6 objetos surpreendentemente reciclados

Publicado em 30.08.2011

O químico francês Antoine Lavoisier já dizia que na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma. Pois os mais modernos processos de reciclagem também seguem o lema. Aquela garrafa PET que você esvaziou ontem à noite no jantar pode um dia vir a ser uma bola de tênis ou um pulôver de lã.

Na verdade, muitas coisas do dia-a-dia que você pode não dar muita atenção – como escova de dentes e pisos sintéticos de academias, por exemplo – já são feitos usando materiais reciclados bastante inusitados.

Acompanhe a lista de seis objetos recicláveis ​​que estão recebendo uma segunda vida como produtos tais como bolas de tênis, bolas de golfe – e até mesmo gasolina:

1 – Móveis feitos de avião

Você já deve ter se perguntado o que eles fazem com aviões que não voam mais. Se depender do artista Donovan Fell III, eles podem ir para sua sala de estar. Fell transforma pedaços de aeronaves em esculturas metálicas e móveis igualmente aerodinâmicos, incluindo quadros, mesas e camas.

Resgatadas de ferros-velhos, as peças de avião que vêm de modelos como B-25 e DC-9s seriam derretidas para virar sucata se Fell não tivesse tido a ideia de transformá-las em peças de arte funcionais.

2 – Bolas de tênis feitas de garrafas PET

A maioria das garrafas plásticas de água e refrigerante vendidas no Brasil são feitas de um tipo de plástico, que consiste em tereftalato de polietileno – ou PET. Quando estes plásticos chegam a um centro de reciclagem, são classificados por cor e tipo e retalhados em tiras.

As peças são limpas, derretidas e estendidas em local apropriado para que o material endureça e seque. Estas tiras podem então ser usadas para diversas finalidades, desde bolas de tênis até materiais para roupas e cobertores.

3 – Escova de dentes feita de embalagem de iogurte

O recipiente em que você toma iogurte a partir de agora pode se transformar na escova de dente que você usa logo após terminar seu iogurte. A novidade, chamada de Escova de Dentes Preservada, e é feita de embalagem de iogurte reciclada. Não se preocupe, a reutilização só ocorre na fabricação do cabo – as cerdas são feitas de plástico novo.

4 – Piso de academia feito de tênis velho

Desde 1993, a empresa fabricante de tênis Nike tem recolhido tênis desgastados como parte de sua campanha “Reutilize um Calçado”. Os sapatos recolhidos – que não precisam ser da marca Nike – são em seguida triturados e purificados para se tornarem um material chamado “Nike Grind” (algo como “Grãos de Nike”).

Este material é então usado na produção de superfícies específicas para a prática de esportes, tais como pistas de atletismo e quadra de tênis, além de revestimento de parques infantis. Para doar seu velho par de tênis, apenas deixe-o em qualquer loja da Nike.

5 – Bolas de golfe feitas a partir de cascas de lagostas

Pesquisadores da Universidade de Maine, nos Estados Unidos, projetaram bolas de golfe que são exatamente iguais às outras, com exceção de um detalhe notável: elas são feitas a partir de cascas de lagosta esmagadas – restos de fábricas de alimentos – e envolvidas com uma embalagem biodegradável.

As bolas são destinadas ao uso em navios de cruzeiro, de onde golfistas amadores jogam centenas de milhares de bolas de golfe para o mar a cada ano. Estas bolas amigas da vida marinha ajudam a eliminar o problema da bola de golfe como lixo e dos resíduos de lagosta em uma só vez.

6 – Gasolina produzida a partir de bebida energética

Nós brasileiros não conhecemos a bebida “Four Loko”, um energético alcoólico que tem causado polêmica nos Estados Unidos. Tido como a causa da morte de vários jovens, vários estados decidiram proibir a venda da bebida.

Depois de todo esse fuzuê, uma empresa responsável por transformar etanol em combustível no país decidiu colocar a controversa bebida para um bom uso. MXI Enterprises em Abingdon, Virgínia, EUA comprou carregamentos de Four Loko e usou suas instalações de processamento para destilar o álcool das bebidas cafeinadas. Este álcool foi então vendido para ser misturado à gasolina. MXI também separa e recicla o conteúdo de água da bebida. [Life’sLittleMysteries]

Autor: Bruno Calzavara

Bruno Calzavara é recém-formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e está de volta à equipe do Hype após dois anos. Adora todos os esportes, exceto futebol. Gosta de chocolate e de sorvete, mas não de sorvete de chocolate.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

40 Comentários

  1. ha gente se agente for ficar olhondo com que as plantas sao adubadas ou quantos insetos ja passaram por ela a gente nunca vai comer nada

    Thumb up 3

Envie um comentário

Leia o post anterior:
dengue2
Bactéria pode evitar a transmissão da dengue

Um método barato e e...

Fechar