Cidade perdida? Paisagem como de Atlântida é descoberta no fundo do mar

Publicado em 12.07.2011

Recentemente, geólogos descobriram uma paisagem de cerca de 56 milhões de anos de idade usando dados coletados por empresas de petróleo.

A paisagem antiga, perdida, encontra-se enterrada sob o Atlântico Norte, com sulcos cortados por rios e picos que já pertenceram a montanhas.

“Parece um mapa de um país terrestre”, disse o pesquisador Nicky White. “É como uma paisagem antiga, fóssil, preservada dois quilômetros abaixo do fundo do mar”.

Até agora, os dados revelaram uma paisagem 10.000 quilômetros quadrados a oeste das Ilhas Orkney (ou Órcades, localizadas no Mar do Norte), que se estendia acima do nível do mar cerca de um quilômetro.

Os cientistas suspeitam que a paisagem faz parte de uma região maior que se fundiu com o que é agora a Escócia, e pode ter se estendido em direção a Noruega, em um mundo pré-humano.

A descoberta surgiu a partir de dados coletados por uma empresa que utiliza uma técnica avançada de eco-sondagem. Ar de alta pressão é liberado de cilindros de metal, produzindo ondas sonoras que viajam para o fundo do oceano através de camadas de sedimentos.

Toda vez que essas ondas sonoras encontram uma mudança no material através do qual estão viajando, por exemplo, de lama para arenito, um eco volta. Microfones registram esses ecos, e as informações neles contidas podem ser usadas para construir imagens tridimensionais da rocha sedimentar abaixo do mar.

A equipe descobriu uma camada enrugada dois quilômetros sob o fundo do mar – uma evidência da paisagem enterrada, que lembra a mítica Atlântida perdida.

Assim, os pesquisadores traçaram oito rios principais, e amostras a partir de rochas abaixo do fundo do oceano revelaram pólen e carvão, provas de moradia e vida no local.

Mas, acima e abaixo destes depósitos, os pesquisadores encontraram evidências de um ambiente marinho, incluindo minúsculos fósseis, indicando que a terra subiu acima do mar e então retrocedeu, “como um sanduíche terrestre de pão marinho”.

A grande questão científica é: o que fez esta paisagem subir, e então desaparecer dentro de 2,5 milhões de anos? Do ponto de vista geológico, é um período muito curto de tempo.

Os pesquisadores têm uma teoria que aponta para um ressurgimento de material através do manto da Terra sob o Atlântico Norte, fenômeno chamado de “pluma islandesa”.

A pluma está centrada na Islândia. Ela funciona como um tubo de transporte para magma quente das profundezas da Terra para a superfície, onde se espalha como um cogumelo gigante. Às vezes, o material é invulgarmente quente, e a pluma se espalha como uma onda gigante quente.

Os pesquisadores acreditam que tal ondulação gigante quente empurrou a paisagem perdida acima do Atlântico Norte. Em seguida, conforme a onda passou, a terra caiu sob o oceano.

Essa teoria é apoiada por novas pesquisas que mostram que a composição química de rochas no fundo do oceano ao redor da Islândia contém um registro de magma quente.

Como processos semelhantes a esse ocorreram em outros lugares do planeta, há provavelmente muitas outras paisagens perdidas iguais a essa. [OurAmazingPlanet]

Autor: Natasha Romanzoti

tem 24 anos, é jornalista, apaixonada por esportes, livros de suspense, séries de todos os tipos e doces de todos os gostos.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

26 Comentários

  1. Gostaria que me explicassem, o que considero incongruências desse artigo:Diz que a paisagem submersa, tem 56 MILHÕES de anos de idade, que pertence a um mundo PRÉ HUMANO.Depois fala em PROVAS DE MORADIAS? Feitas por quem?

    Thumb up 2
  2. Grande coisa. Blavatsky e outros ocultistas já haviam afirmado no século XIX que essas terras existiram. Elas,unidas, formavam um gigantesco continente que existiu onde hoje é o Atlântico. Esse continente afundou.

    Thumb up 1
    • Amigo(a) intitulado(a) ignorante(tenho certeza q vc ñ é), isso aí é a prova científica q os espiritualistas ñ estão mentindo, nem tendo visões descabidas. Sou espiritualista(a duras penas), mas minha mente é muito racional, analítica.

      Muita Luz!

      Thumb up 2
  3. É o apocalipse que está perto. Toda terra será coberta por água, existirão muitas ou todas cidades cobertas por água.

    Thumb up 2
    • Se for por isso compro uma palafita e um barquinho e tamo de boa, eh so comer peixe e algas, se for assim o apocalipse ta de boa =]

      Thumb up 6
  4. “creio que pode ser o eixo da terra que mudou” Falou tudo essa frase, a Terra ,ás vezes, se modifica até mesmo por fatores climáticos, ou mudança do tipo ‘organica’. Por que a Terra está em constante evolução, e não dá ao certo para saber se é ou não é uma “entrada para atlântida….”

    Thumb up 2
  5. já li muito sobre isto, e creio que pode ser o eixo da terra que mudou,conforme os geólogos e dizem que em breve vai acontecer novamente,os pólos vão ficar no clima quente e o clima quente ficará nos pólos pelo menos o que dizem, uns 20 anos atrás tinha um cidadão vendendo terrenos no mato grosso dizendo que lá a agua não ia chegar;dúvidas vejam no google mais detalhes, porém muitas idiotices também!

    Thumb up 15
    • O eixo da Terra mudou nos últimos 4000 anos, mas é impossível que a Terra tenha feito isso sozinha.

      Thumb up 4
  6. No nosso Brasil varonil, foi achada uma cidade próximo a Fortaleza – CE cerca de 20 mets abaixo do nível do mar por um mergulhador de um barco de arrastão que prendeu sua rede!! Só vi uma vez essa reportagem e um megulhador frances dizendo é a atlantida!!! Gostaria que hype science pesquisasse isso por favor!!! Afinal são apenas 20 mts e lá esta uma cidade submersa que pelo que vejo nossas autoridades não tem interesse em divulgar!!! Porque??

    Thumb up 16
    • Num viaja bixo! Esse site não possui material próprio, ele apenas copia e cola os artigos de outras publicações internacionais.

      Eu quase duvido de que todo esse pessoal que assina as matérias desse site existem mesmo =P.

      Thumb up 13
  7. as evidência estão ai para descobrir o continente perdido daATLÂNTIDA

    Thumb up 1
  8. A região da Islândia inclusive aproveita a energia geotérmica em grande escala. Interessante é que a exploração petrolífera encontrou resíduos de carvão de 2,5 milhões de anos. Poderiam ser rastros humanos?

    Thumb up 4
    • Meu Deus do céu! Não tem NADA a ver com o dilúvio! Procura aí então evidências de que não existiu a evolução humana! PQP!

      Thumb up 2
    • O pior é que tem gente que da jóinha pra uns jumentos desse…

      Thumb up 1
    • Engraçado…o garoto expressou a sua crença, e eu não vi ele agredindo ninguém com palavras grosseiras e mal educadas! E ainda tem pessoas que se acham muito inteligentes ao ponto de sair xingando uma pessoa que pensa diferente, tenho certeza que ele tem bases concretas para crer no Dilúvio e eu tb!!!
      Evolução? Onde está a evoluçao nisso? Sempre que vejo coisas assim tenho a certeza que estamos DETERIORANDO E NÃO EVOLUINDO!!!!

      Thumb up 5
  9. Sim, faz parte da grande Atlântida. Um continente rebaixado, quando houve a passagem de corpo celeste, há alguns milhões de anos. Naquelas épocas passadas o planeta
    ainda não estava tão equilíbrado geológicamente e á natureza
    acertava detalhes para maior estabilidade da camada externa.
    Preparando a evolução de animais para se adptarem ao novo
    ser que chegaria e teria de ter mais segurança em sua adptação. E assim á futura humanidade poderia desenvolver-se
    sem as grandes convulções que marcaram ás Éras.

    Thumb up 3
  10. “(…)Como processos semelhantes a esse ocorreram em outros lugares do planeta, há provavelmente muitas outras paisagens perdidas iguais a essa.(…)”
    Se essa pluma está centrada na Islândia, então a explicação não serve para outras partes do mundo.

    “(…)Essa teoria é apoiada por novas pesquisas que mostram que a composição química de rochas no fundo do oceano ao redor da Islândia contém um registro de magma quente.(…)”
    Sinal que realmente houve ação vulcânica ou tectônica intensa.

    “(…)Os pesquisadores acreditam que tal ondulação gigante quente empurrou a paisagem perdida acima do Atlântico Norte. Em seguida, conforme a onda passou, a terra caiu sob o oceano.(…)”
    Para um período de poucos milhões de anos onde chegou a se formar rios, florestas, vales de carvão, isso me parece catastrófico demais…

    “(…)A grande questão científica é: o que fez esta paisagem subir, e então desaparecer dentro de 2,5 milhões de anos? Do ponto de vista geológico, é um período muito curto de tempo.(…)”
    Simples: um cometa de proporções planetárias rasgou o espaço próximo à Terra, causando um efeito de onda de maré e fazendo regiões do planeta subirem, e outras descerem abaixo do nível do mar. Não faltam registros dos povos antigos dessas ocorrências.

    E essa não é a Atlântida. É só mais um pedaço de terra que afundou nessas ocasiões de quase-colisões cometárias.

    Thumb up 9
    • Fala aê Glauco! Aquele abraço!

      Thumb up 3
    • Hey Mars! Firmão?!!

      Thumb up 2
    • como nao serve???

      nao entendeu??

      enquanto a corrente ascendente blz.. a porção de terra fica lá.

      acabou a corrente a terra afunda

      o que me remete ao proximo pensamento, quando a islandia afundará?

      Thumb up 3
    • Oh, como se correntes de magma que fazem minicontinentes inteiros subirem e descerem milhares e milhares de metros fosse possível e corriqueiro sem um evento catastrófico por tráz! Essa porção de terra submersa, emersa e submersa novamente só pode ter sido colocada lá por um algum objeto exterior! Galera, compreendam isso: a Terra por si só não é capaz de tantas mudanças drásticas! Vocês odeiam dilúvio, catastrofismo, mas as explicações dadas pelos seus cientistas são tão improváveis quanto as explicações catastróficas!

      Thumb up 5
    • explique-nos como não poderia ser capaz de acordo com seu vasto conhecimento

      Thumb up 2
    • A teoria do magma elevando continentes sem mais nem menos é apenas isso – uma teoria. Pelo visto criada a pouco tempo, já que essa é a primeira vez que tal idéia poderia ser aplicada.

      Quem deve se esforçar para provar que ela funciona de verdade são seus proponentes. Immanuel Velikovsky provou sua teoria mto antes.

      Thumb up 2
    • glauco, vc é quase meu xará. será q não foi uma guerra entre os grays e atlantis?

      Thumb up 0

Envie um comentário

Leia o post anterior:
traqueia
Primeiro transplante de órgão sintético realizado no mundo

Um estudante de geol...

Fechar