10 Etéreas fotos de arco-íris lunares

Publicado em 13.08.2009

arco iris lunar

Arco-íris lunar na Yosemite Lower Falls, Califórnia, EUA

A natureza é cheia de surpresas belas e agradáveis e a prova disso é a matéria a seguir sobre arco-íris lunar ou moonbow, em inglês. Sorte de quem pôde admirar ao vivo, mais sorte ainda de quem está adequadamente equipado para fotografá-lo, o que é difícil que as fotos dependem da luz.

Esse fenômeno acontece em certas localidades quando o arco-íris é gerado pela luz da lua. Basicamente é formado quando os raios de luz atravessam as gotículas de água suspensas no ar. É claro que esse arco-íris lunar não é causado pela luz direta do sol, mas por aquela é refletida pela lua.

Antes de sair exclamando “Photoshop!” nos comentários, lembre-se que a aparência etérea destas fotos, principalmente daquelas com água corrente, vem da necessidade de manter o obturador da câmera aberto por vários minutos para poder capturar as tênues luzes da noite.

Dirigindo em direção ao arco-íris: Ilha Fraser, Austrália

arco iris lunar

Esse arco-íris sempre aparece no lado oposto do céu, e o corpo celestial que produz sua fonte de luz. Em uma rara combinação de lua baixa e o céu escuro, são suficientes para criar essa vista espetacular.

Um pote de ouro no fim do arco-íris: Foto capturada no Taiti

arco iris lunar

Arco-íris lunar são comparados aos típicos arco-íris devido a pouca quantidade de luz que brilha em seu próprio satélite. O brilho é muito fraco para estimular os receptores de cores a olho nu – isto quer dizer que os raios lunares são vistos como se fossem brancos. Em uma fotografia noturna de longa exposição é possível ver as cores dos raios lunares.

Raios lunares nebulosos: escuros e chuviscantes, mas nota-se a grama no primeiro plano

arco iris lunar

Fotógrafos têm escrito muito sobre a melhor maneira de captar este fenômeno singular. Os segredos para conseguir é ter um tripé, ajeitar o foco manual, delimitar o tempo da exposição para evitar manchas brancas, e utilizar um rolo de filme e bateria novos.

Arco-íris lunar africano: arco-íris lunar tirado diretamente de Zâmbia do lado das Cataratas Vitória

arco iris lunar

São em poucos lugares do mundo que o arco-íris lunar se materializa. Os melhores lugares são nas Cataratas Vitória que fica entre a Zâmbia e Zimbabwe, Cataratas Cumberland em Kentucky, Cataratas Yosemite na Califórnia, e em Waimea no Havaí. Tirar umas férias, visitar esses lugares e ainda presenciar um arco-íris lunar não seria uma má ideia.

Arco perfeito: um belíssimo arco-íris formado no Havaí

arco iris lunar

Uma linda curva de cores nas cataratas de Cumberland, EUA

arco iris lunar

Cena dos sonhos: borrifo de água das Cataratas Yosemite coloridos pelos raios lunares

arco iris lunar

As Cataratas de Yosemite é um dos melhores lugares para ver o arco-íris lunar. Tanto que, um grupo de astrônomos da Universidade do Texas, estão desenvolvendo um programa de computador que possa prognosticar com segurança quando Arco-íris lunares estão prestes a aparecer nas cataratas do famoso parque nacional nos Estados Unidos.

Gama de cores: Outro raio lunar sendo formado abaixo das Cataratas de Yosemite

arco iris lunar

Não é de hoje que as pessoas têm observado os raios lunares, isso data desde a época de Aristóteles – e sem dúvida, muito antes – mas em uma pesquisa é a primeira vez que alguém calcula datas e horas precisas de sua aparição. Agora é esperar que possamos algum dia apreciar essa maravilha da natureza.

Para explicar a experiência do homem com os raios lunares, é necessário citar o naturalista e pioneiro ambientalista John Muir, que em um resumo de seu livro de 1912, O Yosemite, descreve: “Este grande arco de cor, brilhando de uma forma suave, de uma beleza simétrica quase sobrenatural em um grande lugar com as sombras da noite, e entre a torrente e o bramido tumultuoso e elegante dessa queda de voz de trovão, e uma das mais impressionantes e mais belas e abençoadas montanhas evangélicas”. [Environmental Graffiti]

Autor: Alessandra Nogueira

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

24 Comentários

Envie um comentário

Leia o post anterior:
pneu-madeira-grande
Pneus feitos com árvores: mais barato e mais ecológico

Logo você poderá dir...

Fechar