Sapo com presas e outras espécies bizarras são descobertas

Publicado em 27.09.2009

lagartixa leopardo
Sapo com presas (Limnonectes megastomias)

A lista de bizarrices é enorme: um sapo com presas que se alimenta de pássaros, uma lagartixa com olhos laranjados e pele colorida e até um pássaro que não voa. No último ano, 163 novas espécies foram descobertas no sul da Ásia e já correm risco de extinção devido às mudanças climáticas no local.

O relatório da World Wildlife Foundation (WWF), entidade que cuida da preservação de espécies em perigo, afirma que em 2008 foram descobertas 100 plantas, 28 peixes, 18 répteis, 14 anfíbios, dois mamíferos e um pássaro.

» Sapo voador e outras 350 novas espécies são descobertas

Stuart Chapman, diretor da WWF na região sul da Ásia, afirma estar entusiasmado com as descobertas: “Depois de milênios escondidas, estas espécies finalmente foram descobertas, e obviamente existem muitas outras”, diz.

Apesar das animadoras descobertas, o relatório chama a atenção para as mudanças climáticas, que podem resultar em extinções em massa dessas espécies. “Espécies raras ou em perigo de extinção, como essas recém-descobertas, são muito vulneráveis a mudanças climáticas, pois isso pode diminuir ainda mais o seu habitat restrito”, afirma Chapman.

lagartixa leopardo
Lagartixa-leopardo (Goniurosaurus catbaensis)

Confira algumas das espécies mais curiosas que foram descobertas no local:

  • Lagartixa-leopardo (Goniurosaurus catbaensis): Encontrada na ilha Cat Ba, no norte do Vietnã, a lagartixa tem olhos laranjados semelhantes aos de felinos e longas pernas.
  • Sapo com presas (Limnonectes megastomias): Esta espécie fica à espreita de suas presas em riachos, e come até pássaros. Cientistas acreditam que os sapos também utilizam os dentes para lutar contra outros machos, já que muitos foram encontrados sem membros e com muitas cicatrizes.
  • Serpente listrada (Cryptelytrops honsonensis): Esta nova espécie de cobra tem meio metro de comprimento e é amarela, com mais de 90 listras ziguezagueando por seu corpo.

[Fonte: Live Science]

Autor: Cezar Ribas

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

10 Comentários

  1. Segundo o Stuart Chapman, “depois de milênios escondidas, estas espécies finalmente foram descobertas”

    A dúvida q. fica: todas elas foram descobertas depois de viverem incógnitas por milênios, ou algumas (ou muitas) delas se formaram há pouco tempo atrás, em decorrência dos processos de evolução e adaptação?

    Thumb up 1
  2. a cada descoberta mim fascina o reino animal apesar do nosso planeta apesar do nosso planeta sofrer com ação do homem ainda existem especie a ser descoberta

    Thumb up 5
  3. O que me alegra é ver que a natureza esta mostrando sinais de reação após tanta devastação.
    Vejo que temos a obrigação de criar um mundo melhor para nós e para outras espécies.

    Thumb up 8
  4. Eu vi uma cobra numa represa no interior de MinasGerais q tinha crista como um galo.Ela era bem diferente das q estamos acostumados aver.

    Thumb up 2
  5. Isso é fascinante! O ponto bom é saber que cada vez mais novas espécies bizarras e interessantes são descobertas pelos especialistas, porém o mal é que muitos deles já foram ou estão em risco de extinção.

    Flw =D

    Thumb up 4
  6. Só doidera nesse mundo mesmo.
    Só ainda não encontraram uma espécie de político honesto no Brasil.
    Estavamos precisando, mas se já existiram, foram extintos.

    Thumb up 7

Envie um comentário

Leia o post anterior:
ferrofluido-grande
Faça em casa o curioso ferrofluido

O interesse doméstic...

Fechar