo assim, cabe a cada um escolher oque vai expor.

    Gostei do “é como você colocar a bunda pra fora da janela e ficar esperando alguem passar e enfiar o dedo.”

    kkkkkkkkkkkkkkk

    Thumb up 4
  13. Querida Natasha, entre no site Informação Incorreta e procure por um pst sobre facebook derivado de uma ação judicial(se não me engano na Alemanha) e vai descobrir muitas+muitas coisas interessantes sobre o Face.

    Thumb up 8

Envie um comentário

Leia o post anterior:
cerebrovelhice
Como retardar a perda de memória com a idade

O senso comum afirmo...

Fechar